O Comunicador

Presidente Jair Bolsonaro está com sintomas da Covid-19 e cancela agenda da semana


Foto: reprodução

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta segunda-feira (6) à CNN que está com sintomas de Covid-19.

Bolsonaro, que completou 65 anos em março, disse que está com 38°C de febre e 96% de taxa de oxigenação no sangue, e contou que está tomando hidroxicloroquina. Por causa dos sintomas, a agenda do presidente para o restante da semana está cancelada.

O presidente já fez um teste para Covid-19 no Hospital das Forças Armadas, em Brasília. O resultado do exame deve sair por volta do meio-dia desta terça-feira (7).

Bolsonaro também informou que fez também uma ressonância magnética dos pulmões. De acordo com o presidente, este exame não identificou problemas.

*CNN Brasil

Postado em 6 de julho de 2020 - 20:04h

0 comentário

Pilastra de alvenaria desaba e mata adolescente na zona rural de São José do Seridó


Alisson morreu enquanto dormia

Um pilar de alvenaria que desabou, matou na madrugada deste domingo (05), por volta das 2hs, o adolescente Alyson Nunes da Silva, de 14 anos.

De acordo com informações da Polícia Militar que atendeu a ocorrência no Sítio Badaruco, zona rural de São José do Seridó, o garoto dormia em uma rede presa na estrutura quando aconteceu o acidente.

Peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia – ITEP, estiveram no local juntamente com a Polícia Civil. O corpo foi removido.

*Sidney Silva

Postado em 6 de julho de 2020 - 11:38h

0 comentário

Covid-19: Médicos potiguares escrevem carta à população pedindo para nos primeiros sintomas já procurar tratamento e não ficar em casa esperando falta de ar

Foto: reprodução

Médicos pedem à população que, ao sentir os primeiros sintomas de COVID19, procure atendimento nos serviços de saúde e não aguarde o quadro se agravar. Os 67 médicos e médicas que assinam a carta recomendam o início do tratamento o mais precocemente possível.

CARTA À POPULAÇÃO

Aos primeiros sintomas da COVID19, procure um serviço de saúde, não fique em casa esperando a falta de ar! Essa doença tem tratamento e ele deve ser iniciado o mais precocemente possível! 

Frente à pandemia da COVID19 e em respeito à vida dos nossos pacientes, nós médicos abaixo relacionados informamos à população do RN que apoiamos os protocolos de tratamento precoce e prevenção da COVID19 do Ministério da Saúde, do CREMERN e da PMN. 

Defendemos o tratamento precoce baseado em mais de 40 trabalhos científicos que demonstraram melhores resultados em pacientes que usaram medicamentos nas fases iniciais da COVID-19. Somos médicos de diversas especialidades que trabalham em unidades básicas, ambulatórios, consultórios, enfermarias de hospitais, UTIs e unidades de emergências. Estamos convictos da necessidade de tratamento nas fases iniciais da COVID19, considerando a gravidade e a incerteza da evolução dessa doença e seu forte impacto nos sistemas de saúde do mundo inteiro. 

Milhares de médicos têm observado que tratar logo no início a COVID19 evita a necessidade de internação, de entubação e ventilação mecânica e diminui o risco de morte. Estas observações têm se repetido em vários estados do Brasil e em países europeus. O tratamento precoce salva vidas, emprega medicamentos antigos e seguros, é simples e acessível a todos!

Em momentos de pandemia, não podemos esperar as evidências de estudos científicos robustos, pois eles são demorados e complexos de realizar. Nossa proposta baseia-se nos estudos  observacionais, nos conhecimentos fisiopatológicos da COVID 19, na farmacologia dos medicamentos propostos e no bom senso, que devem guiar sempre a boa prática médica! 

1. Rosa Maria P Valle CRM 1123
2. Ana Hilda Câmara Mariz CRM 2247
3. Maria de Fátima de Medeiros Faria Jácome Britto CRM 2889
4. Lilia Pereira Duarte CRM 3146
5. Kyvia Bezerra Mota CRM 3183
6. Mércia Maria da Silva CRM 3521
7. Analia Maria S T de Lira CRM 3536
8. Breno Barth CRM 3555
9. Thiago duarte Barros CRM 3699
10. Flávio Ribeiro Dantas CRM 4703
11. Iara Marques de Medeiros CRM 2300
12. Lúcia de Fátima M da Cunha CRM 1893
13. Maria Helena V.A.D. Cantidio CRM 2748
14. Gutembergh Nóbrega CRM 2357
15. Margareth Vilar CRM 2710
16. Patrícia Leda Jales de Brito CRM4561
17. Romeika Castro de Andrade Mendes CRM5227
18. Maria da Conceição Câmara da Silva CRM 3810
19. Camila de Medeiros Costa CRM 4578
20. Henrique Eduardo Macedo Fonseca CRM 2986
21. Tereza Beatriz de Sousa Faria Maia CRM 4091
22. Walid Bou Chacra CRM 4106
23. Flavio Cunha Lima Bezerra CRM 1951
24. Patrícia Figueiredo CREMERN 2620
25. Yvelise Castro de Andrade CRM RN 634
26. Cicera de Souza Padilha CRM 2855
27. João Alves da Gama – CRM 2956
28. Márcia Cristina Lima da Costa Medeiros. CRM: 2861
29. Margareth Sarmento da Silveira Furtado CRM: 2824
30. Isabelle Pereira Soares Mariz. CRM 2796
31. Tomás Pereira Júnior CRM: 3533
32. Ângela Katarina C.B. Pereira CRM: 3796
33. Edna Maria Trindade de Araújo 1810
34. Paulo César Monte Duarte CRM 2419
35. Ivalucia Nicacio Rodrigues CRM 7275
36. Gleyse karina lopes de oliveira pinheiro CRM 5234
37. Hilkéa Carla de S. M.Lima CRM: 7160
38. Patrícia M. Marinho de Aquino CRM 4438
39. Roseny Guedes Rocha , CRM 1668
40. Dalzenir Leite de Queiroz Barros CRM 2866
41. Solange do Nascimento Borges CRM 3034
42. Iracema de Azevedo Dantas Alves Martins CRM 2809
43. Fábio Costa Souza CRM 4280
44. Rosa Cristina Correia de Araujo CRM 5174
45. José Humberto da Costa Júnior CRM 5987
46. Albert Dickson de Lima 4360
47. Sara Lima CRM 7589
48. Rafaela Teixeira CRM 4969
49. Marilia De Oliveira Afonso 2951
50. Vanessa Giffoni M. N. P. Peixoto CRM:4427
51. Fabíola Melo Freitas CRM 2797
52. Larissa de Oliveira Afonso 4442
53. Ivanise Cavalcanti de Souza..CRM 1806
54. Sebastião Vieira de Freitas Filho CRM 1449
55. Kelly CCC França Guerra CRM 3947
56. José Linhares da Silva Neto CRM 4046
57. Íris Deomar Silva de Lima CRM 3228
58. Ana Tereza de M. Regalado Regis CRM 5950
59. Gleyce Karina Lopes de Oliveira Pinheiro CRM 5234
60. Solange do Nascimento Borges CRM 3034
61. Roseny Guedes Rocha CRM 668
62. Kellen Micheline Alves Henrique Costa CRM 3841
63. Ana Suzy Melo Cruz CRM 3275
64. Lidiane Maria de Brito Macedo Ferreira CRM 4694
65. Kátia Medeiros Cavalcanti de Lucena CRM 3924
66. Luís Alcides de Lucena Marinho CRM 2404
67. Deborah Vidal Mesquita CRM 4898

*BG

Postado em 5 de julho de 2020 - 12:52h

0 comentário

Pandemia reduz extrema pobreza no Rio Grande do Norte

O número de domicílios em situação de extrema pobreza no Rio Grande do Norte seria sete vezes maior sem o auxílio emergencial durante a pandemia do novo coronavírus. A conclusão é de uma pesquisa feita pelos docentes do Departamento de Demografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ricardo Ojima e Jornada Cristina de Jesus. Em maio, cerca de 20 mil, 1,85% dos domicílios, possuíam uma renda por pessoa inferior a R$ 145 por mês. Sem o auxílio, esse percentual seria de aproximadamente 13,08%, ou 141,6 mil domicílios.

A faixa de renda da pobreza extrema em R$ 145 per capita foi o estabelecido em 2019 pelo Banco Mundial e utilizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) como pobreza extrema. Em 2019, 10,3% dos domicílios do Rio Grande do Norte viviam com menos do que R$ 145 per capita. O IBGE vai divulgar os números consolidados deste ano apenas no final do ano. Entretanto, classificação de pobreza não é utilizada por Ojima por ele avaliar que os cortes de renda não conseguem “incorporar as múltiplas dimensões da pobreza, que vão além da pobreza monetária.”

Na família de Isaías Rodrigues e Irene Ribeiro, o impacto do auxílio-emergencial foi imediato na renda. O casal recebia R$ 450 de Bolsa Família para manter quatro filhos e foi beneficiado com o auxílio emergencial. Os dois conseguiram, e a segurança do benefício fez com que saíssem menos de casa durante a pandemia. Ambos trabalham como catadores de materiais recicláveis e conseguem de R$ 200 a R$ 300 para complementar a renda mensal.

Em famílias potiguares que recebem até R$ 141,25, a renda familiar per capita durante a pandemia estava em torno de R$ 76,17. Com o auxílio, a renda foi elevada para R$ 319,68. O acréscimo é de 319%, segundo o IBGE. É o maior aumento entre todas as faixas contempladas pelo auxílio emergencial. “O impacto é imediato porque elevou primeiro a renda de quem está na faixa mais pobre e outra parcela da população que foi muito prejudicada pela pandemia, como os autônomos e trabalhadores informais. Eles poderiam estar sem renda alguma se não fosse o auxílio emergencial”, declarou Ricardo Ojima.

Para continuar lendo é só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/pandemia-reduz-extrema-pobreza-no-rio-grande-do-norte/483948

*Tribuna do Norte

Postado em 5 de julho de 2020 - 8:59h

0 comentário

Caso raro de ameba que destrói cérebro é confirmado na Flórida

Protozoário Naegleria fowleri

Um caso de uma ameba rara que destrói o cérebro humano foi confirmado no estado americano da Flórida.

O Departamento de Saúde da Flórida anunciou na sexta-feira uma ocorrência do protozoário Naegleria fowleri – uma ameba microscópica unicelular que pode infectar e destruir o cérebro. Geralmente é fatal, afirmou o órgão.

Desde 1962, houve apenas 37 casos relatados desse tipo de ameba na Flórida. O mais recente foi encontrado no condado de Hillsborough, embora não tenham sido fornecidos mais detalhes.

Naegleria fowleri é normalmente encontrada em água doce quente como lagos, rios e lagoas. O Departamento de Saúde alertou as pessoas que nadam nessas fontes de água doce a estarem cientes da possível presença da ameba, principalmente quando a água está quente.

“Efeitos adversos à saúde em seres humanos podem ser evitados, evitando o contato nasal com as águas, já que a ameba entra pelo nariz”, afirmou o Departamento de Saúde da Flórida.

A autoridade estadual de Saúde recomendou que pessoas protejam o nariz ao entrar em ambiente com água doce e quente, pois a contaminação – embora rara – é possível.

Nos EUA, houve 143 casos infectados conhecidos da ameba, de acordo com o DOH da Flórida. Apenas quatro sobreviveram.

*CNN BRASIL

Postado em 5 de julho de 2020 - 8:33h

0 comentário

Coronavírus: Ivermectina causou queda nos atendimentos por Covid em Natal, diz infectologista

Nos últimos dias, hospitais privados de Natal e até Unidades de Pronto Atendimento (UPA) têm registrado queda nos atendimentos de pacientes com Covid-19. Para o médico infectologista Fernando Suassuna, membro do comitê científico da Prefeitura de Natal, a baixa na procura por atendimento têm relação, entre outros aspectos, com os efeitos da ivermectina na população.

No começo do mês de junho a ivermectina provocou uma verdadeira corrida da população natalense às drogarias e farmácias de manipulação. Era comum se ver em todas as regiões da cidade filas com centenas de metros formadas por clientes em frente a esses estabelecimentos em busca do medicamento.

Para o infectologista Fernando Suassuna, a queda nos atendimentos tem relação com dois fatores. “Primeiro com o uso da ivermectina há mais ou menos duas ou três semanas, mas também ao tratamento precoce e à profilaxia feita a nível dos planos de saúde, que fizeram seus protocolos, saíram na frente e começaram a fazer os antivirais precocemente com a cloroquina, azitrominica e ivermectina. Então, com isso, essa tendência é de queda. E também da ivermectina sim, porque durante esse período, de duas ou quatro semanas, começa o efeito da ivermectina modulando a imunidade das pessoas”, explica o infectologista.

Fernando Suassuna ressalva, no entanto, que sua conclusão sobre a relação da ivermectina com a redução nos atendimentos em Natal não é um dado científico, mas uma análise sua como médico. “A gente não tem como provar nada, mas acha que são esses dois fatores”.

No final de junho o presidente licenciado do Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed), Dr. Geraldo Ferreira, visitou o Hospital São Lucas, um dos mais tradicionais de Natal, e informou que o atendimento a pacientes com covid-19 caiu em torno de 51% em uma semana na unidade.

No dia 1º de julho, Dr. Geraldo Ferreira visitou o hospital privado Rio Grande e recebeu a informação que a unidade retomará as cirurgias eletivas nos próximos dias. A decisão foi tomada diante da redução de atendimentos a pacientes com Covid-19, que ocuparam praticamente toda a unidade nos últimos meses.

No final do mês passado pesquisadores da UFRN divulgaram uma pesquisa que aponta para uma redução nas demandas por solicitações de regulação que partem das UPAs no RN. De acordo com a avaliação, essa queda na pressão das UPAs deve refletir na diminuição nos internamentos e demandas por leitos de UTI e UCI nos próximos dias.

*Portal Grande Ponto

Postado em 5 de julho de 2020 - 8:27h

0 comentário

Cerro Corá: Secretaria de saúde faz entrega de EPI’s a profissionais da atenção primária

A prefeitura de Cerro Corá/RN, através da secretaria de saúde, realizou nesta sexta-feira (3) a entrega de EPI’s aos profissionais da atenção primária, médicos, enfermeiros, equipe da saúde bucal, agentes comunitários e motoristas.
Os profissionais receberam máscaras N95, capote, óculos de proteção individual e gorro.

Postado em 4 de julho de 2020 - 20:34h

0 comentário

Cinzas de Wanderley Mariz serão depositadas no túmulo do pai, Dinarte Mariz, em Caicó


Wanderley Mariz faleceu no dia 2 de Natal acometido com Covid-19

Falecido na quinta-feira (2) em Natal, na Casa de Saúde São Lucas, em decorrência da Covid-19, o ex-deputado federal Wanderley Mariz, de 79 anos, terá sua cinzas depositadas no túmulo em que estão os restos mortais do seu pai, o senador e ex-governador, Dinarte de Medeiros Mariz, falecido em 1984.

A família vai guardar as cinzas para que esse procedimento ocorra no dia 2 de novembro em Caicó, no Cemitério São Vicente de Paulo. A data marcaria seu aniversário de 80 anos.

A viúva Bete Mariz e os filhos Vítor, Wanderley Júnior e Rubens, também deverão estar presentes.

Advogado, Wanderley foi deputado federal por três mandatos consecutivos, em 1974, 1978 e 1982 e ainda foi candidato ao Senado em 1986, sem sucesso, além de ter concorrido à Prefeitura de Caicó em 2008, também sem êxito.

*Blog do Carlos Santos

Foto de uma das campanhas de Wanderley para deputado federal
Postado em 4 de julho de 2020 - 18:47h

0 comentário

OMS interrompe estudos com hidroxicloroquina e remédios para HIV contra Covid-19


Foto: George Frey/Reuters

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou neste sábado, 4, que irá descontinuar os testes do projeto Solidariedade com a hidroxicloroquina e o lopinavir/ritonavir (utilizado no tratamento de HIV), já que os medicamentos não reduziram a mortalidade de pacientes hospitalizados com a covid-19.

A decisão foi tomada por recomendação do Comitê Diretor Internacional do projeto Solidariedade, formulada a partir de evidências dos estudos e resultados apresentados nos primeiros dias de julho em evento da OMS para a pesquisa e inovação no combate ao coronavírus.

“Resultados provisórios mostram que a hidroxicloroquina e o lopinavir/ritonavir produzem pouca ou nenhuma redução na mortalidade de pacientes com covid-19 hospitalizados, quando comparados ao padrão de atendimento. Os pesquisadores do estudo interromperão os testes com efeito imediato”, afirmou a OMS em um comunicado. Segundo a organização, os resultados também não apresentaram evidências de alta na mortalidade.

A OMS destacou ainda que a decisão se aplica apenas ao testes realizados em casos de hospitalização, e não afeta a possível avaliação de outros estudos do uso da hidroxicloroquina e do lopinavir/ritonavir em pacientes não-hospitalizados e na profilaxia pré ou pós-exposição ao vírus.

*BG com informações de Estadão e CNN.

Postado em 4 de julho de 2020 - 18:39h

0 comentário

Mulher de eletricista morto em briga de trânsito em Natal pede justiça: ‘No dia do meu aniversário vim enterrar meu marido’

Bruno Evangelista Nolasco Lemos tinha 39 anos — Foto: Cedida

Bruno Evangelista Nolasco Lemos tinha 39 anos — Foto: Cedida

O eletricista Bruno Evangelista Nolasco Lemos, de 39 anos, foi sepultado nesta sexta-feira (3) na Grande Natal. O homem foi morto na quinta-feira (2) após uma briga de trânsito no bairro Pitimbu, na Zona Sul de Natal: ele sofreu um golpe na cabeça, caiu no chão da pista e não se levantou mais.

Durante o sepultamento, a mulher de Bruno, que faz aniversário nesta sexta, pediu justiça. “No dia do meu aniversário, eu vim enterrar meu marido. Por conta de um assassino que está foragido e ninguém sabe. Quem tiver notícia, eu peço que avise à polícia e que a polícia coloque esse assassino na cadeia”, disse Carla Teixeira.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que vai analisar os vídeos gravados por pessoas que testemunharam o crime para identificar o motociclista, que fugiu do local após Bruno cair desacordado no chão. Ele deixou para trás um capacete. A polícia reforça que quem tiver informações sobre o crime, deve ligar para o Disque-Denúncia 181.

No registro de óbitos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), a causa da morte aparece, de forma preliminar, como espancamento.

O crime

Briga foi filmada por motorista — Foto: Reprodução

Briga foi filmada por motorista — Foto: Reprodução

O eletricista Bruno Evangelista Nolasco Lemos, de 39 anos, morreu após uma briga de trânsito com um motociclista na rua Raimundo Correia, no bairro Pitimbu, na quinta-feira (2). Ele se envolveu em uma luta corporal e caiu desacordado após receber um soco no rosto – o fato foi filmado por um motorista e também flagrado pelo sistema de câmeras de segurança de uma residência da região.

Segundo a PM, os dois nem se conheciam e não tinha inimizade. Testemunhas chegaram a tentar apartar a briga, mas não conseguiram.

Após cair desacordado, o motociclista fugiu do local deixando o capacete para trás. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atendeu Bruno Evangelista, mas ele não resistiu e morreu dentro da ambulância.

*G1 RN

Postado em 3 de julho de 2020 - 20:22h

0 comentário

Cerro Corá: Confira boletim epidemiológico

A Prefeitura Municipal de Cerro Corá/RN, através da Secretaria Municipal de Saúde, manterá a população informada por meio de boletins epidemiológicos sobre a pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Fique de olho nas nossas redes sociais e mantenha-se sempre informado.

*ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 3 de julho de 2020 - 19:58h

0 comentário

Veja quanto cada município do RN recebeu do Governo Bolsonaro contra a Covid-19

O Rio Grande do Norte recebeu um repasse de R$ 323 milhões do Governo Federal para reforçar o Sistema Único de Saúde (SUS) e garantir o cuidado à saúde dos potiguares no enfrentamento à Covid-19.

O repasse foi autorizado nesta quinta-feira (2), de uma só vez. O valor total, que foi distribuído por todos os estados brasileiros, soma a quantia de R$ 13,8 bilhões – maior valor já liberado em uma única fase.

Os recursos podem ser usados para melhoria da oferta dos serviços hospitalares e de Atenção Básica por meio da aquisição de insumos e produtos, custeio de intervenções médicas, contratação de profissionais de saúde, entre outras benfeitorias na rede pública de saúde, com foco na assistência ao cidadão. Ao todo, já são cerca de R$ 25 bilhões destinados exclusivamente para a Covid-19 em todo o país.

Veja quanto cada município do RN recebeu do Governo Federal nesse último repasse:

. RN ACARI         1.299.343,00

. RN ACU             3.381.391,00

. RN AFONSO BEZERRA                 1.184.372,00

. RN AGUA NOVA           360.247,00

. RN ALEXANDRIA           4.099.361,00

. RN ALMINO AFONSO 623.812,00

. RN ALTO DO RODRIGUES          1.316.491,00

. RN ANGICOS                  1.547.702,00

. RN ANTONIO MARTINS             747.409,00

. RN APODI         2.888.365,00

. RN AREIA BRANCA       2.553.555,00

. RN ARÊS            1.329.560,00

. RN AUGUSTO SEVERO               832.685,00

. RN BAIA FORMOSA     792.001,00

. RN BARAUNA                                2.594.157,00

. RN BARCELONA             643.492,00

. RN BENTO FERNANDES              418.212,00

. RN BOA SAÚDE              1.024.397,00

. RN BODO          262.257,00

. RN BOM JESUS              1.218.425,00

. RN BREJINHO                 1.830.800,00

. RN CAICARA DO NORTE             723.368,00

. RN CAICARA DO RIO DO VENTO            481.678,00

. RN CAICÓ         4.644.555,00

. RN CAMPO REDONDO               1.119.529,00

. RN CANGUARETAMA                 3.361.915,00

. RN CARAÚBAS               2.977.724,00

. RN CARNAUBA DOS DANTAS 727.008,00

. RN CARNAUBAIS          1.193.295,00

. RN CEARÁ-MIRIM        3.412.891,00

. RN CERRO CORA           1.446.295,00

. RN CORONEL EZEQUIEL             527.524,00

. RN CORONEL JOAO PESSOA    410.723,00

. RN CRUZETA                   1.027.831,00

. RN CURRAIS NOVOS   3.756.543,00

. RN DOUTOR SEVERIANO           864.664,00

. RN PARNAMIRIM         6.410.774,00

. RN ENCANTO                 639.254,00

. RN EQUADOR                                693.397,00

. RN ESPIRITO SANTO    1.206.249,00

. RN EXTREMOZ               3.293.399,00

. RN FELIPE GUERRA      431.175,00

. RN FERNANDO PEDROZA          409.841,00

. RN FLORANIA                                843.245,00

. RN FRANCISCO DANTAS            319.505,00

. RN FRUTUOSO GOMES              668.403,00

. RN GALINHOS                                221.177,00

. RN GOIANINHA             3.602.111,00

. RN GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO                 1.276.677,00

. RN GROSSOS                  1.049.568,00

. RN GUAMARE                               2.851.838,00

. RN IELMO MARINHO 1.596.785,00

. RN IPANGUACU            1.354.861,00

. RN IPUEIRA                     338.881,00

. RN ITAJÁ           882.110,00

. RN ITAU            923.325,00

. RN JACANA     672.188,00

. RN JANDAIRA                 629.813,00

. RN JANDUIS    781.512,00

. RN JAPI             647.506,00

. RN JARDIM DE ANGICOS           257.706,00

. RN JARDIM DE PIRANHAS         1.828.808,00

. RN JARDIM DO SERIDO              1.540.319,00

. RN JOAO CAMARA                      3.463.127,00

. RN JOAO DIAS                341.642,00

. RN JOSE DA PENHA      707.476,00

. RN JUCURUTU               3.616.891,00

. RN JUNDIA      345.223,00

. LAGOA D’ANTA             892.765,00

. RN LAGOA DE PEDRAS               1.152.754,00

. RN LAGOA DE VELHOS               322.354,00

. RN LAGOA NOVA         1.886.456,00

. RN LAGOA SALGADA 1.132.430,00

. RN LAJES           1.806.409,00

. RN LAJES PINTADAS    409.569,00

. RN LUCRECIA                  595.680,00

. RN LUIS GOMES            955.482,00

. RN MACAIBA                  4.294.408,00

. RN MACAU                      2.428.773,00

. RN MAJOR SALES          424.116,00

. RN MARCELINO VIEIRA              854.608,00

. RN MARTINS                  948.832,00

. RN MAXARANGUAPE                 1.179.347,00

. RN MESSIAS TARGINO               552.007,00

. RN MONTANHAS          1.642.982,00

. RN MONTE ALEGRE     2.922.198,00

. RN MONTE DAS GAMELEIRAS                289.140,00

. RN MOSSORO                                9.606.437,00

. RN NATAL        41.135.281,00

. RN NISIA FLORESTA     4.695.083,00

. RN NOVA CRUZ             3.790.538,00

. RN OLHO-D’AGUA DO BORGES              508.754,00

. RN OURO BRANCO      533.932,00

. RN PARANA                    473.256,00

. RN PARAU                       471.641,00

. RN PARAZINHO             547.057,00

. RN PARELHAS                                2.065.285,00

. RN RIO DO FOGO          1.361.721,00

. RN PASSA E FICA           1.377.777,00

. RN PASSAGEM              342.417,00

. RN PATU           1.576.227,00

. RN SANTA MARIA        502.044,00

. RN PAU DOS FERROS 3.937.986,00

. RN PEDRA GRANDE     345.657,00

. RN PEDRA PRETA          397.677,00

. RN PEDRO AVELINO    831.337,00

. RN PEDRO VELHO         2.162.460,00

. RN PENDENCIAS           1.863.536,00

. RN PILOES        399.571,00

. RN POCO BRANCO       2.036.482,00

. RN PORTALEGRE           925.397,00

. RN PORTO DO MANGUE           602.589,00

. RN SERRA CAIADA        1.523.530,00

. RN PUREZA      1.077.457,00

. RN RAFAEL FERNANDES            480.477,00

. RN RAFAEL GODEIRO                  598.650,00

. RN RIACHO DA CRUZ                  434.570,00

. RN RIACHO DE SANTANA          357.299,00

. RN RIACHUELO              848.708,00

. RN RODOLFO FERNANDES        426.006,00

. RN TIBAU         617.249,00

. RN RUY BARBOSA         556.722,00

. RN SANTA CRUZ            5.335.738,00

. RN SANTANA DO MATOS         1.749.238,00

. RN SANTANA DO SERIDO          342.288,00

. RN SANTO ANTONIO 4.197.825,00

. RN SAO BENTO DO NORTE       338.793,00

. RN SAO BENTO DO TRAIRI        440.516,00

. RN SAO FERNANDO                     606.644,00

. RN SAO FRANCISCO DO OESTE                              425.488,00

. RN SAO GONCALO DO AMARANTE      5.926.535,00

. RN SAO JOAO DO SABUGI        644.919,00

. RN SAO JOSE DE MIPIBU           4.608.045,00

. RN SAO JOSE DO CAMPESTRE                 1.617.763,00

. RN SAO JOSE DO SERIDO           657.040,00

. RN SAO MIGUEL           1.274.049,00

. RN SAO MIGUEL DO GOSTOSO              1.132.972,00

. RN SAO PAULO DO POTENGI                  2.464.179,00

. RN SAO PEDRO              765.234,00

. RN SAO RAFAEL             1.172.035,00

. RN SAO TOME                               1.131.280,00

. RN SAO VICENTE           940.599,00

. RN SENADOR ELOI DE SOUZA                 1.012.158,00

. RN SENADOR GEORGINO AVELINO      539.830,00

. RN SERRA DE SAO BENTO         671.284,00

. RN SERRA DO MEL        782.314,00

. RN SERRA NEGRA DO NORTE                  983.676,00

. RN SERRINHA                 929.988,00

. RN SERRINHA DOS PINTOS       530.039,00

. RN SEVERIANO MELO                                984.020,00

. RN SITIO NOVO                             440.065,00

. RN TABOLEIRO GRANDE            317.077,00

. RN TAIPU         1.335.265,00

. RN TANGARA                 1.628.487,00

. RN TENENTE ANANIAS               1.722.342,00

. RN TENENTE LAURENTINO CRUZ           637.773,00

. RN TIBAU DO SUL         1.971.733,00

. RN TIMBAUBA DOS BATISTAS                                324.874,00

. RN TOUROS                    2.815.712,00

. RN TRIUNFO POTIGUAR            521.706,00

. RN UMARIZAL                1.166.582,00

. RN UPANEMA                               1.600.923,00

. RN VARZEA      720.483,00

. RN VENHA-VER             404.861,00

. RN VERA CRUZ               1.443.056,00

. RN VICOSA                      319.082,00

. RN VILA FLOR                 393.008,00

*Fonte: Portal Grande Ponto

Postado em 3 de julho de 2020 - 19:33h

0 comentário

União Europeia libera em casos graves da Covid-19 antiviral ‘eficaz’, o remdesivir

Foto: Gilead Sciences/AP

A União Europeia aprovou nesta sexta-feira (3) o uso do antiviral remdesivir para tratar casos graves de Covid-19. A decisão foi tomada após um acelerado processo na revisão de pesquisas para a liberação do primeiro medicamento, autorizado na região, a combater o coronavírus.

A medida foi tomada uma semana depois que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) aprovou o remédio, produzido pela Gilead Sciences, para uso em pacientes adultos e adolescentes (a partir dos 12 anos), que sofrem de pneumonia e necessitam de um suporte de oxigênio.

“Não deixaremos pedra sobre pedra em nossos esforços para garantir tratamentos ou vacinas eficientes contra o coronavírus”, disse Stella Kyriakides, comissária da UE para Saúde e Segurança Alimentar, em comunicado.

A Comissão informou na quarta-feira (1º) que estava em negociações com a Gilead para obter doses de remdesivir para os 27 países do bloco.

No entanto, isso pode ser difícil depois que o Departamento de Saúde dos Estados Unidos anunciou que havia garantido toda a produção projetada da Gilead para julho e 90% da produção para agosto e setembro.

Remédio promissor

O remdesivir está sob alta demanda depois que o medicamento administrado por via intravenosa ajudou a reduzir o tempo de recuperação hospitalar em um ensaio clínico. Acredita-se que seja mais eficaz no tratamento de pacientes com Covid-19 em estágios iniciais da doença do que outras terapias, como o esteróide dexametasona.

Ainda assim, como o remdesivir é administrado por via intravenosa por um período de ao menos cinco dias, geralmente está sendo usado em pacientes doentes o suficiente para demandar hospitalização.

A autorização condicional de introdução no mercado é um dos mecanismos reguladores da UE criados para facilitar o acesso precoce a medicamentos que respondem a uma necessidade médica não atendida, incluindo aqueles para situações de emergência em resposta a ameaças à saúde pública, como a atual pandemia, informou a Comissão.

A aprovação é válida por um ano no bloco e pode ser estendida ou convertida em uma autorização de comercialização incondicional, se todos os dados necessários estiverem disponíveis sobre sua eficácia e efeitos colaterais.

*Bem Estar – G1

Postado em 3 de julho de 2020 - 18:49h

0 comentário

Levantamento UFRN: Concentração bancária no Seridó pode estar ligada à pandemia; Caicó e Currais Novos apresentam um dos menores níveis de distanciamento social do estado

Os seis municípios limítrofes a Currais Novos não possuem agências bancárias, o que estimula a circulação de pessoas em busca de atendimento (dados de maio de 2020)

A região do Seridó e suas principais cidades, Caicó e Currais Novos, apresentam desde o início da pandemia um dos menores níveis de distanciamento social do estado, segundo novo levantamento do Observatório do Nordeste para Análise Sociodemográfica da Covid-19 (Onas-Covid19), da UFRN. E isso pode estar relacionado à baixa infraestrutura bancária na região e à dependência dos demais municípios seridoenses aos serviços prestados por essas duas cidades polo. Segundo dados do Banco Central do Brasil, 27% dos municípios potiguares não possuem agências ou postos bancários.

Em maio de 2020, apenas Currais Novos e Caicó apresentavam agências ou postos de atendimento da Caixa Econômica Federal (uma agência e um posto de atendimento em cada um deles). Considerando que Caicó se localiza a cerca de 86 km do município currais-novense, possivelmente, o recebimento do auxílio emergencial durante a pandemia por covid-19 agiu como um fator potencializador da sobrecarga na rede bancária de Currais Novos, e consequentemente, da circulação de pessoas neste município.

Desde o início da pandemia, cidades importantes da Região do Seridó têm apresentado um dos menores níveis de adesão ao distanciamento social do estado. Seguindo a tendência dos demais municípios potiguares, Caicó e Currais Novos atingiram o maior nível de distanciamento social no início da pandemia, mas que não se sustentou no tempo e decresceu para patamares abaixo de 40% no decorrer do tempo. Em Currais Novos, a tendência do indicador de isolamento social foi de crescimento ao final do período analisado, enquanto em Caicó a tendência foi de queda na adesão ao distanciamento em fins de junho.

Os municípios próximos ou vizinhos à Caicó apresentam os maiores coeficientes de incidência da doença. Em Currais Novos, a incidência de Covid-19 para cada grupo de 100 mil habitantes é crescente, sendo o quinto maior da região.  Apesar dos municípios do entorno de Currais Novos não se encontrarem no grupo das dez cidades com maiores coeficientes de incidência do Seridó, eles apresentam risco potencial de avanço da doença, tendo em vista a estreita relação que elas estabelecem com Currais Novos em termos de prestação de serviços bancários.

A concentração da rede bancária em Currais Novos, que representa uma espécie de “ilha bancária” (figura acima) na Região do Seridó, sentiu um aumento da sobrecarga da infraestrutura bancária do município currais-novense com os pagamentos do auxílio emergencial à população de baixa renda durante a pandemia. Segundo dados do Banco Central do Brasil, em maio de 2020 Currais Novos apresentava oito instituições financeiras entre agências bancárias e postos de atendimento, o que em face do apagão bancário no estado, representa um local de alta demanda não apenas por parte de seus residentes como também pelas populações de municípios vizinhos.

Tendência do indicador de isolamento social em municípios selecionados do Rio Grande do Norte

Todas as informações epidemiológicas utilizadas neste texto estão disponíveis no site da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN) e se encontram disponíveis para acesso público. A matéria utilizou análises e dados do estudo divulgado pelo Observatório do Nordeste para Análise Sociodemográfica da Covid-19 (ONAS) pelos professores da UFRN Ivanovitch Silva e Luciana Lima e pelos pesquisadores Ivenio Hermes Junior, Patricia Takako Endo, Marcel Ribeiro Dantas e Gisliany Alves, e pode ser acessado na íntegra neste link.

*UFRN

Postado em 3 de julho de 2020 - 12:02h

0 comentário

Bolsonaro sanciona lei que obriga uso de máscaras em espaços públicos no País e veta uso em templos religiosos, órgãos públicos e outros

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou a lei que obriga o uso de máscaras em espaços públicos de todo o País, incluindo transportes como ônibus, táxis, carros de aplicativos, aeronaves e embarcações, visando combater o contágio do novo coronavírus. O despacho foi publicado nesta sexta-feira, 3, no Diário Oficial da União (DOU).

Contudo, Bolsonaro vetou o trecho que faz referência ao uso de máscaras em templos religiosos, estabelecimentos comerciais e industriais, órgãos e entidades públicos e quaisquer locais fechados que haja reunião de pessoas. O presidente argumentou “possível violação de domicílio por abarcar conceito abrangente de locais não abertos ao público”.

Ainda de acordo com o texto, os estabelecimentos também não serão obrigados a fornecer máscaras gratuitamente aos funcionários. Outro veto do presidente faz menção a obrigação do fornecimento de máscaras, por parte do poder público, a populações em situação de vulnerabilidade econômica.

Bolsonaro excluiu, ainda, a proposição do Congresso que agravava a punição para infratores reincidentes ou que deixassem de usar máscara em ambientes fechados, alegando já existir normas sugerindo multa a infrações sanitárias neste período de pandemia.

*BG

Postado em 3 de julho de 2020 - 9:32h

0 comentário

Operação da PF mira José Serra, que é denunciado por lavagem de dinheiro

Foto: Reprodução

Operação Lava Jato em São Paulo denunciou, nesta sexta-feira (3), o senador José Serra e a filha dele, Verônica Allende Serra, por corrupção. A Polícia Federal cumpre oito mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Segundo informações do Ministério Público Federal (MPF), a Operação Revoada apura o funcionamento de um esquema de lavagem de dinheiro no exterior, em favor de agentes políticos e outros operadores.

A denúncia indica que, entre 2006 e 2007, José Serra se aproveitou de seu cargo e influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul. Milhões de reais foram pagos pela empreiteira por meio de uma sofisticada rede de offshores no exterior.A denúncia indica que, entre 2006 e 2007, José Serra se aproveitou de seu cargo e influência política para receber, da Odebrecht, pagamentos indevidos em troca de benefícios relacionados às obras do Rodoanel Sul. Milhões de reais foram pagos pela empreiteira por meio de uma sofisticada rede de offshores no exterior.

As investigações mostram que o empresário José Amaro Pinto Ramos e Verônica Serra constituíram empresas no exterior, ocultando seus nomes. Por meio delas, os dois receberam os pagamentos que a Odebrecht destinou ao então governador de São Paulo.

Eles realizaram diversas transferêcias para dissimular a origem do dinheiro e o manteve em uma conta de offshore controlada, de maneira oculta, por Verônica até o fim de 2014, quando foram transferidos para outra conta de titularidade também oculta, na Suíça.

Até agora, a força-tarefa já detectou que podem ter sido lavados dezenas de milhões de reais ao longo dos últimos anos. Com as provas colhidas até o momento, o MPF obteve autorização na Justiça Federal para o bloqueio de cerca de R$ 40 milhoes em uma conta na Suíça. As investigações seguem em sigilo.

Segundo o colunista Igor Gadelha, Serra não está em sua residência no bairro de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o senador está com a filha em uma casa no sul da Bahia.

Um dos mandados é cumprido nesta sexta em um endereço na Vila Nova Conceição, bairro nobre da capital paulista. No RJ, os policiais estão no bairro do Leblon, zona sul da capital fluminense. Até o momento, não há informações sobre mandados de prisão sendo cumpridos.

*CNN Brasil

Postado em 3 de julho de 2020 - 9:30h

0 comentário

Prefeito de Itabuna (BA) diz que vai reabrir comércio ‘morra quem morrer’

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes — ele se elegeu pelo DEM, mas se filiou recentemente ao PTC –, decidiu reabrir o comércio do município baiano no próximo dia 9.

“Primeiro lutar pela vida, a vida é uma só. Morrer acabou. Não tem fortuna, não tem pobreza, não tem falência, não tem nada. Não posso abrir uma coisa que não tenho cobertura. Na dúvida, com os nossos morrendo por causa de um leito em Itabuna, vou transferir essa abertura. No dia 8, mandei já fazer o decreto, que no dia 9 abre morra quem morrer.”

A Prefeitura de Itabuna disse que o prefeito “foi mal interpretado”.

*O Antagonista

Postado em 3 de julho de 2020 - 9:26h

0 comentário

Ministério Público junto ao TCU pede suspensão do auxílio emergencial

O subprocurador-geral junto ao TCU (Tribunal de Contas da União), Lucas Rocha Furtado, encaminhou pedido à presidência da Corte para que determine a suspensão do pagamento extra do auxílio emergencial de R$ 600. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Furtado cobra que o governo apresente estudos técnicos que comprovem que a extensão do benefício, que inicialmente seria concedido por apenas 3 meses, “não colapsará desnecessariamente o equilíbrio fiscal do país“. “Infelizmente, caso não haja condições fiscais minimamente responsáveis –cabendo ao governo demonstrar isso, o que ainda não fez– não pode a irresponsabilidade política comprometer algo que é extremamente caro para o futuro de qualquer país: o equilíbrio fiscal! Caso esse equilíbrio não seja observado, o custo será cobrado das gerações futuras!”, escreveu o representante do Ministério Público junto ao TCU.

Conforme reportado pelo Estadão, o subprocurador-geral do MPTCU disse reconhecer que sua posição é “extremamente impopular e difícil“, acrescentando que ter feito o pedido de suspensão “doeu“.

Não defendo o fim do auxílio emergencial. Apenas me preocupo –em relação à obediência ao equilíbrio fiscal– com a sua prorrogação de maneira indiscriminada, sem estar amparada nos prévios e devidos estudos técnicos, nos termos exigidos pela legislação. Dói-me pedir o que peço neste momento, pois sei que seria muito mais cômodo todos os beneficiários originais receberem a prorrogação do auxílio emergencial”, escreveu. “No papel de membro do órgão responsável por promover a defesa da ordem jurídica, sinto-me no dever de requerer o objeto da presente representação, o que somente é possível a alguém que –como eu– não tem nenhuma pretensão política.

O auxílio emergencial, chamado por alguns integrantes do governo de “coronavoucher“, foi orçado inicialmente em R$ 152,6 bilhões. Para os pagamentos extras, foram liberados mais R$ 77 bilhões. Mais de 64 milhões de brasileiros que tiveram a renda afetada pela pandemia foram autorizados a receber o benefício.

O plenário do TCU analisou questões referentes ao pagamento do auxílio nesta 4ª feira (1º.jul.2020). Identificou mais de 620 mil indícios de irregularidades, dentre as quais pagamentos duplicados, para pessoas acima da renda máxima permitida e também a pessoas que já morreram. Foram identificados também pagamentos a 235.572 empresários que não são microempreendedores individuais (MEI).

*Via Robson Pires

Postado em 3 de julho de 2020 - 8:57h

0 comentário

Cerrocoraense falece de Covid-19 em Caicó

Aos 61 anos, faleceu em Caicó,  onde lutava contra o coronavirus no Hospital Regional do Seridó, a cerrocoraense Francisca Lúcia Domingos, carinhosamente chamada de “Kinkinha” por amigos e familiares. É a segunda morte por Covid-19 de Cerro Corá, que registrou o primeiro óbito em 10 de abril.

Francisca Lúcia sentiu os primeiros sintomas em 20 de junho, no dia seguinte foi encaminhada para internação em Caicó, mas não resistiu depois de 13 dias de tratamento. Era neta do falecido ex-vice-prefeito e ex-vereador José Albino.

Era a filha primogênita do casal Nicinha e Chico Domingos, que se aposentou como funcionário da Emparn em Mossoró. A irmã caçula Valmira foi acometida de coronavirus, mas se recuperou em casa, após isolamento de duas semanas, no Povoado Albino.

Por conta da pandemia de coronavirus, a prefeita Graça Oliveira (PSD) decretou medidas mais rígidas de isolamento social para tentar conter a disseminação da doença, que já tem 22 casos confirmados na cidade, dos quais três foram recuperados e 16 estão em tratamento ou isolamento.

*cerrocoranews

Postado em 3 de julho de 2020 - 7:28h

0 comentário

Polícia e Procon fiscalizam farmácia que vende “Ivermectina” por R$ 570

Imagem Ilustrativa

Polícia Civil e o Procon de Cuiabá fiscalizaram nesta quarta-feira (1º) uma farmácia de manipulação denunciada por vender o medicamento ivermectina por R$ 570, um aumento de mais de 865% no valor, em apenas uma semana.

De acordo com a denúncia, no dia 16 de junho a consumidora comprou 60 cápsulas do medicamento utilizado para tratamento da Covid-19, pelo valor de R$ 59.

Aproximadamente uma semana depois, no dia 23 de julho, foi repassado à consumidora pela a mesma quantidade do medicamento, o valor de R$ 570;

Inconformada com aumento do preço no curto espaço de tempo, a consumidora procurou para registrar a ocorrência. Com base nas informações, os policiais da Decon e a equipe de agentes do Procon foram até a farmácia de manipulação, onde foram atendidos pela responsável pelo estabelecimento que apresentou cópias das notas de compra da matéria prima.

Segundo a responsável, a substância vem da China e Índia e em novembro de 2019, a farmácia adquiriu um quilo do insumo utilizado na manipulação da ivermectina pelo valor de R$ 105.

Na segunda quinzena de junho deste ano, a mesma quantidade do produto foi comprada pelo valor de R$3,4 mil, um aumento de mais de 3000% no preço.

Ela informou ainda às equipes que outros medicamentos utilizados no tratamento do Covid-19, como a hidroxicloroquina, o aumento de preço da matéria-prima foi ainda maior.

Segundo o delegado da Decon, Rogério Ferreira, nos últimos dias, a imprensa tem divulgado que profissionais da saúde têm recomendado o uso do medicamento ivermectina e de hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19, o que tem feito a procura pelos medicamentos aumentarem bastante.

Por causa disso, a Polícia Civil e o Procon estão fazendo fiscalizações paa coibir e reprimir eventuais práticas de aumentos abusivos de preços ao consumidor.

*G 1

Postado em 2 de julho de 2020 - 16:10h

0 comentário

Família ainda não confirma morte cerebral de Wanderley Mariz

Desde ontem as notícias que circulam são do agravamento do estado de saúde do ex-deputado Wanderley Mariz, 79 anos, por Covid-19.

blogue do Xerife recebeu a informação de morte cerebral. Porém  sabendo que é necessário cumprir protocolos – de tempo inclusive – para confirmar o diagnóstico.

A família ainda não confirma morte cerebral. Onde há vida existe um sopro de esperança.

*Robson Pires

Postado em 2 de julho de 2020 - 16:05h

0 comentário

Ousada, Anitta usa calça sensual e deixa bumbum à mostra


Cantora deixa bumbum à mostra (reprodução/Instagram)


Poderosa mostrou nos stories do Instagram look usados na gravação do videoclipe da música `Desce Pro Play`

A cantora Anitta sempre ousa e usa looks diferenciados. Dessa vez, não foi diferente. Nesta quinta-feira (02), a poderosa publicou stories mostrando detalhes de seu look usado no clipe da música `Desce Pro Play`.

Seguimos com a programação normal“, escreveu ela enquanto mostrava a frente do look. Depois, a musa mostrou o lado de trás, em que o bumbum fica à mostra. “Saudades de ver minha bunda saltando da calça, né meu filho?“, falou.

Atualmente, a cantora segue namorando o apresentador Gui Araújo. Eles começaram a namorar logo após o início da quarentena.


Anitta mostra parte da frente do look de clipe (reprodução/Instagram)

*Fonte: sbt.com.br

Postado em 2 de julho de 2020 - 15:38h

0 comentário

Cerro Corá: Prefeitura entrega nova feira coberta

O centro de comercialização de produtos agrícolas Francisca Janete de morais foi entregue nesta quarta-feira (30) para uso dos agricultores familiares e comerciantes do município.

A entrega foi realizada pela Prefeitura, através da secretaria municipal de agricultura, meio ambiente e turismo.

A solenidade seguiu os protocolos de saúde do município sem aglomeração e sem a participação dos agricultores, devido a situação atual da pandemia do novo coronavírus.

A feira coberta foi toda reformada e além dela foi entregue ainda 57 novas bancas para os feirantes, um GPS, uma impressora, cinco freezers para armazenamento dos produtos e um carro zero km.

Postado em 2 de julho de 2020 - 14:27h

0 comentário

Governo do RN abre 05 leitos de UTI’s no Hospital Regional de João Câmara

Foto: Divulgação

O Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) abriu, nesta quinta-feira (02), 05 novos leitos de UTI’s no Hospital Regional Josefa Alves Godeiro, localizado em João Câmara, em mais uma ação Governo do Estado que faz parte do Plano de Contingência Estadual para o enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19).

Os cinco novos leitos de UTI’s críticos Covid já estão prontos para funcionamento. Além destes novos leitos, o Hospital Regional de João Câmara já conta com 10 leitos clínicos e, também, com capacidade para aumento na oferta do número de leitos dependendo da demanda.

Segundo a diretora geral do Hospital Regional de João Câmara, Dra. Karolina Assunção, além dos 05 novos leitos de UTI’s Covid e dos 10 leitos clínicos que fazem parte da estrutura, o hospital conta com dois leitos de UTI’s com respiradores, que continuarão ativos e passarão a ser leitos para casos que não sejam Covid-19.

*BG

Postado em 2 de julho de 2020 - 14:20h

0 comentário

Ex-deputado federal Wanderley Mariz tem morte cerebral confirmada por Covid-19

O ex-deputado federal Wanderley Mariz, de 79 anos, teve morte cerebral confirmada nesta quinta-feira, por sua sobrinha Elizabethe Mariz, que revelou o fato a amigos próximos. Ele estava internado desde o último dia 27 na UTI do Hospital São Lucas, em decorrência da Covid-19, mas teve piora no quadro de saúde. Wanderley é filho do ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte, Dinarte Mariz.

Natural de Caicó, Wanderley exerceu três mandatos de deputado federal pelo Rio Grande do Norte. Ele é advogado com Bacharelado em Direito pela Universidade Federal Fluminense, foi eleito deputado federal pela ARENA em 1974 e 1978 e com o fim do bipartidarismo no Governo João Figueiredo ingressou no PDS e foi reeleito em 1982 graças ao capital político do pai, que militou por mais de cinquenta anos na política potiguar.

Em sua última passagem pela Câmara dos Deputados ausentou-se na votação da emenda Dante de Oliveira em 1984 e votou em Paulo Maluf no Colégio Eleitoral em 1985, entretanto filiou-se ao PMDB e disputou uma vaga de senador pelo Rio Grande do Norte em 1986 ao lado de Martins Filho, mas ambos foram derrotados por José Agripino Maia (PFL) e Lavoisier Maia (PDS). Durante o governo Geraldo Melo foi Secretário de Justiça do Rio Grande do Norte.

Como integrante da Comissão de Interior da Câmara dos Deputados tratava com frequência das questões relacionadas ao semiárido nordestino. Após deixar o cargo no governo do estado retornou à advocacia e disputou sua última eleição pelo PSDC em 2008 quando perdeu a prefeitura de Caicó para Rivaldo Costa (Partido da República).

*FM/Robson Pires

Postado em 2 de julho de 2020 - 13:45h

0 comentário

Prefeitura de Cerro Corá baixa novo decreto: Decreto nº 235, de 01 de Julho/2020

Dispõe sobre nova prorrogação da suspensão
das aulas nas escolas da rede pública municipal
de ensino, estabelece horário excepcional de
funcionamento das atividades comerciais do
município pelo período de 02 a 10 de julho de
2020 e dá outras providências.

A PREFEITA DE CERRO CORÁ, ESTADO DO RIO
GRANDE DO NORTE no uso de suas atribuições legais e
regulamentares, na forma do disposto no artigo 60, IV da Lei
Orgânica do Município;
CONSIDERANDO a situação de emergência de saúde pública
de importância internacional declarada pela Lei Federal nº
13.979, de 6 de fevereiro de 2020;
CONSIDERANDO a calamidade pública declarada pelo
Decreto nº 29.534, e reconhecida pela Assembleia Legislativa
do Rio Grande do Norte, em sessão ocorrida em 20 de março
de 2020;
CONSIDERANDO a rápida taxa de avanço do contágio do
CORONAVÍRUS (COVID-19), tanto internacional quanto
nacionalmente;
CONSIDERANDO a absoluta necessidade de adoção de
medidas preventivas a fim de minimizar os efeitos da pandemia
em questão, no intuito de proteger de forma adequada a saúde e
a vida da população cerro-coraense;
CONSIDERANDO a recomendação do Ministério Público do
Estado do Rio Grande do Norte, por seus representantes com
atuação na 1ª e 2ª Promotorias de Justiça da Comarca de
Currais Novos no que tange a averiguação da existência de
estratégias e medidas de prevenção para os casos de infecção
pela COVID-19 (CORONAVÍRUS), pelo Município de Cerro
Corá/RN.
CONSIDERANDO os termos do artigo 196 da Constituição
Federal, que a saúde é direito de todos e dever do Estado,
garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à
redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso
universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção,
proteção e recuperação;
CONSIDERANDO os dispositivos dos Planos de
Contingências do Ministério da Saúde, do Estado do Rio
Grande do Norte e do Município de Cerro Corá;
CONSIDERANDO que compete ao Município, por
intermédio da Secretaria Municipal de Saúde, exercer ações de
Vigilância Sanitária, com a finalidade de promover, recuperar e
manter a saúde da população, através do controle e
fiscalização;
CONSIDERANDO o firme e reiterado comprometimento da
Administração Pública com a preservação da saúde e bem estar
de toda população cerro-coraense;
CONSIDERANDO os Decretos Estaduais nº 29.583/2020,
29.600/2020, 29.634/2020, 29.742/2020, 29.757/2020 e
29.794/2020, bem como dos que lhes sucederem.
CONSIDERANDO a recomendação conjunta do Ministério
Público Federal, Ministério Público Estadual e Ministério
Público do Trabalho emitida em data de 22 de junho de 2020 a
qual recomenda aos(às) Excelentíssimo(a)s Senhore(a)s
Prefeito(a)s de todos os municípios do Estado do Rio Grande
do Norte que se dignem a cumprir fielmente os termos dos
Decretos Estaduais, abstendo-se de praticar quaisquer atos,
inclusive edição de normas, que possam flexibilizar medidas
restritivas estabelecidas pelo Governo Estadual.
DECRETA:
Art. 1º – Fica prorrogada a suspensão das aulas nas escolas da
rede pública municipal de ensino, até o dia 31 de julho do
corrente ano, podendo a suspensão ser prorrogada ou revogada,
de acordo com os índices da pandemia e/ou decreto estadual,
adotando a Secretaria Municipal de Educação as medidas
necessárias para o novo calendário escolar.
Art. 2º – Fica estabelecida a abertura do comércio local, com
horário excepcional de funcionamento das 07h00min às
13h00min, no período de 02 a 10 de julho de 2020.
Art. 3º – Excepcionalmente, no período de 02 a 10 de julho de
2020, fica estabelecida a abertura das farmácias (posto de
medicamentos), postos de combustíveis, padarias e industrias
têxtis, tendo como horário de funcionamento o horário
comercial regular compreendido das 07h00min às 18h00min,
desde que devidamente observada as recomendações da
Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde, no
que tange ao enfrentamento do contágio e a disseminação do
novo coronavírus (Covid-19).
Art. 4º – Fica autorizado o funcionamento de locais públicos
ou privados necessários ao escoamento da produção agrícola
municipal, desde que devidamente observada as
recomendações da Organização Mundial da Saúde e do
Ministério da Saúde, no que tange ao enfrentamento do
contágio e a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).
Art. 5º – Excepcionalmente, no período de 02 a 10 de julho de
2020, fica estabelecido que os restaurantes, lanchonetes e
estabelecimentos congêneres ou qualquer outra atividade
similar que possa resultar em aglomeração de pessoas, poderão
funcionar no horário das 07h00min às 13h00min, tão somente
por meio de entregas (delivery) e de retirada de alimentos nos
locais (take away).
Parágrafo único. Não é aplicada a limitação horária de
funcionamento prevista no artigo 2º deste decreto, sobretudo
para retiradas pelo cliente em área externa do estabelecimento
e para entregas de produtos na modalidade delivery que poderá
se estender até as 21h00min.
Art. 6º – A liberação de atividades, de acordo com os seus
respectivos horários de funcionamento na forma deste Decreto,
deverá ser acompanhada da observância de protocolos
específicos de medidas sanitárias para impedir a propagação da
COVID-19, assegurando a saúde de clientes e trabalhadores.
Parágrafo único. Sem prejuízo do cumprimento das medidas
específicas de que trata o caput, os estabelecimentos em
funcionamento deverão, orientar e cobrar de seus clientes e
colaboradores o cumprimento dos protocolos específicos de
segurança sanitária mediante os seguintes procedimentos:
I – garantir o distanciamento interno de pelo menos 1,5 m (um
metro e meio) entre as pessoas;
II – disponibilização de álcool em gel 70% nos ambientes de
trabalho e áreas de convivência;
III – impedir a entrada de pessoas dos grupos de risco e
infectados pelo novo Coronavírus;
IV – impedir o acesso de pessoas sem máscaras de proteção;
V – implementar medidas de prevenção nos locais de trabalho,
destinadas aos trabalhadores, usuários e clientes;
VI – aumento da limpeza das áreas comuns, devendo a equipe
de limpeza focar especialmente nos trincos, maçanetas,
apoiadores, botões, interruptores e demais itens propícios à
contaminação;
VII – realizar ampla campanha de comunicação social da
empresa junto aos seus colaboradores, funcionários e clientes;
VIII – lotação máxima de uma pessoa por 5 m² (cinco metros
quadrados);
IX – máquinas de cartão de crédito e telefones de uso comum
devem estar envoltos em papel filme e deverão ser
higienizados frequentemente;
X – se possível, disponibilizar produtos e tecnologias para a
higienização e desinfecção dos sapatos na entrada dos
estabelecimentos;
XI – reforçar a utilização de canais on-line, para continuar
atendendo clientes que ainda tenham movimentação restringida
(Idosos e pessoas do grupo de risco);
XII – evitar aglomeração nos caixas e delimitar o
distanciamento necessário de 1,5 m (um metro e meio) entre as
pessoas nas filas.
Art. 7º – Sem prejuízo do cumprimento das medidas
específicas previstas no parágrafo único do artigo 6º deste
decreto, os salões de beleza, barbearias e afins durante a
pandemia deverão respeitar o horário previsto no artigo 2º e:
I – atender os clientes em forma de agendamento, evitando
aglomeração nos estabelecimentos, em razão de espera;
II – ter lotação máxima de uma pessoa por 5 m² (cinco metros
quadrados);
III – efetuar a higienização frequente do estabelecimento e de
todo mobiliário.
Art. 8º – Sem prejuízo do cumprimento das medidas
específicas previstas no parágrafo único do artigo 6º deste
decreto, os estabelecimentos de vestuário, acessórios, calçados
e afins durante a pandemia deverão respeitar o horário previsto
no artigo 2º e:
I – proibir o uso de provador impedindo que os clientes
experimentem os produtos adquiridos tais como as roupas,
acessório e calçados no estabelecimento;
II – ter lotação máxima de uma pessoa por 5 m² (cinco metros
quadrados);
III – efetuar a higienização frequente do estabelecimento e de
todo mobiliário.
Art. 9º – As atividades recreativas e desportivas (caminhadas,
corrida, ciclismo e demais atividades), poderão serem
realizadas preferencialmente de forma individual ou com no
máximo duas pessoas desde que devidamente observada as
recomendações da Organização Mundial da Saúde e do
Ministério da Saúde, no que tange ao enfrentamento do
contágio e a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).
Paragrafo único. Em razão da portaria conjunta n° 007/2020-
GAC/SESAP/SEDEC devidamente publicada junto ao diário
oficial do Estado em 29 de junho de 2020 (cronograma para
retomada gradual responsável das atividades econômicas no
Rio Grande do Norte) fica proibida até o dia 15 de julho de
2020 o retorno das atividades das academias e similares no
âmbito do município de Cerro Corá/RN.
Art. 10 – Fica determinada a proibição de locomoção de
qualquer cidadão no território do Município de Cerro Corá, no
período compreendido entre as 21h00min às 05h00min, de 02 a
10 de julho de 2020.
§ 1º Excetuam-se da proibição disposta no caput do presente
artigo:
I – Estabelecimento hospitalar;
II – Clínicas veterinárias, clínicas odontológicas e clínicas
médicas em regime de emergência;
III – Farmácias e laboratórios;
IV – Funerárias e serviços relacionados;
V – Serviço de segurança pública e privada;
VI – Serviços de taxi e de transporte individual remunerado de
passageiros (Mototáxi);
VII – Profissionais da área fim da Saúde;
VIII – Servidores públicos das áreas de fiscalização das
Secretarias Municipais quando em pleno exercício da função;
IX – Atividades inerentes a circulação de cargas de qualquer
espécie que possam acarretar desabastecimento de gêneros
necessários à população;
X – Comercialização de medicamentos e/ou gêneros
alimentícios mediante sistema delivery.
§ 2º Será permitida excepcionalmente a circulação de pessoas
no horário constante no caput do presente artigo:
I – Para fins de acesso aos serviços essenciais e/ou sua
prestação, comprovando-se a necessidade e urgência,
preferencialmente, de maneira individual, sem acompanhante;
II – Quando em trânsito decorrente de retorno e/ou partida de
viagens oriundas do Município de Cerro Corá/RN.
Art. 11 – Fica suspensa a realização da feira-livre do Município
de Cerro Corá/RN no dia 04 de julho de 2020.
Art. 12 – No período de 02 a 10 de julho de 2020, fica proibido
no Município de Cerro Corá/RN a atuação de vendedores
ambulantes, sejam crediaristas, representantes de empresas de
consórcio e de vendas de veículos automotores, vendedores de
peças de vestuário, vendedores de produtos de cama, mesa e
banho, vendedores de produtos para o lar e quaisquer outras
espécies de vendedores ambulantes.
Parágrafo Único – Não se incluem na proibição deste artigo
os motoristas e representantes comerciais que cheguem ao
Município de Cerro Corá para vendas no atacado a mercados,
supermercados, mercantis, mercadinhos, panificadoras,
padarias, farmácias, drogarias e afins, cujas vendas se destinem
unicamente ao abastecimento desses empreendimentos
comerciais em Cerro Corá, ficando proibida a comercialização
dos produtos por esses profissionais diretamente junto à
população.
Art. 13 – O descumprimento do disposto neste decreto
acarretará a responsabilização administrativa, civil e penal nos
termos da legislação aplicável.
Art. 14 – Este DECRETO entrará em vigor na data de sua
publicação, revogadas as disposições em contrário.

PALÁCIO SERVULO PEREIRA, EM CERRO CORÁ –
RN, 67 anos de Emancipação Política, 01 de julho de 2020.

Postado em 1 de julho de 2020 - 19:47h

0 comentário

Secretário Estadual de Saúde, Cipriano Maia, prestará esclarecimentos sobre compra de respiradores à ALRN nesta quinta-feira

O Secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, participará de Sessão Especial nessa quinta-feira (02) para prestar esclarecimentos aos deputados estaduais sobre a compra de respiradores em conjunto com o Consórcio Nordeste. O requerimento para convocação do Secretário foi apresentado pelo deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL) e aprovado em sessão ordinária do dia 18 de junho.

De acordo com relatório de fiscalização do Tribunal de Contas do RN, nosso estado participou de compra de 30 respiradores pulmonares mecânicos junto ao Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, que custou R$ 4.947.535,80 aos cofres públicos. Mas esses equipamentos nunca foram disponibilizados pela empresa contratada, que também não procedeu o ressarcimento do valor pago com antecedência pela compra.

“Já há investigação em curso pela Polícia Civil do Estado da Bahia, pelo Ministério Público Federal e também pelo Tribunal de Contas do Estado, mas a fiscalização e controle dos atos do Poder Executivo e da aplicação de recursos públicos é competência da Assembleia Legislativa. Por isso, é fundamental que tenhamos esclarecimentos sobre essa compra milionária e seus desdobramentos, com sérios prejuízos financeiros e com fortes repercussões à saúde do povo potiguar”, afirmou Sandro Pimentel.

A sessão que contará com a participação do Secretário Cipriano Maia acontecerá de modo virtual nessa quinta-feira (02), às 15h, e terá transmissão ao vivo pelo site da ALRN (http://www.al.rn.gov.br/portal/tv) e pelo canal da TV Assembleia RN no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UC5-iXbFxfrauDImM7kMw_Gg).

*BG

Postado em 1 de julho de 2020 - 16:09h

0 comentário

Rafael Fernandes: Única cidade do RN sem registro de Covid-19


Rafael Fernandes no Alto Oeste Potiguar ainda não tem registro de Covid-19

Com uma população estimada de estimada pelo IBGE de 5.098 pessoas, Rafael Fernandes, na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte aparece como único dos 167 municípios do Rio Grande do Norte que não possui nenhum caso positivo para o novo coronavírus(Covid-19). A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde, através da secretária Hiudevan Duarte.

Ainda de acordo com a secretaria, embora três pessoas na cidade tenha testes agendados para esta terça-feira (30), até a divulgação do último boletim Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), diculgado nesta segunda-feira (29), não havia nenhum caso do Covid-19 na cidade.

A Secretaria Municipal de Saúde de Rafael Fernandes instaurou um “Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid-19, formado por profissionais da Atenção Básica e coordenados pela Secretária Municipal de Saúde, Hiudevan Duarte.

*De Fato

Postado em 1 de julho de 2020 - 15:23h

0 comentário

Bolsonaro defende liberdade na internet, e comenta sobre projeto das fake news: ‘acho que não vai vingar’

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que acredita que o projeto que visa coibir a produção e a disseminação de fake news, aprovado na terça-feira no Senado, “não vai vingar”. Bolsonaro avaliou que o texto terá dificuldades na Câmara, onde será analisado agora, e ressaltou que, caso a proposta seja novamente aprovada, ele ainda poderá vetá-la.

— Acho que na Câmara vai ser difícil ser aprovado. Se for, cabe a nós a possibilidade do veto. Acho que não vai vingar esse projeto — disse Bolsonaro a apoiadores, na saída do Palácio da Alvorada.

A proposta teve 44 votos favoráveis e 32 contrários. Bolsonaro disse que um senador relatou a ele ter se equivocado, porque a votação foi virtual, como já ocorre há mais três meses. O presidente não revelou o nome do senador, mas afirmou que o mesmo pode ter ocorrido com outros parlamentares.

— Eu falei com um senador que votou favorável. Ele falou que como estava na virtual, ele se equivocou. Assim deve ter acontecido com outros.

O presidente ainda defendeu a liberdade na internet e afirmou que ninguém é mais criticado do que ele.

— Tem que ter liberdade. Ninguém mais do que eu é criticado na internet. Eu nunca reclamei. No meu Facebook, quando o cara faz baixaria, eu bloqueio. Direito meu.

O texto aprovado pelo Senado exige a rastreabilidade de mensagens enviadas por aplicativos a mais de mil usuários, identificação de conteúdos impulsionados e sanções às plataformas que descumprirem a lei. A proposta foi chamada de Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet.

O Globo

Postado em 1 de julho de 2020 - 15:17h

0 comentário