O Comunicador

Começa vacinação contra a febre aftosa no RN

O Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN) inicia nesta quarta-feira (01), a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa no Rio Grande do Norte.

Neste primeiro momento, durante todo o mês de maio, a vacinação é obrigatória para todo o rebanho.

De acordo com os técnicos do IDIARN, além da vacinação, os criadores devem fazer também a declaração dos seus animais. “O produtor, cadastrado junto ao IDIARN, deverá adquirir sua vacina em uma das lojas autorizadas a comercialização e, após isso, vacinar seus animais e declarar o rebanho em um dos nossos escritórios, na EMATER ou nas Secretarias Municipais de Agricultura”, explicou o diretor do setor de inspeção e sanidade animal do IDIARN, Renato Dias.

Renato acrescenta ainda que este ano a dosagem da vacina contra a Febre Aftosa será diminuída de 5 para 2ml. A expectativa é que com a redução da dosagem ocorram menos reações nos animais vacinados.

O RN tem hoje um rebanho bovino em torno de 900 mil animais. Na segunda etapa da ação, em novembro de 2018, o Estado imunizou mais de 94,52% do rebanho, dando sequência aos bons índices de vacinação que vendo sendo obtidos com o trabalho do Instituto. Além disso, esses números permitem que o Estado mantenha o status livre de febre aftosa com vacinação e continue com as ações para a retirada da obrigatoriedade da vacina no RN.

A febre aftosa é uma doença causada por vírus que provoca febre e aftas, principalmente na boca e entre os cascos dos animais, causando enorme perda na produção de leite e carnes.

O RN foi reconhecido internacionalmente livre de aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), em maio de 2014. Desde que conseguiu a classificação, sonhada há décadas pelos criadores potiguares, o Estado passou a estar apto a exportar seus animais para qualquer país do mundo. vf

Postado em 1 de maio de 2019 - 14:19h

0 comentário

Desemprego é tragédia mundial, diz papa Francisco

O papa Francisco pediu orações nesta quarta-feira (1) para quem está sem trabalho e afirmou que o desemprego é uma “tragédia” mundial da atualidade.

“Rezemos especialmente pelos que não têm trabalho, que é uma tragédia mundial nos dias de hoje”, ressaltou o líder católico, ao celebrar a tradicional e semanal audiência geral no Vaticano, que hoje coincidiu com as comemorações do dia 1 de maio, Dia do Trabalhador.

“Hoje celebramos a memória de São José Operário. A figura do humilde trabalhador de Nazaré nos orienta em direção a Cristo, apoia o sacrifício de quem atua bem e intercede pelos que perderam o emprego ou não conseguem encontrar um”, comentou Francisco. O Papa celebrou a audiência geral na Praça São Pedro diante de 15 mil pessoas. Ele percorreu a praça a bordo de um papamóvel descoberto, saudando os fiéis. Cinco crianças subiram ao carro de Francisco.

*Ansa

Postado em 1 de maio de 2019 - 14:13h

0 comentário

Conheça a História do Dia do Trabalhador, celebrado 1º de maio em todo o Mundo


Foto: Foto histórica de Charles Ebbets, 1943. 

O Dia do Trabalho, também conhecido nos últimos anos mais adequadamente como Dia do Trabalhador, é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios e de conscientização.  A História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores. 

Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes.

O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas. Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Internacional dos Trabalhadores, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano. Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em 26 de setembro de 1924 que esta data se tornou oficial, após a criação do decreto nº 4.859 do então presidente Arthur da Silva Bernardes. Neste decreto, Arthur Bernardes estabeleceu a data como feriado nacional, que deveria ser destinado à comemoração dos mártires do trabalho e confraternização das classes operárias. Porém, nas décadas de 1930 e 1940, o presidente Getúlio Vargas passou a utilizar a data para divulgar a criação de leis e benefícios trabalhistas.

O caráter de protesto da data foi deixado de lado, passando assumir um viés comemorativo. Vargas passou a chamar a data de “Dia do Trabalhador”. Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil: – Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer). – Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores. 

Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador? 

Nos últimos anos a expressão “Dia do Trabalhador” ou “Dia dos Trabalhadores” passou a ser muito utilizada em referência à data comemorativa do dia 1º de Maio. Muitas pessoas consideram ser mais adequada esta segunda opção, pois faz referência ao trabalhador (merecedor da comemoração). Para estas pessoas, chamar a data de “Dia do Trabalho” não é o mais adequado, pois enfatiza o trabalho (ato de criar e produzir bens e serviços em troca de uma remuneração). Porém, no Brasil atual, as duas opções ainda são muito usadas. 

Postado em 1 de maio de 2019 - 12:51h

0 comentário

Crise no Brasil frustra efeitos da reforma trabalhista dizem especialistas

A geração robusta de empregos prometida pela reforma trabalhista esbarra na frustração com o crescimento econômico do Brasil.

Pouco antes de as mudanças na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) entrarem em vigor, em novembro de 2017, a equipe do então presidente Michel Temer chegou a falar na geração de 6 milhões de vagas.

Até agora, considerando trimestres cheios, o total de brasileiros ocupados passou de 90,3 milhões nos três primeiros meses de 2018 para 91,9 milhões neste ano, segundo dados do IBGE. Ou seja, em um ano, mais 1,6 milhão de pessoas estavam trabalhando.

Enquanto isso, o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, que na largada de 2018 era projetado por analistas no Boletim Focus em 2,69%, fechou o ano passado em 1,1%. Para 2019, as expectativas já caíram de 2,53% para 1,7%.

“A reforma [trabalhista] não veio para gerar emprego, veio para facilitar a sua retomada e trazer algum alívio às empresas na crise. O que vai determinar a queda na taxa de desemprego é o crescimento econômico”, diz Renato da Fonseca, gerente-executivo de pesquisa e competitividade da CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Com as famílias endividadas, diz Fonseca, a retomada econômica não virá pelo consumo. Nesses momentos, segundo ele, o governo poderia, inicialmente, aumentar seus gastos, estimulando o setor privado a entrar em um novo ciclo de investimentos. “Mas o governo está quebrado e não tem força para puxar a economia”, afirma.

E a reforma trabalhista sozinha não seria capaz de oferecer esse “choque de demanda”.

“Quando o governo gasta, o empresário fatura na hora. Quando o efeito vem pela reforma, não gera demanda no ‘tempo zero’, no momento inicial. Isso passa pelo filtro do empresário: ‘Legal, está mais barato contratar, mas eu preciso produzir mais?’”, diz Rafael Cardoso, economista da Daycoval Asset Management.

“Ele olha para a ociosidade da fábrica e pensa que não precisa produzir mais, o nível atual é suficiente: ‘Se eu não vou vender mais amanhã, por que vou contratar hoje?’”

A persistência do desemprego em níveis altos, combinada ao avanço de vagas informais e da subutilização (que inclui trabalhadores que gostariam de trabalhar mais horas), também pode afetar outros indicadores, como a produtividade.

*FOLHAPRESS

Postado em 1 de maio de 2019 - 9:13h

0 comentário

Decreto vai facilitar armas a caçadores, atiradores e colecionadores

O porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros, afirmou nesta terça-feira, 30, que o decreto presidencial sobre armas de fogo em elaboração vai permitir uma abertura maior no uso e no transporte para colecionadores, atiradores esportivos e colecionadores, os CACs.

O decreto deverá ser detalhado na próxima terça-feira (7), pelo presidente Jair Bolsonaro.

O porta-voz disse que o governo pretende facilitar, por exemplo, o transporte da arma pelo atirador esportivo de casa até um estande de tiro.

*Estadão Conteúdo

Postado em 1 de maio de 2019 - 9:08h

0 comentário

Prefeitura de Cerro Corá entrega sementes para agricultores do município

Nesta terça-feira (30) a Emater local, através do Governo do Estado em parceria com a Prefeitura de Cerro Corá/RN e a Secretaria Municipal de Agricultura, iniciou a entrega de mais de 5 mil toneladas de sementes.
Para ter direito ao benefício os agricultores devem procurar os responsáveis pelas associações rurais.
A entrega só será feita para agricultores registrados no banco de sementes e que estão cadastrados na secretaria municipal.
Cerca de mil agricultores serão beneficiados com sementes de sorgo, milho e feijão.

Atenção agricultores (as) da comunidades Baixa verde I e Baixa Verde II, que fizeram o cadastro do agricultor na secretaria de Agricultura, as entrega de sementes/2019, será amanhã dia 01/05 e 4 e 5/05/2019, residência de Vencerlino na comunidade Baixa verde.

*ASCOM – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 30 de abril de 2019 - 21:49h

0 comentário

Beth Carvalho, a Madrinha do Samba, morre no Rio aos 72 anos


Artista estava internada desde 8 de janeiro; causa foi infecção generalizada, diz empresário. Com mais de 50 anos de carreira, ela foi um dos maiores nomes da história do gênero.

A cantora e compositora Beth Carvalho, conhecida como a Madrinha do Samba e um dos maiores nomes da história do gênero, morreu no Rio, nesta terça-feira (30), aos 72 anos. Ela estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, Zona Sul da cidade, desde o início de 2019. A causa da morte foi infecção generalizada, informou o hospital, em comunicado.

Em nota, o empresário da artista, Afonso Carvalho, disse que ela morreu às 17h33 desta terça “cercada de amor por seus familiares e amigos”.

Já fazia bastante tempo que a cantora tinha um problema de coluna. Em 2009, chegou a cancelar sua apresentação no show de réveillon, na Praia de Copacabana, por causa de fortes dores. Em 2012, submeteu-se a uma cirurgia na coluna.

No ano seguinte, foi homenageada pela escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, no carnaval de São Paulo, mas não participou do desfile por motivos de saúde. Lu Carvalho, sobrinha de Beth, foi quem representou a artista na ocasião.

Show histórico

Em 2018, com a mobilidade cada vez mais reduzida pelos efeitos do problema na coluna, Beth fez um show histórico. Ao lado do grupo fundo de Quintal, mostrou sua força ao cantar deitada seus sucessos no show Beth Carvalho encontra Fundo de Quintal – 40 anos de pé no chão.

Ao longo de sua internação no início de 2019, Beth teve de reduzir a quantidade de visitas. A informação foi compartilhada por sua filha, Luana, após um vídeo mostrar a cantora debilitada cantando deitada na cama do hospital.

*G1

Postado em 30 de abril de 2019 - 20:00h

0 comentário

Quase mil cidades brasileiras podem ter surto de dengue, zika e chikungunya

Novecentos e noventa e quatro municípios brasileiros apresentam alto índice de infestação pelo mosquito Aedes aegypti e podem registrar surtos de dengue, zika e chikungunya.

O número, de acordo com informações do Ministério da Saúde, representa 20% das 5.214 cidades que realizaram algum tipo de estudo que classifica o risco do aumento de doenças causadas pelo vetor.

O primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) de 2019 revela que a incidência de casos de dengue no país entre janeiro e março subiu 339,9% em relação ao mesmo período de 2018.

Além da situação de risco, o estudo identificou 2.160 municípios em situação de alerta e 1.804 com índices considerados satisfatórios.

O ministério alertou hoje (30), em Brasília, para a necessidade de fortalecer ações de combate ao mosquito, mas avaliou que, mesmo com o aumento de casos de dengue, a taxa de incidência está dentro do esperado para o período e o país não está em situação de epidemia. O Ministério da Saúde admite, entretanto, que podem haver epidemias localizadas de dengue em alguns municípios.

Capitais

Cinco capitais estão com índice de infestação considerado satisfatório: Boa Vista, João Pessoa, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

Cuiabá está classificada como em risco e outras 16 capitais estão em alerta. São elas: Fortaleza, Porto Velho, Palmas, Salvador, Teresina, Recife, Belo Horizonte, Campo Grande, Vitória, São Luís, Belém, Macapá, Manaus, Maceió, Aracaju e Goiânia.

Natal, Porto Alegre e Curitiba realizaram levantamento por meio de metodologia diferente (armadilha), enquanto Florianópolis e Rio Branco não enviaram informações ao ministério sobre o índice de infestação ao governo federal.

Criadouros

O armazenamento de água no nível do solo (armazenamento doméstico), como em toneis e barris, foi o principal tipo de criadouro identificado no país, seguido por depósitos móveis, caracterizados por vasos e frascos com água, pratos e garrafas retornáveis. Por último, estão os depósitos encontrados em lixo, como recipientes plásticos, garrafas PET, latas, sucatas e entulhos de construção.

Dengue

Até 13 de abril de 2019, foram registrados 451.685 casos prováveis de dengue no Brasil contra 102.681 casos no ano passado. A incidência, que considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes, tem taxa de 216,6 casos para cada 100 mil habitantes. O número de óbitos pela doença também teve aumento, de 186,3%, passando de 66 para 123 mortes.

Zika

Foram registrados ainda 3.085 casos de zika, com incidência de 1,5 caso para cada 100 mil habitantes. Em 2018, no mesmo período, foram identificados 3.001 casos prováveis da doença. Não há óbitos por zika contabilizados em 2019.

Chikungunya

Também houve 24.120 casos de chikungunya, com uma incidência de 11,6 casos para cada 100 mil habitantes. Em 2018, foram 37.874 casos – uma redução de 36,3%. Em 2019, não foram confirmados óbitos por Chikungunya no país.
O levantamento

O LIRAa é classificado pelo Ministério da Saúde como um instrumento fundamental para o controle do vetor e de doenças transmitidas por ele. Com base nas informações coletadas, o gestor pode identificar os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do mosquito, bem como o tipo de criadouro predominante.

O objetivo do levantamento é permitir que os municípios tenham melhores condições de fazer o planejamento das ações de combate e controle do mosquito. A lista completa de cidades que participaram do estudo pode ser acessada aqui.

*Agência Brasil

Postado em 30 de abril de 2019 - 17:52h

0 comentário

Vítima de acidente de trabalho no HRTM em Mossoró

Um trabalhador de 34 anos morreu em um acidente de trabalho na tarde desta segunda-feira (29), no interior do Rio Grande do Norte. Luciano André de Seixas da Silva, que trabalhava na empresa Transbet de Alto do Rodrigues, foi atingido durante a movimentação de uma das caixas de resíduos poli caçambas, quando fazia limpeza industrial na base de um poço de produção Petrobras. O acidente aconteceu na base do poço 7-ET-0376-RN, campo do Estreito, já no município de Carnaubais. 

De acordo com informações colhidas, a vítima foi atingida na região abdominal por uma das caixas de resíduo da poli caçamba, tendo sofrido prensamento. O homem ainda foi socorrido pela ambulância da UTI móvel, em seguida foi encaminhado para o hospital regional Tarcísio Maia de Mossoró, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Há suspeita de que houve hemorragia interna durante o acidente. 

A vítima trabalhava como ajudante, durante quatro anos na empresa Transbet de Alto do Rodrigues.

*Passando na Hora

Postado em 30 de abril de 2019 - 15:50h

0 comentário

Atleta cerrocoraense melhora marca ao vencer salto triplo

A atleta Regiclecia Silva da AESC de Cerro Corá conseguiu melhorar mais uma vez sua marca ao vencer o salto triplo,  no Campeonato estadual sub 20 de atletismo.  Regiclecia que mudou de prova a menos de dois meses saiu de 10,31 para cravar 11,94 em sua 4a competição do ano. Com essa marca a representante potiguar pula da 7a para a 3a colocação do ranking nacional da cbat.

Regiclecia foi 2a no 200 e no distancia

Outros resultados:

Bárbara Beatriz 1a no martelo e peso e 2a no disco;

Kiko Aldair 6o no triplo com 11,99;

Participação tambem de Hawan Oliveira no 5000 marcha (32’19) e Josefa Raiane no 3000 marcha (19’23).

Agradecimento especial ao vice prefeito Zeca Araújo pelo apoio.

*Texto; Edilson Oliveira

Postado em 30 de abril de 2019 - 15:27h

0 comentário

Aos 26 anos, jovem de São José do Seridó morre com suspeita de gripe H1N1 em Natal

Morreu nessa madrugada no Hospital Onofre Lopes, na capital potiguar, a jovem Rutilene, de 26 anos, natural de São José do Seridó, com suspeita de H1N1. A jovem era casada e tinha deixa dois filhos pequenos.


Um familiar da jovem conversou com o blog Jair Sampaio
“Ela adoeceu, foi atendida no HRS em Caicó, mas a liberaram e acreditavam que era problemas no Rim. Logo piorou e depois voltou para Caicó, sendo transferida para o Januário Cicco, e de lá levada para o Onofre Lopes”.


Vítima estava grávida e o bebê também faleceu
Grávida do terceiro filho, o bebê foi retirado ainda no domingo, mas não resistiu e morreu. “Ele chegou a ficar internado no Januário Cicco, mas faleceu depois de algumas horas”, lamentou a prima de Rutilene.


Sobre a suspeita de contaminação por H1N1
Ao blog Jair Sampaio, a familiar disse que nada está confirmado, que a família aguarda os exames que foram feitos antes de ela falecer para que haja ou não esta confirmação, apesar da fundada suspeita dada por médicos.


*Jair Sampaio

Postado em 30 de abril de 2019 - 14:18h

0 comentário

Reunião tratou dos alvarás de construção e atualização da legislação para taxistas

Nesta manhã de terça-feira (30) a Prefeitura Municipal de Cerro Corá/ RN, através da Secretaria de Finanças, recebeu a nova equipe da Assessoria Jurídica Tributária do município.
Na reunião foi discutido a legalização dos alvarás de construção, a atualização da legislação relacionada aos taxistas, além da regularização da escritura dos imóveis locais.
O secretário Evilásio Bezerra e a equipe da secretaria participaram do encontro.
É a prefeitura se comprometendo com o direito de todos os cerrocoraenses.

*ASCOM – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 30 de abril de 2019 - 14:15h

0 comentário

Acampamento de voluntários na Ponte Newton Navarro cresce e recebe pessoas de todas as religiões


Sentinelas pedem por doações de café e açúcar para se manterem alertas à noite e água pra refrescar a sede durante o dia

O grupo que acampa na base da ponte Newton Navarro completa nove dias de vigília no local. Nesse tempo, mais de 50 pessoas já foram acolhidas pelos voluntários. Dessas, diversas querendo tirar a própria vida, mas outras buscavam apenas auxílio espiritual ou psicológico do grupo.

Com estrutura aprimorada em relação à semana passada, mantimentos para permanecer mais tempo no local e mais voluntários participando da iniciativa, o grupo pensado e iniciado por religiosos já conta com mais de 30 voluntários das mais diferentes doutrinas. Evangélicos, católicos e até pessoas sem religião ajudam na manutenção do acampamento com trabalho voluntário apoiando os acolhidos, vigiando a passagem de pedestres da ponte ou doando materiais para a estadia no local.

Mesmo com provisões para diversos dias, os voluntários ainda apontam alguns itens que necessitam. Café, açúcar e água são os alimentos mais pedidos. A água, segundo a voluntária Sônia Alves, acaba rápido, pois faz muito calor. Já o café e o açúcar são importantes, principalmente, para os sentinelas que ficam durante a madrugada na ponte.

Sobre isso, Sônia destaca que, durante a noite, o número de pessoas que são acolhidas é o dobro em relação a de dia. “É impressionante. De noite, recebemos muito mais gente”, alarma.

A reportagem do Portal No Ar esteve no acampamento nesta segunda-feira, 29, e constatou o apoio ao grupo por parte da população que atravessa a ponte. A todo o momento buzinas de motos, carros e caminhões, além de acenos são lançados para os voluntários.

Os voluntários permanecem afirmando que não têm expectativa para sair do local, mas alegam que não poderão ficar lá para sempre. “Queremos chamar a atenção dos governantes para o número de pessoas que acolhemos. Ninguém demonstrou interesse em fazer algo até agora”, afirma Sônia.

Além da ajuda da Polícia Militar, com rondas pelo local e efetivo para fazer a guarnição do acampamento, os voluntários não têm recebido tanto contato com os entes públicos. “Um deputado veio outro dia e doou banheiros, mas só”, lamenta Sônia.

O grupo se organiza para uma ação ao longo da ponte no dia 4 de maio, quando esperam chamar a atenção da população e, principalmente, de entes públicos para o número alarmante de tentativas de suicídio no local.

*Portal no Ar

Postado em 30 de abril de 2019 - 7:42h

0 comentário

Filhos e ‘despreparo’ incomodam eleitores de Bolsonaro

Ao analisar os dados de quatro pesquisas mensais feitas até agora, a diretora-executiva do Ibope Inteligência, Marcia Cavallari, afirma que, de janeiro a abril, as taxas de avaliação do governo Jair Bolsonaro como ruim e péssimo subiram em todas as sondagens. Mas as taxas de ótimo e bom caíram só até março, e ficaram estáveis em abril, o que poderia indicar neste caso um piso para as avaliações.

“A insatisfação aumenta, mas a aprovação pode estar próxima de um piso. As próximas pesquisas vão mostrar o tamanho desse núcleo que mais aprova o governo”, diz ela.

Governos recém-empossados despertam otimismo entre os eleitores, mesmo entre os que não votaram no vencedor. O que é raro, indica a análise das pesquisas do Ibope, é a “lua de mel” durar tão pouco. Pelos dados, o presidente Jair Bolsonaro não conseguiu manter por muito tempo a janela de boa vontade, o que é afirmado até por aqueles que votaram no candidato do PSL no ano passado.

O advogado Antônio Carlos Mello, de Lins, no interior paulista, diz ter votado em Bolsonaro para romper com um ciclo político encabeçado nos últimos anos por PT e PSDB. Neste sentido, viu como positivas as escolhas dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. “O Bolsonaro estancou aquela sangria de dar verba para parlamentar a torto e a direito. Isso também foi bom.”

O que tem incomodado o apoiador de Bolsonaro é a participação dos filhos no governo. “Por mais que o Carlos Bolsonaro goste do pai, ele não pode esquecer que é parlamentar (vereador) do Rio, tem de cuidar do trabalho dele lá. Ele fica interferindo e isso atrapalha”, afirma. “Se ele quiser ir para Brasília, que espere mais quatro anos e tente”, completou Mello.

Confiança

Com a queda da avaliação positiva e da aprovação ao modo de governar, caiu também a confiança na figura do presidente – 51% em abril, ante 62% em janeiro. Moradora de Salvador, a tecnóloga Dilmara Serafim optou por Bolsonaro no segundo turno das eleições do ano passado, mas diz que vê no governo um “despreparo administrativo”. Ela pondera, no entanto, que ainda é cedo para uma “ideia definitiva”. “Vejo que tem boa intenção e espero que, com mais tempo, ele adquira capacidade.”

Outro segmento em que Bolsonaro perdeu mais apoio do que na média nacional é o de moradores de capitais e de cidades com mais de 500 mil habitantes, nas quais mais de três a cada dez apoiadores pularam do barco no período. O presidente se sai melhor em municípios pequenos e do interior, com 37% de avaliação positiva em ambos os casos.

Eleitor de Bolsonaro no primeiro e no segundo turnos da eleição, o empresário paulistano Roberto Guariglia afirma não estar satisfeito com o que vê, principalmente na economia. Apesar de a escolha do candidato ter sido feita pela “falta de opção”, como ele define, o empresário enxergou motivos para depositar o voto em Bolsonaro para além da motivação de “não continuar com o pessoal do PT no poder”.

“Foi o único que apareceu nessa safra de políticos novos que conseguiria encarar o cargo. Já tinha um histórico político que poderia ajudar no trâmite com o Congresso, e eu achava que seria capaz de fazer essa retomada econômica”, diz.

Ao fim do quarto mês de governo, a avaliação de Guariglia se inverteu. “Estou me sentindo abandonado, vejo que não vai dar em nada”, diz. “A reforma da Previdência é importante, mas existem outras coisas que poderiam estar em andamento, como a redução da taxa de juros e o apoio do BNDES para pequenas empresas.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

*NOTÍCIA AO MINUTO

Postado em 30 de abril de 2019 - 7:26h

0 comentário

Placas Mercosul: operação do MPRN apura fraudes no Detran

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta terça-feira (30) a operação Chapa Fria. O objetivo é apurar suposta prática de crimes ocorridos durante o processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul realizado no âmbito do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). Ao todo, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e funcionais dos investigados.

A operação Chapa Fria conta com o apoio da Polícia Militar. Ao todo, 18 promotores de Justiça, 25 servidores do MPRN e 57 policiais militares participam da ação. Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Assu.

O MPRN investiga o direcionamento, manipulação e fraude no processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul com o objetivo de favorecer um grupo de empresas.

*MPRN

Postado em 30 de abril de 2019 - 7:23h

0 comentário

Polícia Civil prende segundo suspeito de participação em morte de empresário em Natal

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (29) mais um suspeito de ter participado do assassinato do empresário Marcos Antônio Braga Ponte, de 60 anos – e que foi funcionário da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) por 41 -, em setembro do ano passado.

Segundo investigações da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), o suspeito preso nesta tarde teria sido o responsável por dirigir o veículo que levou Marcos Antônio até o local da execução. A prisão foi feita no bairro Nordeste, na Zona Oeste de Natal. A ação aconteceu por conta de um mandado de prisão preventiva contra o suspeito.

No dia 11 de abril, a Polícia Civil já havia efetuado a prisão de um outro homem, que é suspeito de ter disparado os tiros que mataram o empresário. Segundo as investigações, a mulher com quem Marcos Antônio mantinha relações na época da morte também tinha um caso com esse suspeito.

Caso

O empresário Marcos Antônio Braga Ponte foi morto no dia 21 de setembro no bairro Guarapes, Zona Oeste de Natal, depois de ser levado por criminosos no Alecrim, na Zona Leste, quando saía de um bar.

Marcos Braga Ponte estava em um bar com os amigos e foi abordado quando se dirigia ao carro. Ele chegou a destravar o alarme do veículo, mas foi interceptado antes de entrar no automóvel por um homem armado. O suspeito sai de um carro que estava parado logo atrás. Marcos Ponte ainda tenta correr, mas não consegue fugir. Em seguida, ele é colocado dentro do veículo dos bandidos, um Gol preto. O corpo do empresário foi encontrado uma hora depois.

*G1 RN

Postado em 30 de abril de 2019 - 7:16h

0 comentário

Natal: Bombeiros controlam fogo no Midway Mall e vias no entorno são liberadas

O incêndio que atingiu a parte externa do Midway Mall foi controlado pelo Corpo de Bombeiros no final da tarde desta segunda-feira (29).

Sem risco de as chamas serem retomadas, os agentes trabalham no resfriamento da central de refrigeração do shopping.

Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros, não há registro de vítimas. No entanto, ainda há unidades de resgate no local.

De acordo com a corporação, a evacuação foi coordenada pelo próprio shopping.

*Portal no Ar

Postado em 29 de abril de 2019 - 20:11h

0 comentário

Atividade industrial mantém tendência de queda no Rio Grande do Norte

A elevada carga tributária está no topo dos problemas enfrentados pela indústria potiguar no primeiro trimestre deste ano, segundo sondagem das indústrias extrativas e de transformação do RN, elaborada pela Federação da Indústria do Rio Grande do Norte (Fiern).

A competição desleal, reflexo em parte da informalidade, ganhou importância neste trimestre, pulando da 4ª para a 2ª colocação no ranking (31% contra 39% do trimestre anterior).

Em 3º lugar, aparece a inadimplência dos clientes, com 29% (era de 33% no terceiro trimestre).

A sondagem, revelando que a atividade industrial voltou a cair em março, foi realizada entre os dias 1 e 12 de abril último.

Em março, o nível médio de utilização da capacidade instalada (UCI) para a indústria atingiu 74%, contra 69% de fevereiro.

Na comparação com março do ano passado, a pesquisa observou um aumento de 4 pontos percentuais, quando o indicador ficou em 70%.

Já o indicador das condições de acesso ao crédito declinou 3,0 pontos, passando 38,4 para 35,4 pontos, mostrando que o acesso a dinheiro novos nos bancos ficou mais difícil nesse primeiro trimestre.

Na comparação com o mesmo trimestre de 2018, o índice recuou 0,9 ponto (34,5 pontos). Essa dificuldade de acesso ao crédito foi sentida tanto pelas pequenas quanto pelas médias e grandes indústrias, cujos índices atingiram 37,5 e 34,7 pontos, respectivamente.

O indicador de expectativas com relação ao número de empregados recuou 1,3 ponto, passando de 53,6 para 52,3 pontos, indicando que os empresários industriais esperam moderado aumento nos próximos seis meses. Na comparação.

*Agora RN

Postado em 29 de abril de 2019 - 15:42h

0 comentário

Justiça bloqueia bens de Neymar, em processo de sonegação de impostos

Segundo o jornal ‘Follha de S.Paulo’, o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão ligado à Receita federal, bloqueou bens de Neymar, entre eles um helicóptero e um avião. O bloqueio dos bens fazem parte de um processo por sonegação de impostos envolvendo o jogador do PSG.

Documentos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) apontam que as aeronaves, que estão em nome da empresa ‘Neymar Sport & Marketing’, ligada ao jogador, possuem “ordem judicial de indisponibilidade”, o que significa que os bens não podem ser negociados. No entanto, Neymar pode continuar utilizando as aeronaves.

– Os bens foram arrolados como garantia do débito. Continuam na propriedade da pessoa, mas é um procedimento normal feito pela Receita. Eles ficam guardados como garantia, mas não perde a propriedade – afirmou o advogado do jogador Marcos Neder.

Postado em 29 de abril de 2019 - 15:36h

0 comentário

Sobe para três o número de mortes por suspeitas de H1N1 no Seridó

Com a morte de um jovem de 27 anos, natural de Campo Redondo e que estava internado na UTI do regional de Caicó, já são três mortes suspeitas de ter sido provocadas pelo vírus do H1N1.

O jovem morreu neste domingo e estava isolado há dias no Regional. Apesar da suspeita, somente laudos podem confirmar ser H1N1.

*Marcos Dantas

Postado em 29 de abril de 2019 - 14:33h

0 comentário

Encerramento da semana da leitura em Cerro Corá

Durante a semana passada a Prefeitura de Cerro Corá/RN, através da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto e a Biblioteca Pública Municipal Vivaldo Pereira, realizou uma semana recheada de muito conhecimento e experiências literárias.

Neste sábado (27) profissionais da educação, alunos, gestores escolares, secretários municipais participaram da culminância do projeto.

A prefeita Graça Oliveira e o vice Zeca Araújo estiveram no evento que encantou a todos com apresentações dos alunos da rede pública.

*ASCOM – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 29 de abril de 2019 - 13:59h

0 comentário

Mega-Sena, concurso 2.146: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 125 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.146 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (27) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 16 – 18 – 31 – 39 – 42 – 44

A quina teve 283 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 30.594,81. A quadra teve 15.338 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 806,43.

O próximo concurso (2.147) será na quinta-feira (2). O prêmio estimado é R$ 125 milhões.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

*G1 RN

Postado em 28 de abril de 2019 - 7:20h

0 comentário

Centrais sindicais aprovam anúncio de greve geral em junho contra a reforma da Previdência

As principais centrais sindicais do país decidiram, nesta sexta (26), usar o Dia do Trabalho, 1º de maio, para anunciar a convocação de greve geral contra a reforma da Previdência e a mudança na política de reajuste do salário mínimo.

João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força, diz que “no movimento tem gente que está contra toda a reforma e tem uma parcela dos sindicalistas que quer a negociação”. A paralisação de diversas categorias será chamada para 14 de junho.

Além da Força, participaram da reunião CUT, Intersindical, Nova Central, UGT, CGTB, CSB e CTB. Algumas centrais divulgaram chamado para a mobilização. Haverá ainda uma manifestação dia 15 de maio, em apoio aos professores. “Será um ‘esquenta’ para a greve geral de junho”, classificou a CUT.

*
Coluna Painel/Folha de S.Paulo

Postado em 28 de abril de 2019 - 7:13h

0 comentário

Multiplicadores que participaram da oficina de gestão ambiental orientam alunos sobre o lixo descartado no município

A Prefeitura de Cerro Corá/RN, através da secretaria de Educação, realizou na manhã desta sexta-feira (26) uma ação com os alunos da Escola Municipal Manoel Belmino dos Santos.
A educadora ambiental Juliana Marcia Andrade esteve no lixão com os alunos e os multiplicadores que participaram da oficina de gestão ambiental.
O objetivo desse encontro é conscientizar e sensibilizar sobre o processo de coleta seletiva além de melhorar os resíduos sólidos do município de Cerro Corá.
A secretária de Educação Alice Maria, a coordenadora Ana Canário e o secretário de agricultura e meio ambiente Adevaldo Oliveira também participaram da culminância do projeto junto com os alunos e toda a equipe.

*ASCOM – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 27 de abril de 2019 - 8:21h

0 comentário

Festa do Padroeiro: Prefeita e representantes da paróquia se reúnem para discutir o evento

Nesta sexta-feira (26) a Prefeita Graça Oliveira se reuniu com representantes religiosos da Igreja São João Batista e o novo Pároco Pe. José Marcos de M. Dantas (Marquinhos) para alinhamento da Festa do Padroeiro.
No encontro foi discutido os planos e projetos para o evento que já é uma tradição no município.

*ASCOM – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 27 de abril de 2019 - 8:09h

0 comentário

RN terá R$ 1 bi da Caixa para habitação

Em visita à governadora Fátima Bezerra na tarde desta sexta-feira (26), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que o banco tem R$ 1,1 bilhão para investir este ano no setor habitacional do Rio Grande do Norte. O dinheiro estará disponível para projetos destinados à baixa, média e alta renda. Na reunião também foi discutido a criação de um fundo de investimento imobiliário, que seria gerido pela CEF.

“A reunião foi muito positiva, visto que pudemos dar agilidade e agendar reuniões para áreas específicas. Tenho muito apreço pelas instituições públicas devido a importância social que elas representam. A Caixa é um patrimônio do povo brasileiro e deve atender às necessidades do Rio Grande do Norte”, disse a governadora.

Guimarães lembrou que o RN é o 10° Estado brasileiro e o 3° do Nordeste visitado pela comitiva do projeto Caixa Mais Brasil: “Este processo de visita que estamos fazendo permite conhecer as restrições que por acaso existam, trabalhe para sanar os problemas existentes e possa desenvolver novos projetos. A visita hoje teve todos esses componentes: ajustar o que não esteja certo, alavancar e acelerar coisas que estão indo bem e pensar em novas oportunidades. ” Ele garantiu ainda que os programas de habitação popular, como o Minha Casa Minha Vida, receberão investimentos e poderão ser ampliados pelo governo federal.

A venda da folha de pagamento do Governo do Estado também foi discutida na reunião. O diálogo já havia sido iniciado e o banco demostrou interesse. Foi agendada para 2 de maio uma reunião entre a Caixa e a equipe econômica estadual, em Brasília, para tratar da negociação. Na semana seguinte, uma outra reunião será realizada para acertar criação do fundo imobiliário.


*Fonte: Robson Pires

Postado em 27 de abril de 2019 - 7:50h

0 comentário

Homens são retirados de casa por ‘encapuzados’ e executados a tiros na Grande Natal

Dois homens foram assassinados na madrugada desta sexta-feira (26) em Macaíba, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, criminosos encapuzados arrombaram uma residência no conjunto Alto da Raiz, retiraram as vítimas de dentro de casa e as executaram com tiros na cabeça.

Ainda de acordo com a PM, os mortos não foram identificados porque estavam sem documentos.

Após os disparos, viaturas foram ao local e fizeram buscas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

O duplo homicídio será investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Macaíba.

*G1 RN

Postado em 27 de abril de 2019 - 7:41h

0 comentário