O Comunicador

Inscrição no auxílio emergencial da irmã de Styvenson acaba em live constrangedora

A inscrição da irmã do senador Styvenson Valentim no auxílio emergencial fez o parlamentar realizar uma live onde o constrangimento impera.

A irmã foi aprovada para receber a ajuda emergencial e o senador, por ter feito críticas às pessoas que “não precisando” se inscreveram, acabou por transmitir ao vivo a reunião familiar onde expôs os familiares de forma desnecessária.

O senador ainda fala no pai que falha como provedor e diz que a imprensa É SUJA.

Era bom o senador falar nominalmente quem é a imprensa SUJA do RN, quem da imprensa faz sujeira ou quem fez com ele, quem tem atitudes reprováveis, vamos lá senador, ajuda a sociedade desmascarando que faz sujeira na imprensa.

Na opinião desse comunicador, o senador acertou no conceito mas errou no formato.

*BG

Postado em 21 de junho de 2020 - 19:04h

0 comentário

Além de Brasília, SP e RJ também têm manifestações pró e contra o governo


Atos contrários e favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro em São Paulo, na Praça Roosevelt e na Avenida Paulista, respectivamente | Imagem: reprodução/CNN Brasil

São Paulo e Rio de Janeiro, além de Brasília, registraram manifestações pró e contra o governo do presidente Jair Bolsonaro neste domingo (21).

Até as 16h, os movimentos foram majoritariamente pacíficos. Em Brasília, a Polícia Militar usou spray de pimenta para dispersar manifestantes bolsonaristas que tentaram ultrapassar a barreira montada na Esplanada dos Ministérios. Após rápida dispersão, os próprios manifestantes pró-governo afastaram parte das pessoas que causaram o tumulto e retornaram à grade para cantar o hino nacional.

Na semana passada, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, determinou o bloqueio de carros e pedestres na Esplanada dos Ministérios para evitar manifestações no local. Neste domingo, no entanto, está permitida a presença de pedestres na região, mas veículos seguem proibidos de acessar a Esplanada.

Os manifestantes contrários ficaram do lado oposto da Esplanada dos Ministérios, em frente ao Teatro Nacional. Eles portavam faixas com palavras de ordem e em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e havia pessoas de jalecos brancos no local.

Em São Paulo, é a segunda semana desde a decisão do Ministério Público que determinou um revezamento entre grupo pró e antigoverno no uso da Avenida Paulista para protestos. Os favoráveis ocuparam parte da calçada e duas faixas da via, próximo ao prédio da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo). Até as 15h, não havia bloqueio de trânsito e veículos continuavam trafegando normalmente no local. A Polícia Militar fez um cordão para isolar os manifestantes do restante da avenida.

Já os contrários ao presidente se reuniram na Praça Roosevelt, na região central. Haviam faixas de partidos e de torcidas organizadas.

Manifestação pró Bolsonaro acontecem na zona sul do Rio de Janeiro | Foto: reprodução/CNN Brasil

O movimento no Rio de Janeiro foi favorável ao governo. Cerca de 400 manifestantes, vestidos com roupas nas cores da bandeira do Brasil, se reuniram ao longo de toda manhã na praia de Copacabana. Os manifestantes pró-Bolsonaro chegaram a bloquear um trecho da Avenida Atlântica, mas na maior parte do tempo se concentraram apenas na faixa do calçadão que fica na costa da praia. O movimento começou a se dispersar à partir das 13h.

*BG com informações de CNN Brasil e Estadão Conteúdo

Postado em 21 de junho de 2020 - 18:59h

0 comentário

Consórcio Nordeste omite compra em que antecipou R$ 45 milhões e também não recebeu respiradores

Foto: reprodução

O jornalista Dinarte Assunção traz em seu blog mais um mico protagonizado pelo Consórcio Nordeste. Desta vez, o consórcio omitiu informações sobre uma compra de respiradores que também foi antecipada e igualmente não foi concretizada.

A compra em questão foi a primeira realizada pelo consórcio ainda no mês de março. A empresa contratada é sediada em Los Angeles, a Ocean 26, a quem foi antecipado pelo menos R$ 44,8 milhões de reais.

A transação já havia sido noticiada pelo próprio Dinarte, que não conseguira confirmar, no entanto, se o pagamento havia sido antecipado.

A confirmação do pagamento, todavia, veio nessa semana, através de informação do Tribunal de Contas Bahia, estado pelo qual a compra foi realizada em 30 de março deste ano. O TCE-BA também apontou para falta de transparência do caso.

O Governo do Rio Grande do Norte diz não ter participado dessa negociação.

LAI

Em 27 de maio, o jornalista enviou à Ouvidoria da Bahia solicitação, com base na Lei de Acesso à Informação (LAI). No pedido, a reportagem solicitava a íntegra digital de todos os atos praticados no Processo SEI nº 200.13103.2020.0000002-24.

Com a operação policial que expôs irregularidades em outra compra, a de R$ 48,7 milhões à empresa Hempcare, e sem transparência sobre a primeira compra, objeto de matéria desta reportagem, o Blog do Dinasolicitou a íntegra do processo que deflagrou todas as compras de respiradores.

A resposta foi concluída em 19 de junho, se limitando ao seguinte comunicado:

Prezado Dinarte Assuncao,

Todos os processos de compras, inclusive o solicitado pelo senhor, estao disponiveis no site do Consorcio Nordeste e podem ser acessados no link http://consorcionordeste.ba.gov.br/transperencia/

Apesar de o pedido do blog ter sido sobre a íntegra do processo administrativo – e não especificamente sobre compras e contratos – a resposta enviada se limitou a informar que contratos e compras podiam ser acessados no portal da transparência do Consórcio.

Ao logo da tramitação do pedido feito por Dinarte, a Ouvidoria da Bahia chegou a apontar o seguinte: “Verifica-se que se trata de requerimento de cópia dos autos do processo SEI nº 200.13103.2020.0000002-24. Contudo, os autos do citado processo se encontram no Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste – CIDSNE. Tendo em vista que se refere à demanda de competência do mesmo. Portanto, a demanda será encaminhada à Governadoria [da Bahia]”.

Coube à assessoria de imprensa do governo da Bahia responder ao pedido com base na Lei de Acesso à Informação requerido pelo Blog do Dina. Os autos digitais do processo não foram enviados.

Ocean 26

As informações sobre a compra à Ocean 26 não constam no portal da transparência do Consórcio Nordeste, apesar de o Tribunal de Contas da Bahia afirmar que o pagamento de quase R$ 45 milhões ter sido feito através da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia.

O desencontro de informações ainda se reflete no portal da transparência do Estado da Bahia. Nele, há o registro de um empenho no valor de R$ 56.030.400,00 em nome da Ocean 26, em 9 de abril deste ano. O documento, no entanto, informa que não houve pagamento.

A proposta de contrato entre o Consórcio Nordeste, por meio do governo da Bahia, e a Ocean 26 foi obtida pelo Blog do Dina. A proposta tinha o valor total de US$ 10,8 milhões (ou mais de R$ 56 milhões) e previa que 80% do valor seriam pagos em 30 de março, o que bate com a data informada pelo TCE-BA. Os valores também são correspondentes, porque 80% de 56 milhões são R$ 44,8 milhões.

A compra à Ocean 26 esteve no foco de polêmica após afirmações públicas de autoridades chinesas de que o Consórcio Nordeste havia comprado à empresa que havia enganado os estados.

Compras

Ao todo, o Consórcio Nordeste fez três compras antecipadas de respiradores que não foram entregues.

Além da transação à Ocean 26, houve da Hempcare, que terminou em operação policial, e houve ainda a compra à Pulsar Development, que foi cancelada e o dinheiro devolvido.

O Rio Grande do Norte participou da compra da Hempcare. As três compras movimentaram, pelo menos, R$ 187 milhões.

*Dinarte Assunção – Blog do Dina

Postado em 20 de junho de 2020 - 18:21h

0 comentário

Tragédia: Operário morre ao cair de torre de eólica na Serra do Mel/RN, vídeo

O operário Gerson  Alves da Silva, de apenas 21 anos de idade, morreu na manhã deste sábado 20 de junho de 2020, ao cair de uma torre de energia eólica, na Vila Acre, na Serra do Mel.

As informações preliminares, dizem que o jovem teria sido contratado recentemente para os trabalhos em torres, em alturas.
Ainda de acordo com as primeiras informações, ele estaria trabalhando na companhia de mais três e uma corrente de segurança teria rompido.


Dois deles teriam escapado por ter se segurado, porém o jovem Gerson não teve a mesma sorte. Ele caiu de uma altura aproximada de 35 metros.
O acidente teria ocorrido quando eles se preparavam para deixar o turno nas primeiras horas da manhã. Uma equipe ALFA do SAMU de Mossoró foi acionada para o local, mas nada pôde ser feito.

Ele sofreu múltiplas fraturas. A Polícia Civil de Mossoró foi acionada para o local.
A própria polícia local militar só tomou conhecimento após a Civil perguntar aos militares local sobre o acidente. Não é a primeira vez que essas empresas eólicas dificultam as informações.Lamentável, a esposa de Gerson havia acabado de ter um filho e hoje quando chegasse em casa, ele iria ao hospital pegar a esposa e a criança.

*Passando na Hora

Postado em 20 de junho de 2020 - 14:44h

0 comentário

Cerro Corá: “Ou é ignorância ou má intenção”, diz prefeita sobre cobranças nas redes sociais


Graça Oliveira explica em video no Facebook o que o município faz para conter a pandemia de coronavirus

“Ou é ignorância ou má intenção”, é como a prefeita de Cerro Corá, Maria das Graças Oliveira, avalia  o posicionamento de usuários de redes sociais ou mesmo no dia-a-dia da cidade a respeito do uso de recursos públicos no combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). “Algumas pessoas dizem que o município recebeu milhões e perguntam onde está esse dinheiro?”, questionou a chefe do Executivo, em vídeo publicado, logo cedo, em sua conta pessoal no Facebook. 

No vídeo de nove minutos, a prefeita Graça Oliveira relata sua preocupação com a presença do coronavius em Cerro Corá, onde havia ocorrido em 10 de abril o registro de uma morte de uma bebê de um ano e sete meses infectada por Covid-19, mas entre a quinta e sexta-feira (18 e 19), foram confirmados três casos de pessoas infectadas, com sintomas leves, que estão sendo acompanhadas pela Secrataria Municipal de Saúde (Semsa).

“Estamos passando por um problema grave e muito difícil e, infelizmente, nosso município tem casos positivos”, disse a prefeita, que apelou para a compreensão de todos os cerro-coraenses e das pessoas que visitam à cidade: “Agora, mais do que nunca, nós precisamos da união de todos para que cada um faça a sua parte, usem as medidas de proteção, higienizem as mãos, se precisar sair use máscara e no caso de extrema necessidade”.
Graça Oliveira ainda ressalvou que “as pessoas precisam sair de suas casas para trabalharem”, como são os casos dos profissionais que estão na linha de frente, como os das áreas de saúde e de limpeza do município, onde “ a gestão está fazendo a parte dela, trabalhando dia e de noite para combater o vírus que está atingindo o município”.


A prefeita disse que Cerro Corá recebeu especificamente para combater o Covid-19, através do Ministério da Saúde, apenas R$ 50 mil e existe ainda uma emenda do deputado e agora ministro das Comunicações, Fábio Faria, de R$ 200 mil, exclusivamente para o combate ao coronavirus.

“Já da assistência estadual”, a prefeita Graça Oliveira informou que “recebeu R$ 6.484,00 para a aquisição de cestas básicas destinados a pessoas em situação de vulnerabilidade, como aquelas que atuam no “lixão”, e quinzenalmente estão recebendo essas cestas”.

*cerrocoranews

Postado em 20 de junho de 2020 - 14:35h

0 comentário

“Vocês fizeram milagre”, diz Papa a médicos e enfermeiros

Foto: EPA

O papa Francisco recebeu neste sábado (20), no Vaticano, uma delegação de médicos e enfermeiros da Lombardia, epicentro da pandemia do coronavírus Sars-CoV-2 na Itália, e disse que os profissionais da saúde foram um dos “pilares” do país durante a crise.

“Caros médicos e enfermeiros, o mundo pôde ver o bem que vocês fizeram em uma situação de grande dificuldade. Mesmo exaustos, vocês continuaram se empenhando com profissionalismo e abnegação”, disse o líder católico.

Segundo Francisco, os operadores sanitários fizeram um “milagre” na pandemia. “Vocês foram um dos pilares que carregaram todo o país”, acrescentou. A delegação também incluía o governador da Lombardia, Attilio Fontana, o arcebispo de Milão, Mario Delpini, e os bispos de Bergamo, Brescia, Crema, Cremona e Lodi.

“Está mais vivo do que nunca o reconhecimento para médicos, enfermeiros e todos os operadores sanitários, que executaram um serviço árduo e, às vezes, heroico. Foram sinais visíveis de grande humanidade que aquecem o coração. Muitos ficaram doentes, e alguns infelizmente morreram. Recordemos deles com muita gratidão”, disse o Papa.

De acordo com Jorge Bergoglio, os profissionais da saúde eram um “ponto de referência” para pacientes e para os familiares, que não podiam visitar seus entes queridos internados. “Os pacientes frequentemente sentiam ter a seu lado ‘anjos’ que os ajudaram a recuperar a saúde e, ao mesmo tempo, os consolaram”, ressaltou.

A Itália acumula 238,3 mil casos e 34,6 mil mortes na pandemia, sendo 92,8 mil contágios e 16,6 mil óbitos na Lombardia. O coronavírus também matou cerca de 170 médicos e 40 enfermeiros no país.

*25

Postado em 20 de junho de 2020 - 14:32h

0 comentário

Cerro Corá: Graça Oliveira explica como será aplicação dos recursos do socorro federal

Imagem arquivo

A prefeita Graça Oliveira explicou no vídeo divulgado no Facebook, que não chegou R$ 1 milhão exclusivo para uso na área de saúde, como cobram nas redes sociais. Conforme a lei federal 173/2020 sancionada no fim de maio pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) , segundo ela, o município irá receber R$ 1.161.911,00, mas divididos em quatro parcelas de socorro emergencial do governo federal, com a primeira parcela já sendo repassada na primeira semana de junho, no valor de R$ 269 mil como compensação pela queda de receitas, “que foram grandes”.


Graça Oliveira disse que desses recursos foram tirados percentuais para aplicação em assistência social e saúde, que serão de R$ 116 mil no decorrer do recebimento das quatro parcelas, de acordo com a determinação da lei aprovada no Congresso Nacional. “Então, não recebemos o milhão de reais que andam divulgando nas redes sociais”, declarou.


Ao invés de pessoas irem às redes sociais comentarem sobre informações infundadas, ela aconselha que as pessoas procurem “os órgãos competentes para tirar suas conclusões”, como o portal da transparência, que “está aí esclarecendo tudo, inclusive nós recebemos a pontuação máxima de 400 pontos”.


“Estamos fazendo um trabalho com responsabilidade e transparência, mas precisamos da ajuda da população, agora faça também a sua parte a sensibilizar as pessoas que estamos passa do por um momento difícil”, declarou a prefeita de Cerro Corá, que continuou:  “Não é só a prefeita, nem os secretários e funcionários que têm essa responsabilidade, a responsabilidade é de cada um de nós”.


Com relação as ações feitas para conter os efeitos da pandemia de coronavírus em Cerro Corá, a prefeita citou o plano emergencial da educação, em virtude da paralisação das aulas presenciais logo no começo da pandemia, que possibilitou a realização de aulas remotas para os alunos da rede municipal de ensino, que atendem “mais de 90% dos alunos pra que eles não percam o ano letivo”.


A prefeita também exemplificou a distribuição do kit merenda escolar, que está sendo providenciada a segunda entrega para a próxima semana, superados os entraves burocráticos e fornecimento de alimentos, inclusive processos de controle externo por parte do Ministério Público.


Ela informou que se faz a desinfecção dos prédios públicos com mais movimentação de pessoas, feira livre, a compra de cinco lavatórios que foram distribuídos em pontos estratégicos, dois na feira livre, na praça central da cidade, hospital e dois próximos ao restaurante popular,  aquisições de equipamentos de proteção individual, testes rápidos e oito termômetros infravermelhos para uso nas barreiras sanitárias, hospital e postos de saúde.


Finalmente, agradeceu a sua equipe e em especial a secretária municipal de Saúde, Célia Guimarães, “que não tem medidos esforços para fazer o que é necessário fazer pelo nosso povo”.

*cerrocoranews

Postado em 20 de junho de 2020 - 14:18h

0 comentário

Tragédia: Em Natal Depois de atirar em um professor, médico Cristian Cyro se suicidou

O incidente ocorrido na noite desta sexta-feira (19) no edifício Hanna Safieh infelizmente terminou com a morte do médico oftalmologista Cristian Cyro Bezerra. Ele era um dos sócios do Hospital da Visão.


Depois de uma confusão em um edifício no bairro de Petrópolis, Natal (RN),o médico oftalmologista Cristian Cyro Bezerra se matou. 


Antes, ele tinha atirado em um professor de MMC de nome Chicão, sem motivo, de acordo com relatos, mas errou o alvo. Instantes depois se ouviu um disparo num apartamento. A polícia que foi ao local encontrou o médico morto.

*Via Tribuna do Cabugi

Postado em 20 de junho de 2020 - 13:23h

0 comentário

Hospitais brasileiros já receitam dexametasona para casos graves


Foto: Yves Herman/Reuters

Hospitais particulares brasileiros já usam a dexametasona e outros corticoides para o tratamento de pacientes com o tipo grave da Covid-19. O medicamento é utilizado para reduzir a inflamação no pulmão provocada pela doença. Nesta semana, o remédio foi apontado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, como responsável pela redução de um terço das mortes de pacientes internados com ventiladores mecânicos. Entre os doentes fazendo uso de oxigênio, a diminuição no número de mortes foi de cerca de 20%.

As informações preliminares são da série Recovery, o maior ensaio clínico mundial que testa tratamentos existentes para verificar se são eficazes no combate ao coronavírus.

A cardiologista da Rede D’Or Ludhmila Hajjar afirma que mais de cem pacientes de Covid-19 atendidos por ela foram salvos com a ajuda de corticoides como a dexametasona.

— Antes da Covid-19, já existiam alguns tipos de pneumonia que causavam muita inflamação no pulmão. Portanto, no tratamento delas já se usavam corticoides, dentre eles dexametasona e metilprednisolona. A todos os meus pacientes que foram internados com a doença e precisaram de algum suporte de oxigênio, fosse um ventilador ou um respirador não invasivo, sempre prescrevi o corticoide — diz.

De acordo com a cardiologista, quando surgiram os casos graves da Covid-19, a classe médica se dividiu entre os que passaram a utilizar corticoides para combater a forte inflamação no pulmão e os que decidiram esperar por um estudo que comprovasse a eficácia do remédio no tratamento da doença. O uso de dexametasona ou de outros tipos de corticoides ainda não é protocolo na Rede D’Or. De acordo com a médica, a instituição estava esperando por um estudo que comprovasse a eficácia para indicar esse tipo de remédio no tratamento.

No Hospital Albert Einstein, o uso de corticoides no tratamento de Covid-19 já se tornou protocolo. No entanto, na rede, utiliza-se o metilprednisolona, um similar do dexametasona em dose equivalente. O medicamento já era aplicado em pacientes com síndromes respiratórias moderadas e graves, antes do surgimento do novo coronavírus.

— Com certeza, esse estudo da Universidade de Oxford, que ainda não foi publicado em uma revista científica, vai nos dar mais conforto para continuar com o tratamento dos nossos pacientes. O fato de ele ainda não estar publicado está angustiando a gente. Quando ele for registrado, com seus números mais robustos, ficaremos mais tranquilos de estar no caminho certo — afirma Moacyr Silva Jr, infectologista do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar e da UTI do Hospital Albert Einstein.

A dexametasona possui ação anti-inflamatória e, por isso, não é indicada para casos leves da Covid-19. Ele não ataca diretamente o vírus, mas administra a reação do corpo à atividade do Sars-Cov-2, como explica o nefrologista Álvaro Atallah, diretor fundador do Centro Cochrane do Brasil (que faz revisões em estudos publicados para comprovar a evidência científica) e professor titular de Medicina Baseada em Evidências da Escola Paulista de Medicina da Unifesp.

— Esse remédio evita que o paciente tenha uma resposta inflamatória muito forte e acabe morrendo por causa disso. Ele tem ação imunossupressora. Se o paciente não está sentindo sintomas fortes, a imunidade dele está boa. Então, se tomar o remédio, vai fazer mal, porque vai abaixar a resposta imunológica que está adequada.

Diferentemente da rede privada, a rede pública não tem usado nenhum tipo de corticoide no tratamento para casos graves. Em nota, o Ministério da Saúde disse que “tem acompanhado a realização de estudos, inclusive no Brasil, que testam terapias promissoras como a dexametasona”.

*O Globo

Postado em 20 de junho de 2020 - 13:15h

0 comentário

PSDB/RN divulga nota sobre a saída de Rogério Marinho do partido

O PSDB/RN, por meio de nota assinada pelo presidente do partido no RN, Ezequiel Ferreira de Souza, informou que a saída de Rogério Marinho da legenda foi consensual. Ao atual ministro do Desenvolvimento Regional também foi desejado êxito na missão que desempenha no governo Bolsonaro.

Leia abaixo a íntegra da nota:

Nota do PSDB/RN

O amigo e ex-deputado Rogério Marinho solicitou afastamento dos quadros do PSDB/RN, em razão de estar ocupando o cargo de Ministro de Estado do Desenvolvimento Regional.

Esse pedido de desligamento da vida orgânica do nosso partido, apesar de lamentado por todos nós que fazemos o PSDB/RN foi absolutamente consensual e plenamente compreendido, em razão do momento político nacional.

Ao ministro Rogério Marinho desejamos êxito na relevante missão que desempenha, certos de que a sua presença no mais alto escalão do Governo Federal, além de fazer brilhar o nosso orgulho potiguar, oportuniza consequências positivas para o Rio Grande do Norte.

É uma honra para o nosso Estado ter Rogério Marinho ministro do Desenvolvimento Regional, cargo onde mantém o seu obstinado trabalho pelo desenvolvimento econômico e social da nossa terra e um forte elo de amizade com todos nós, que sempre lutamos por dias melhores para o Rio Grande do Norte.

Ezequiel Ferreira de Souza

Presidente do PSDB/RN

*BG

Postado em 20 de junho de 2020 - 13:09h

0 comentário

Mulher que foi dada como morta e “ressuscitou” no RN, morre horas depois


Hospital Municipal de Parelhas em que a mulher estava quando ressuscitou

A mulher que “ressuscitou” após ter sido dada como morta no Hospital Municipal Doutor José Augusto Dantas, em Parelhas, morreu poucas horas depois no mesmo hospital. O caso aconteceu nesta quinta-feira (18).

Vítima de um Ataque Vascular Cerebral (AVC), seguido de uma parada cardíaca, mesmo tendo voltado à vida, o estado de saúde já debilitado fez com que a mulher não resistisse por mais tempo.

Em contato com o hospital, o Agora RN apurou que a mulher não chegou a sair do local e estava acompanhada de um médico, por conta da sua situação de risco.

O caso

A mulher que “ressuscitou” viralizou na quinta, após ser espalhada no município de Parelhas, a informação de que uma mulher voltou à vida dentro de um caixão. A TV Social Media fez a primeira apuração e descobriu que ela não chegou a ser colocada no caixão, mas seu marido já havia preparado todos os detalhes para o velório.

Os médicos tentaram reanimar a mulher, mas não conseguiram. Porém, de forma natural, pouco tempo depois ela retomou a consciência e “ressuscitou”.


*Fonte: Agora RN

Postado em 19 de junho de 2020 - 12:52h

0 comentário

Currais Novos registra 3º óbito por Covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, confirma na manhã desta sexta-feira (19), mais um novo caso e o terceiro óbito provocado pela Covid 19, no município de Currais Novos.
O 106º caso, trata-se de paciente do sexo masculino, na faixa etária entre 21 e 30 anos, diagnosticado via teste rápido.


O 3º óbito, trata-se de paciente na faixa etária entre 80 e 90 anos, que foi transferido ontem (18) pelo SAMU, para o Hospital Regional do Seridó, na cidade de Caicó, com outras comorbidades consideradas graves, vindo a falecer durante a noite.


A Prefeitura de Currais Novos lamenta profundamente e externa as condolências a família da vítima.

*Reporter Seridó
Postado em 19 de junho de 2020 - 12:47h

0 comentário

Mulher “ressuscita” dentro de caixão no interior do RN; notícia surpreende população


Caso aconteceu em Parelhas, no Seridó potiguar

Uma mulher dada como morta pelos médicos do Hospital Municipal de Parelhas, no Seridó potiguar, “ressuscitou” pouco antes de ser encaminhada para o velório, na manhã desta quinta-feira (18). A notícia surpreendente repercutiu em toda região e ganhou as redes sociais.

A vítima chegou na unidade hospitalar após sofrer um AVC e uma parada cardíaca. Os médicos envolvidos no atendimento tentaram reanimar a vítima, com medicações e procedimentos, mas não tiveram êxito.

Poucos minutos depois de protocolar o óbito no hospital, os familiares da paciente foram avisados da morte. O marido, inclusive, foi responsável por providenciar a documentação necessária e a contratação da funerária para velório e enterro.

Contudo, quando os profissionais da funerária chegarem ao hospital, foram informados que a mulher estava viva. A então morta voltou a respirar naturalmente, ainda na cama do leito, de acordo com relatos dos profissionais do hospital.

Diante da situação, áudios de populares comentavam que a mulher já estava dentro do caixão quando acordou, mas, segundo apuração da TV Social Media, a informação é falsa e foi negada por um policial.

Os familiares foram avisados da situação e já estão cientes do quadro da paciente, que segue viva.

*Agora RN

Postado em 18 de junho de 2020 - 21:04h

0 comentário

Cerro Corá: Prefeitura adquiri termômetros infravermelhos para intensificar ações contra a covid-19

A Prefeitura Municipal de Cerro Corá, através da secretaria de Saúde, recebeu no fim da tarde desta quinta-fera (18/06) 8 novos termômetros infravermelhos. Os equipamentos serão utilizados para intensificar as ações de combate ao coronavírus em toda a cidade principalmente nas Unidades Básicas de Saúde, no Hospital Clotilde Santina e também nas barreiras sanitárias.

A secretaria orienta ao paciente que apresenta os sintomas da doença que procure a Unidade de Saúde mais próxima.

É com trabalho e transparência que podemos vencer essa pandemia.

*ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 18 de junho de 2020 - 20:53h

0 comentário

AL vai convocar Secretário de Saúde do RN para esclarecer compra de respiradores

Sessão aconteceu nesta quinta-feira (18)

Na sessão ordinária por videoconferência desta quinta-feira (18), os deputados aprovaram à unanimidade o requerimento de Sandro Pimentel (PSOL) convocando o Secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, para prestar esclarecimentos sobre a compra de respiradores em conjunto com o Consórcio Nordeste. O Estado já pagou cerca de 4 milhões e 800 mil reais e não recebeu os equipamentos.  A votação da matéria gerou discussão.

O deputado Francisco do PT orientou a bancada para votar a favor do requerimento e fez a sugestão para que na mesma sessão o Procurador-Geral do Estado também estivesse presente. “Não há nada que o governo tenha a esconder em relação à essa questão da matéria”, disse.

Na sequência, a deputada Isolda Dantas (PT) afirmou que considera adequada a convocação do secretário e disse estar tranquila de que o governo não tem nada a esconder e fez tudo de acordo com a legislação, mas considerou contraditória a convocação, diante da suspensão dos depoimentos da CPI da Arena. “Só lamento que a Assembleia possa ficar fazendo escuta de secretário e não possa fazer reunião da CPI. Concordo que precisamos escutar qualquer órgão do governo que tenha relação com o consórcio, que considero inclusive uma das inovações, mas torno a lamentar o requerimento que impediu a investigação na mesma lógica, inclusive com muito mais recursos em jogo, que foi a Arena”, afirmou.

Para Hermano Morais (PSB), a convocação será uma ótima oportunidade de esclarecimento. “É importante também para que tomemos conhecimento das  providências que estão sendo tomadas pelo governo, temos que recuperar esses R$4,8 milhões que estão faltando para a saúde. Iremos conhecer melhor como funciona o consórcio, um bom instrumento de gestão, mas que precisa ser aprimorado para que não tenhamos outros problemas dessa natureza”, afirmou o deputado.

O deputado Ubaldo Fernandes (PL) disse que a convocação é necessária pois é preciso transparência. “Sabemos que o RN vive um momento dificílimo, da pandemia, os recursos estão chegando e é preciso que o secretário de saúde Cipriano Maia nos traga as informações. Queremos saber se estes respiradores ainda vão vir, se os recursos serão devolvidos, se a PGE entrou com alguma ação e secretário é o ordenador de despesa”, afirmou Ubaldo.

O deputado Getúlio Rêgo (DEM) afirmou que se as informações já estivessem disponibilizadas publicamente, essa convocação teria sido evitada. Com relação à crítica da suspensão da CPI da Arena pela deputada Isolda Dantas, Getúlio disse que da sua parte não é incoerência, pois também foi um dos que se manifestou para que a convocação fosse também após a pandemia, seguindo sua posição em relação à CPI. “Não tenho nada a esconder e nunca fui obstruído na minha vida pública. Essa convocação poderia ter sido evitada se já tivessem se manifestado de público”, afirmou.

Autor do requerimento, o deputado Sandro Pimentel disse que sempre que houver qualquer tipo de dúvida em relação ao uso do dinheiro público, é papel dos parlamentares investigar. “É preciso convocar, ouvir e pedir esclarecimentos, porque não podemos sair fazendo ilações sem provas”, afirmou. O deputado disse que esses recursos precisam ser bem explicados porque o RN “não pode perder quase R$ 5 milhões”.

Para finalizar, o deputado Vivaldo Costa (PSD) disse que é preciso construir no RN um clima de paz. “Muitos deputados estão se comportando como se a gente tivesse numa guerra e precisamos de paz para enfrentar essa pandemia”, disse.

*Sidney Silva

Postado em 18 de junho de 2020 - 19:20h

0 comentário

Investigação no MP cita suposta rede de crimes na gestão de Natal

Uma investigação que começou no Ministério Público Federal e foi encaminhada para o Ministério Público do Rio Grande do Norte apura uma denúncia sobre uma suposta rede de crimes contra o patrimônio público instalada na administração pública de Natal.

O caso foi iniciado pelo Ministério Público Federal em 6 de junho de 2019 e chegou ao Ministério Público do Rio Grande do Norte em 27 de abril deste ano.

Na descrição da investigação, se lê que o caso se propõe a apurar corrupção, propinas e contratação irregular de empresas. O prefeito de Natal, Álvaro Dias, está com o nome destacado na informação pública do caso, que teria ainda a participação de vereadores e servidores municipais.

A investigação do Ministério Público do RN mencionada nesta matéria é na esfera cível, para apurar improbidade administrativa. Essas investigações, via de regra, correm de maneira pública. Não é o caso da investigação em questão, cujo sigilo foi decretado em 15 de maio.

Apesar da decretação do sigilo, as informações preliminares do caso continuam publicamente acessíveis, não sendo possível acessar as peças que o integram. Investigações sigilosas não são, via de regra, exibidas em busca processual quando são pesquisadas partes investigadas.

Quando há informações públicas de um processo sigiloso, elas costumam se limitar ao número do caso, o assunto da investigação e andamento processual, sem mencionar publicamente os investigados.

Ao decretar sigilo, o agente condutor do caso tem a opção de determinar o sigilo parcial ou total do caso.

Blog do Dina se deparou com o caso público ao usar a busca processual do MP para pesquisa de outra matéria nessa quarta-feira (17).

O caso pode ser consultado neste link , inserindo no campo ‘nome da parte’ o nome completo do prefeito, ‘Álvaro Costa Dias’.

Confira matéria na íntegra no Blog do Dina

Postado em 18 de junho de 2020 - 19:10h

0 comentário

Taxa de contágio da Covid-19 cai pela terceira semana seguida no Brasil, informa Imperial College

A taxa de contágio do Covid-19 no Brasil caiu pela terceira semana seguida, de acordo com cálculos do Imperial College, de Londres, uma das mais respeitadas instituições de pesquisas epidemiológicas do planeta. O país, no entanto, ainda está com a taxa Rt acima de 1, o que indica transmissão “fora de controle”. A Rt indica para quantas pessoas em média cada infectado pode transmitir o vírus.

A taxa do Brasil calculada para essa semana pela instituição britânica foi de 1,05, ou seja, cada cem pessoas contaminadas transmitem o coronavírus em média para outras 105, que por sua vez trasmitem para outras 110 e assim por diante.

Apesar desta ser a oitava semana em que o país registra número “fora de controle” (acima de 1), os índices do Brasil já foram piores. Em abril, o país chegou à taxa de 2,8 e, no começo de junho, na medição imediatamente anterior feita pelo Imperial College, era de 1,08, de acordo com a instituição.

O Brasil tem no momento 965.512 de casos e 46.842 mortes por coronavírus confirmadas, de acordo com o mais recente levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

*O Globo

Postado em 18 de junho de 2020 - 19:06h

0 comentário

Coronavírus: Brasil registra 1.238 óbitos e 22.765 casos nas últimas 24h, total de mortes chega a 47.748 e infectados são 978.142


Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (18):

– Registro de 1.238 óbitos nas últimas 24h, totalizando 47.748 mortes;

– Foram 22.765 novos casos de coronavírus registrados, no total 978.142 infectados.

– O número total de recuperados do coronavírus é 482.102. Outros 448.292 pacientes estão em acompanhamento.

*BG

Postado em 18 de junho de 2020 - 19:03h

0 comentário

Cerro Corá: Secretaria de saúde confirma caso de coronavirus

A Prefeitura de Cerro Corá/RN, por meio da Secretaria
Municipal de Saúde, registra nesta quarta-feira (18/06) o primeiro caso CONFIRMADO de Coronavírus (Covid-19) no município.

Trata-se de um rapaz, de 31 anos, que apresenta sintomas moderados da doença e que está sendo
monitorado/acompanhado pela secretaria de saúde de Cerro Corá/RN.

A Secretaria Municipal de Saúde reafirma a necessidade da população permanecer em isolamento social, redobrar os cuidados com a higiene e
usar máscaras.

*ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO – PREFEITURA DE CERRO CORÁ/RN

Postado em 18 de junho de 2020 - 19:01h

0 comentário

Mossoró confirma 322 casos de covid-19 em uma semana e chega a 1.783; cidade registra 95 óbitos pela doença

Número de casos confirmados de coronavírus continua aumentando em Mossoró (Imagem: Reprodução)

1.783 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus em Mossoró e a cidade registra 95 óbitos com confirmação da doença, segundo informações do boletim epidemiológico divulgado pela Secretária da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP-RN) referentes à tabulação de dados de ontem, 17. Em uma semana o aumento no número de casos confirmados chegou a 322. Boletim divulgado pela Sesap no dia 10 de junho informava que a cidade tinha 1.461 casos confirmados. Na data, os óbitos com confirmação da doença chegavam a 78.

De acordo com os dados mais recentes divulgados pela Sesap, Mossoró tem 1.340 casos suspeitos do novo coronavírus e 1.487 casos descartados.  13 óbitos estão em investigação. Segundo boletim da Sesap, 308 pessoas se recuperaram da Covid-19 em Mossoró.


*Bruno Barreto

Postado em 18 de junho de 2020 - 14:44h

0 comentário

Cerro Corá: Zaja Confecções doa smartphone para o destacamento de polícia

A Zaja Confecções, em mais uma demonstração de responsabilidade social com a nossa comunidade, fez a doação de um smartphone à Polícia Militar local com o objetivo de contribuir para facilitar a comunicação e agilizar os serviços de segurança prestados à população.


¨Desejamos que o Sargento Brazão e os demais policiais possam utilizar o aparelho para nos oferecer um serviço cada vez mais eficiente e eficaz¨. Disse Zeca.

Postado em 18 de junho de 2020 - 14:10h

0 comentário

Óbitos por Covid-19 no RN chegam a 655

Os óbitos no Rio Grande do Norte por Covid-19 já somam 655, de acordo com a atualização da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), divulgada nesta quinta-feira (18). Os números apontam um aumento de 29 novos registros em relação aos dados divulgados nesta quarta (17). Destes, porém, 11 ocorreram nas últimas 24 horas.

Segundo a Sesap, o estado contabiliza 15.889 casos confirmados de Covid-19, 24.641 suspeitos e 24.974 descartados. Há 109 óbitos em investigação. Em todo o RN, são 760 pessoas internadas por causa da doença, das quais, 358 estão em leitos críticos.

Além do número de internações, a Sesap divulgou a quantidade de pessoas que aguardam regulação no estado. São 89 no total (12 classificadas como prioridade “I” e 77 como prioridade “II”).

Leitos

A taxa de ocupação de leitos públicos no Rio Grande do Norte destinados a tratar a Covid-19 está distribuída da seguinte maneira:

Oeste: 100%
Alto Oeste (Pau dos Ferros): 100%
Mato Grande (Guamaré): 100%
Grande Natal: 96,8%
Seridó: 74%

*Via Tribuna de Noticias

Postado em 18 de junho de 2020 - 13:58h

0 comentário

O que se sabe sobre a dexametasona, que começou a ser usada contra a Covid-19

Foto: digicomphoto/Getty Images

Nesta semana, um remédio se tornou o protagonista de diversas manchetes desde que um estudo britânico mostrou que ele pode reduzir as chances de morte em casos graves de Covid-19. É a dexamestasona, um medicamento corticoide com ação anti-inflamatória receitado para alergias graves, artrite reumatoide e outros problemas. Mas é preciso analisar o cenário com calma.

Uma consórcio de pesquisadores britânicos, liderados por uma equipe da Universidade de Oxford, administrou doses de dexamestasona em pacientes com Covid-19 admitidos nos hospitais públicos do país. A iniciativa faz parte do projeto RECOVERY, um programa britânico estabelecido em março para testar diversos tratamentos no combate à doença, entre eles a dexamestasona, o combo anti-HIV lopinavir-ritonavir e a hidroxicloroquina, que saiu da lista após os resultados mostraram que não apresenta benefícios.

Ao todo, a equipe administrou doses baixas de dexamestasona para 2.104 pacientes aleatórios por dez dias, e comparou os dados desses pacientes com outros 4.321 que não receberam o tratamento (ambos os grupos receberam os cuidados padrões geralmente utilizados contra a doença). No grupo de controle, que não tomou o remédio, 41% dos pacientes em estado crítico, que precisavam de respiradores, morreram após um mês. Já entre os pacientes em estado severo, que precisaram da administração de oxigênio mas não foram entubados, as chances de morrer eram de 25%.

Segundo os cientistas, o uso da dexamestasona reduziu em 30% a mortalidade entre os pacientes entubados, e em 20% entre os pacientes em estado severo, mas que não foram entubados. Para casos moderados e leves, em que o paciente não precisava de ajuda para respirar, não houve nenhum benefício.

A pesquisa foi considerada um avanço por especialistas em grande parte do mundo, especialmente porque se trata de um estudo de grande porte, controlado e randomizado (quando se escolhe pacientes aleatoriamente para receber o tratamento e os compara com um grupo de controle que não os recebeu), o que é a forma cientificamente correta de se provar a eficácia de terapias.

Logo após a divulgação dos dados, o governo do Reino Unido anunciou que vai incluir a dexamestasona na lista de tratamentos recomendados para a Covid-19 nos hospitais do sistema público de saúde do país. A cientista-chefe da Organização Mundial de Saúde, Soumya Swaminathan, se manifestou elogiando o estudo e disse que os resultados poderão ter impacto global no tratamento da doença.

Mas alguns especialistas em saúde pediram cautela com os resultados. A maior razão disso é que o estudo ainda não foi publicado em uma revista científica e os dados completos ainda não foram divulgados – somente um press-release. Ou seja, ainda não é possível que outros especialistas analisem se o estudo foi de fato bem feito e se os resultados são confiáveis (é a chamada revisão por pares, considerada importantíssima na ciência). Os pesquisadores afirmaram que pretendem publicá-lo o mais rápido possível e que já estão enviando seus resultados para órgãos de saúde no Reino Unido e também internacionais.

A segunda ressalva é lembrar que o medicamento não é a cura para o coronavírus, e muito menos um método de prevenção. Ele é, segundo o estudo britânico, um bom método para reduzir a letalidade entre pacientes graves. Em pacientes leves, não há nenhum efeito – ou seja, não adianta comprar na farmácia e tomar em casa. O remédio só faz sentido se for administrado em hospitais.

A droga tem ação anti-inflamatória, e casos graves e críticos de Covid-19 se caracterizam por apresentar uma alta inflamação nos pulmões. É por isso que o medicamento não funciona em casos leves, cujos sintomas geralmente são tosse, febre e outros que não envolvem inflamação. Dependendo do caso, a dexametasona pode até agravar a Covid-19.

Isso porque ela é um corticoide – e, como tal, tem efeito imunossupressor. Reduzir a ação do sistema imunológico pode ser perigoso, agravando a infecção pelo vírus. Os resultados de outros experimentos que utilizaram corticoides para tratar infecções virais respiratórias, como no caso da gripe H1N1, são ambíguos – alguns apontavam que os riscos de usar as substâncias eram maiores do que seus benefícios. Por isso a OMS e outros órgãos de saúde pediam cautela com o uso desses medicamentos no tratamento de Covid-19. Os pesquisadores britânicos escolheram testar especificamente a dexamestasona porque evidências anteriores indicavam que ela tinha bons resultados em quadros de síndrome respiratória grave e não era tão nociva.

Na corrida por tratamentos contra a Covid-19, vários remédios já despontaram como grandes promessas, que depois acabaram não se confirmando. O antiviral remdemsivir era a droga que tinha tido melhores resultados até agora, mas seus benefícios foram modestos: ela diminui o tempo de internação, mas a redução na letalidade da doença é insignificante. Remédios como cloroquina e hidroxicloroquina, que receberam muita atenção de políticos como Jair Bolsonaro e Donald Trump, se mostraram ineficazes em diversos estudos controlados, e outras apostas ainda não tiveram resultados convincentes. O uso do plasma convalescente – um soro feito com o sangue de pessoas que se curaram da doença e possuem anticorpos – já apresentou bons resultados em estudos pequenos e pontuais, mas não há nenhum ensaio clínico grande, controlado e aleatório que comprove sua eficácia.

*Super Interessante

Postado em 18 de junho de 2020 - 11:22h

0 comentário

Mesmo com diminuição de casos, boletim epidemiológico da Sesap alerta registros de dengue e chikungunya no RN

Foto: Ilustrativa

O Rio Grande do Norte registrou diminuição do número de casos de arboviroses. Segundo a Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica (Suvige) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), a queda dos números pode ser decorrente do cenário epidemiológico causado pela pandemia da covid-19 nos serviços de saúde.

“As pessoas devem respeitar o isolamento social recomendado pelo Governo do Estado, mas em casos de sintomas graves e sinais de alarme, como dor abdominal intensa, contínua e vômitos persistentes, por exemplo, devem procurar os serviços de saúde”, explica a coordenadora do programa Estadual das Arboviroses Urbanas da Sesap, Flávia Emanuelle.

No cenário atual de pandemia da covid-19, a Sesap continua o trabalho de orientação e apoio aos municípios e orienta que os gestores não suspendam as ações de prevenção às arboviroses. “As ações de combate ao Aedes aegypti não podem ser esquecidas”, reforça a coordenadora.

A Suvige está realizando operações de UBV pesado, conhecido como carro fumacê, em alguns municípios que estão confirmando co-transmissão de epidemias de dengue, Chikungunya e zika.

Dados epidemiológicos

O boletim epidemiológico com dados atualizados até 9 de junho de 2020 registra 6.597 notificações por dengue, número inferior ao registrado no mesmo período de 2019, quando foram notificados 18.324 casos.

Os casos confirmados também registraram diminuição. Em 2020, até o momento foram 1.345 pessoas com diagnóstico confirmado por dengue. No mesmo período de 2019 esse número foi de 4.505.

O mesmo ocorre com a chikungunya, que no boletim registrou a notificação de 2.398 casos suspeitos e 640 confirmados, e no mesmo período de 2019 havia registrado 4.316 notificações e 1.578 confirmações de diagnóstico.

Em relação às ocorrências de zika, foram notificados 317 casos no RN até 9 de junho de 2020, sendo 17 confirmados. No mesmo período do ano de 2019, foram notificados 531 casos de zika, com 37 confirmações.

*BG

Postado em 17 de junho de 2020 - 16:16h

0 comentário

Com presença de autoridades, Bolsonaro dá posse a Fábio Faria como ministro das Comunicações

Fotos: Reprodução/TV Brasil

Em seu primeiro discurso, Faria reforça tom pacificador e revela prioridade de ampliar a inclusão digital dos brasileiros

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deu posse nesta quarta-feira (17) a Fábio Faria no Ministério das Comunicações. Em cerimônia no Palácio do Planalto, o novo ministro revelou algumas das prioridades que deverão nortear sua atuação: a pacificação e a inclusão digital dos brasileiros.

Faria destacou em seu primeiro discurso a transformação e o impacto da pandemia do coronavírus na vida das pessoas e de que forma essas mudanças vão impulsionar novas ações do Governo. Com demandas urgentes como comunicação interpessoal virtual, reuniões por videoconferência, aulas online, home office, telemedicina e tramitação digital de processos, o ministro das comunicações pontuou o que considera prioridade para que a sociedade se adapte à nova realidade.

“Fazer o processo de inclusão digital andar a passos largos, porque ainda há uma grande parcela da população sem acesso à internet, milhões de crianças que não conseguem assistir às aulas online e adultos que não têm como trabalhar remotamente”, frisou o ministro, acrescentando que um dos desafios da sua pasta é democratizar o acesso às tecnologias de vanguarda da comunicação, para conectar todos os cidadãos na chamada sociedade da informação.

Fábio Faria revelou a orientação do Presidente Bolsonaro de que a internet em banda larga chegue a cada cidadão desse país. E sinalizou que o “passo fundamental para esse objetivo é a implementação da infraestrutura para o 5G, que permitirá altíssima potência e qualidade com impacto significativo na economia, além de proporcionar aos brasileiros grande acesso ao conhecimento”.

Perfil pacificador

O novo ministro é conhecido pelo bom trânsito entre os Poderes, característica que mais uma vez ficou clara em seu discurso. “O grave momento exige de nós uma postura de compreensão, de abertura ao diálogo. É preciso, sobretudo, respeito, e que deixemos as nossas diferenças político-ideológicas de lado, para enfrentarmos esse inimigo invisível comum, que, lamentavelmente, tem tirado a vida de milhares de pessoas e gerado danos incalculáveis à economia. É hora de pacificar o país!”, ressaltou Faria.

O ministro ainda sinalizou para a imprensa. Destacou a força de abrangência da TV aberta, o poder e o alcance do rádio e (destacou algo em específico?) dos jornais, “que tanto ajudam a aprofundar as reflexões da sociedade”, somados à internet. Para o ministro, todos compõem o palco da liberdade de expressão, pilar de nossa democracia.

Finalizando o discurso de posse, Fábio elogiou a forma inovadora do presidente Bolsonaro na comunicação direta com a população, por meio das redes sociais, um movimento digital espontâneo, que ele considera com potencial para mudar o Brasil e o mundo.

Os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, compareceram à cerimônia mas não discursaram ao microfone. Segundo Fábio Faria, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) acabou se atrasando.

Fotos: Cedidas

*BG

Postado em 17 de junho de 2020 - 13:54h

0 comentário

Pedra de túmulo cai e mata homem em cemitério de Natal

Uma pedra de mármore de um túmulo caiu sobre um homem, na manhã desta quarta-feira (17), no cemitério do Alecrim, zona Leste de Natal. Apesar de nas redes sociais o caso circular como uma tentativa de roubo, a Polícia Civil ainda não confirma que este foi o motivo do acidente.

O homem foi atingido pela pedra e morreu no local. Um funcionário do cemitério encontrou o corpo após o barulho provocado pela queda do mármore.

Uma equipe da polícia ainda investiga como o acidente foi provocado e qual teria sido a motivação para o homem estar no local.

*Agora RN

Postado em 17 de junho de 2020 - 13:51h

0 comentário

Cerro Corá: Prefeitura realiza melhorias em estradas

A Prefeitura Municipal de Cerro Corá/RN, através da Secretaria de Agricultura, segue com as obras de melhorias nas estradas vicinais.
Nesta semana foi feito serviço na estrada que dá acesso ao Assentamento São Francisco.

Postado em 17 de junho de 2020 - 12:41h

0 comentário

TSE decide recalcular divisão do Fundo Eleitoral entre partidos; valor total de R$ 2,034 bilhões

Foto: © TSE

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de ontem (16) revisar o cálculo para a distribuição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, cujo valor total neste ano é de R$ 2,034 bilhões.

O tribunal já havia divulgado a divisão de recursos de acordo com o tamanho das bancadas de cada partido no Congresso na data de 1º de junho de 2020. Agora, os ministros do TSE decidiram que, pela legislação eleitoral, o correto é levar em consideração o tamanho de cada bancada conforme o resultado da eleição de 2018.

O TSE também decidiu mudar o cálculo relativo às bancadas no Senado. Nesse caso, é preciso considerar o partido no qual os senadores em quarto ano de mandato se encontrava no dia da eleição geral.

De acordo com legislação aprovada em 2019, os recursos do Fundo Eleitoral deve ser dividido da seguinte forma: 48% de forma proporcional ao tamanho da bancada dos partidos na Câmara dos Deputados; 35% de modo proporcional ao número de votos recebidos por cada legenda nas eleições de 2018 (para as agremiações com ao menos um deputado); 15% de acordo com as bancadas no Senado; 2% igualmente entre todos os partidos registrados no TSE.

Dois dos 33 partidos hoje existentes, o Novo e o PRTB, decidiram abrir mão dos recursos. A nova distribuição do fundo entre as demais 31 agremiações deve ser divulgada em breve pela Justiça Eleitoral.

*Agência Brasil

Postado em 17 de junho de 2020 - 12:38h

0 comentário

Paciente atendido na unidade de saúde de Lagoa Nova faleceu em decorrência do Coronavírus


O paciente que foi atendido pelo setor de saúde do município residia em Parnamirim. Segundo boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, Lagoa Nova já tem onze casos confirmados.

Nota oficial divulgada pela prefeitura de Lagoa Nova, publicada em sua página no Facebook no dia 16 de junho, relata que um paciente que foi atendido na unidade hospitalar na última quinta-feira, dia 11 de junho, que foi transferido para a cidade Caicó, não resistiu e faleceu. A vítima do sexo masculino tinha 72 anos de idade, era natural de Monte Alegre e residia em Parnamirim. Segundo a nota, foi colhido Swab no mesmo dia em que chegou ao hospital regional em Caico, cujo resultado comprovou o falecimento por Covid-19. Com isso foi feito a atualização do boletim com mais um paciente confirmado, mais sem óbito para o município.

Até o momento no município de Lagoa Nova, foram casos notificados 29 , dos quais 17 foram descartados, um caso suspeito, 11 casos confirmados, dos quais cinco pacientes recuperados e cinco pacientes em tratamento.

*Lagoanovadestaque

Postado em 17 de junho de 2020 - 11:51h

0 comentário