O Comunicador

Polícia prende professor suspeito de abusar de alunas com idades entre 8 e 9 anos; pelo menos 13 vítimas

A Polícia Civil de Sapiranga, na região do Vale dos Sinos, investiga um professor do Ensino Fundamental, suspeito de ter abusado sexualmente de pelo menos 13 alunas, com idades entre oito e nove anos. Todas as alunas confirmaram o abuso em depoimento à polícia. 

O homem, de 43 anos, que ministrava aulas de Filosofia, trabalhava em uma escola da rede municipal em Sapiranga e é natural da cidade de Barcelos, no Estado do Amazonas. Ele vivia há cerca de um ano no Rio Grande do Sul e foi detido preventivamente na última sexta-feira, 20.

De acordo com o delegado Rogério Baggio, o professor pedia para as meninas sentarem em seu colo e partir de então ele iniciava as carícias. “O professor ia fazendo cócegas até tocar nas partes íntimas das meninas. Ele fez isso com diversas crianças, inclusive colocando a mão por dentro das calças das vítimas”, explicou o policial à reportagem do Estado. 


O Delegado Baggio ressaltou que qualquer toque com fim libidinoso é considerado crime de estupro de vulnerável quando o ato não envolver penetração.

O caso veio parar na Delegacia de Polícia de Sapiranga após a mãe de uma aluna realizar a denúncia ao Conselho Tutelar há cerca de duas semanas. Na terça-feira, 24, agentes da Polícia Civil cumpriram mandados de busca e apreensão na residência do suspeito e na escola onde ele trabalhava. Foram apreendidos, notebooks, tablet e celular. Os equipamentos serão periciados. 


As alunas receberão atendimento psicológico e passarão por exames de corpo de delito. A Polícia Civil não descarta a atuação do suspeito em cometer o mesmo crime em outras duas escolas da cidade.

A pena prevista para os atos praticados contra qualquer pessoa menor de 14 anos, ou contra pessoas que apresentem alguma enfermidade ou deficiência mental, é de oito a 15 anos de reclusão -, que pode chegar a 30 anos se a morte da vítima ocorrer em decorrência do ato.


*Estadão

Postado em 26 de outubro de 2017 - 21:35h

0 comentário

Mesmo preso, ex-ministro Henrique Alves comandava esquema de fraudes e ocultação de bens, diz PF

Mesmo preso desde o dia 6 de junho, o ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB), comandava um esquema de ocultação de bens e fraude de licitações, por meio de assessores e pessoas ligadas a ele, afirmou a Polícia Federal.
Mesmo preso desde o dia 6 de junho, o ex-ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (PMDB), comandava um esquema de ocultação de bens e fraude de licitações, por meio de assessores e pessoas ligadas a ele, afirmou a Polícia Federal.
“Depois da deflagração da operação Manus (em junho), nós percebemos que o ex-deputado federal passou a ter duas condutas. 

A primeira é que ele estava articulando com seus assessores diretos a ocultação de seus bens, ou seja, um crime de lavagem de dinheiro. Percebemos uma segunda conduta, com base também nesses assessores, que era articulação junto a prefeituras do Rio Grande do Norte, no direcionamento de licitações”, afirmou o delegado da PF, Oswaldo Scalezi Júnior, durante coletiva sobre a operação Lavat, deflagrada na manhã desta quinta-feira (26) no RN e em Brasília.
Na operação, foram presos um funcionário do Ministério do Turismo e dois assessores de Henrique Alves. Ao todo, foram cumpridos 27 mandados, sendo três de prisão, dois de condução coercitiva e o restante de busca e apreensão.
Mais cedo, ao saber da operação, a defesa do ex-ministro afirmou que não iria se pronunciar antes de conhecer o caso. 

O G1 ainda aguarda um posicionamento do advogado de Alves.
Em entrevista coletiva ainda durante a manhã, os investigadores afirmaram que um grupo de pessoas ligadas ao ex-ministro continuava realizando fraudes em licitações de prefeituras do interior do Rio Grande do Norte. Foram cumpridos mandados de busca em cinco municípios potiguares.
Os contratos envolviam recursos de convênios com o Governo Federal. Somadas, as obras custariam cerca de R$ 5,5 milhões, porém os investigadores ainda não identificaram qual seria o percentual da propina dividida entre os beneficiários e o próprio ministro. 

Em outra frente, as investigações apontam que Henrique Alves estaria ocultado seus bens, por meio da transferência deles para pessoas próximas, ou mesmo em simulações de venda e compra. Para os investigadores, o ex-ministro queria esconder o patrimônio da Justiça.
A prisão do último dia 6 de junho, porém, teria conseguido reduzir a influência de Alves sobre ministérios, em Brasília. Esse era um dos motivos da prisão, segundo a PF.
*G1 RN
Postado em 26 de outubro de 2017 - 21:29h

0 comentário

Operação Lavat: PF prende 3 em operação contra a lavagem de dinheiro no RN

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (26) a Operação Lavat, destinada a desarticular uma organização criminosa investigada na Operação Manus – que prendeu em junho deste ano o ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB). Ele está preso em Natal desde então. Na ocasião, o ex-deputado Eduardo Cunha também foi alvo de mandado de prisão preventiva. 

 Cerca de 110 policiais federais cumpriram 27 mandados judiciais, sendo 22 mandados de busca e apreensão, 3 de prisão temporária e 2 de condução coercitiva em Natal, Parnamirim, Nísia Floresta, São José de Mipibu e Angicos, todas cidades potiguares. Em Brasília/DF, foram feitas buscas e um funcionário do Ministério do Turismo foi preso.

Foram presos Aluísio Henrique Dutra de Almeida, José Geraldo Moura Conseca Júnior e Norton Domingues Masera. Foram alvos de condução coercitiva (quando o investigado é levado até a delegacia para prestar depoimento) Domiciniano Fernandes da Silva e Fernando Leitão de Moraes Júnior. 


O G1 tentou falar com a defesa dos citados, mas não conseguiu contato.

Um dos mandados de busca e apreensão foi cumprido na sede da Inter TV Cabugi, em Natal, mas a emissora não é alvo da operação. As buscas foram feitas na sala de Herman Ledebour, assessor de Henrique Alves. 


Em nota, a direção da TV informou que Herman é procurador e representante de Henrique, que é sócio minoritário da emissora. “A direção reforça que a empresa sempre atuou de forma isenta em relação às investigações, noticiando o passo a passo dos processos contra Henrique e outros investigados pela Polícia Federal e Ministério Público. 

E embora não seja alvo do processo está à disposição pra qualquer esclarecimento”. 

 Leia a íntegra da nota: 
 “A direção da Inter TV Cabugi informou que Herman Ledebour é procurador e representante de Henrique Alves, sócio minoritário. A direção reforça que a empresa sempre atuou de forma isenta em relação às investigações, noticiando o passo a passo dos processos contra Henrique e outros investigados pela Polícia Federal e Ministério Público. E embora não seja alvo do processo está à disposição para qualquer esclarecimento”.

Leia Mais…
Postado em 26 de outubro de 2017 - 11:20h

0 comentário

Tiririca diz não!

Totalmente” decepcionado com a política, um dos deputados mais presentes em plenário, Tiririca (PR-SP) disse nesta quarta-feira (25) que não vai disputar a reeleição em 2018, depois de dois mandatos na Câmara. “Não volto”, disse à reportagem o deputado, ator e palhaço.
“Precisava do segundo mandato para mostrar que não foi só voto de protesto”, afirmou Tiririca, que irá se dedicar integralmente à vida de ator. 

“Esperava chegar aqui e aprovar projetos, mas a mecânica daqui é complicada”, disse ele, que nega pretensão de escrever livro para contar o que viu nos bastidores do Congresso. Ele, que nunca fez um discurso no plenário, disse que, até o final do mandato, falará se “despedindo da galera”. “Isso aqui é coisa séria, apesar de ter uns que fazem palhaçada.
” Na eleição de 2018, afirmou que apoiará o ex-presidente Lula “se não aparecer nada” contra ele. “Pro povo ele foi fera e eu sou povo”, justificou o deputado. 

TEMER Assim como na primeira denúncia, disse, antes da sessão, que votaria contra o presidente Michel Temer nesta segunda.
“Tão fodidos. É doido? Isso é problema deles”, disse Tiririca, quando questionado como agiria se o governo dependesse do voto dele para livrar Temer. Ele disse não ter nem mesmo sido procurado para mudar de voto. “Devem ter alergia”, afirmou.
Postado em 26 de outubro de 2017 - 11:12h

0 comentário

Temer mostra força, mas classe política sai enfraquecida, diz sociólogo

O sociólogo Wagner Tadeu Iglecias, professor de políticas públicas da USP (Universidade de São Paulo) Leste, afirma que a rejeição da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) dá força ao governo, mas enfraquece a classe política em geral, podendo abrir caminho para uma figura fora da política nas eleições de 2018. 

Para Iglecias, Temer “sai fortalecido do jogo institucional”, em sua relação com o Judiciário, na figura da Procuradoria-Geral da República, após a saída de Rodrigo Janot do cargo e a posse de Raquel Dodge. Também ganhou na relação com o Legislativo.
Postado em 26 de outubro de 2017 - 11:07h

0 comentário

Câmara rejeita denúncia contra Temer

Com o voto do deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), líder da da maioria, o plenário da Câmara rejeitou há pouco o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral). Isso porque, de acordo com a Constituição, era necessário que ao menos dois terços dos deputados votassem a favor da continuidade da investigação. 

Com o voto número 172 atinge-se um terço da Casa e fica impedido o prosseguimento da denúncia.

No momento em que foi dado o voto decisivo favorável ao parecer do relator, deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomendava a inadmissibilidade da autorização para investigar a denúncia, já tinhamvotado pelo prosseguimento da denúncia 156 deputados e por abstenção 15.

No dia 14 de setembro, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot apresentou ao STF a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. 


Em junho, Janot havia denunciado o presidente pelo crime de corrupção passiva. Desta vez, Temer é acusado de liderar uma organização criminosa desde maio de 2016 até 2017. De acordo com a denúncia, o presidente e outros membros do PMDB teriam praticado ações ilícitas em troca de propina, por meio da utilização de diversos órgãos públicos.

Além de Temer, são acusados de participar da organização criminosa os integrantes do chamado “PMDB da Câmara”: Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Rocha Loures, Eliseu Padilha e Moreira Franco. Todos os denunciados negam as acusações.

A sessão teve destinada à apreciação da denúncia teve início às 9h desta quarta-feira e deverá terminar por volta das 22h.

Postado em 26 de outubro de 2017 - 0:43h

0 comentário

Adolescente mata a mãe enforcada e lamenta morte nas redes sociais

Um crime bárbaro chocou a cidade de Orobó (PE). Um menor de 16 anos é o principal suspeito de ter enforcado a mãe, Luzinete Severina da Silva, 37 anos, com a alça da bolsa, pois queria dinheiro para comprar drogas. 

O homicídio ocorreu na terça-feira (24/10) por volta de 15h.Segundo a polícia, antes de enforcar a mãe, o adolescente teria golpeado a mulher, que caiu no chão inconsciente. Segundo a Rádio Jornal Pernambuco, o jovem era conhecido pelo envolvimento com o tráfico na cidade.
O filho suspeito do crime teria postado essa mensagem no Facebook após matar a mãe
Logo depois do crime, o menino postou uma texto no Facebook lamentando a morte da mãe. Na publicação, ele escreveu: “Mãe, vá com Deus”. Nos comentários, a população da cidade está revoltada com a atitude do rapaz. 

Já são mais de 2,5 mil interações no Facebook. O adolescente foi apreendido.

*Via http://oumarizalense.com
Postado em 25 de outubro de 2017 - 21:42h

0 comentário

Estado Islâmico ameaça Copa do Mundo na Rússia e usa imagem de Lionel Messi em cartaz chocante

A Copa do Mundo da Rússia, mais uma vez, está sendo alvo de ameças. Um pôster com a imagem de Lionel Messi está sendo usado em uma campanha de terror por apoiadores extremistas do Estado Islâmico. Na imagem, o craque do Barcelona aparece atrás de grades, com o olho sangrando e com a seguinte frase: “você está lutando contra um Estado que não tem a palavra falha em seu dicionário”. 

A imagem foi lançada pelo Wafa Media Foundantion, uma espécie de porta-voz do Estado Islâmico. Esta não foi a primeira vez que o grupo terroris realizou este tipo de ação contra a Rússia e a Copa. Em outras duas oportunidades, foram divulgadas mensagens de terror.
Na semana passada, um cartaz mostrava o símbolo da Copa do Mundo ao lado de um homem com uma máscara e os seguintes dizeres: “Espere por nós”. Antes disso, a Wafa já havia divulgado um pôster que mostrava um jihadista observando o estádio Luzhniki, em Moscou, que receberá algumas partidas do Mundial, com o texto: “Inimigos de Alá na Rússia, juro que o fogo dos mujahedins queimará vocês. 

Aguardem”.

Esse tipo de iniciativa é preocupante e requer atenção redobrada por parte dos russos e da FIFA. Por enquanto, a competição não corre riscos, entretanto, dependendo dos próximos capítulos, o cenário pode mudar.

O Estado Islâmico, provavelmente, está agindo em retaliação aos conflitos que vem travando com a coalizão internacional liderada pelos EUA e com o governo da Síria, que é apoiado pelos Russos. O EI já teve mais de 900 campos destruídos por bombardeios russos e vem perdendo território na Síria e no Iraque.

*Esporte Interativo

Postado em 25 de outubro de 2017 - 19:15h

0 comentário

Policial civil mata esposa e tira própria vida

Uma tragédia familiar abalou a cidade de Patos na noite desta terça-feira, dia 24, por volta das 22h30, quando o policial civil Luciano Bonaparte, que prestava serviço em Água Branca e residia em Patos, tirou a vida de sua ex-esposa, Cleanny Santos, e depois cometeu suicídio usando uma arma de fogo. 

O fato aconteceu na Rua Atilano Moura, Jardim Redenção, próximo da Escola Rosa Mística. Luciano Bonaparte atirou na ex-esposa que ficou caída sem vida próximo ao veículo na rua em frente de casa. Ele cometeu suicídio em seguida, ficando caído sobre a calçada também próximo ao corpo da ex-esposa.Luciano e Cleanny tinham um filho ainda pequeno. 

Eles estavam separados há 4 meses. Informações repassadas à redação dão conta que existia discussões recentes entre o casal devido aos cuidados com o filho. Na noite desta terça, Luciano havia consumido bebidas alcoólicas e dito a amigos que estava para matar a ex-esposa devido questões envolvendo o filho. Luciano era bastante conhecido na cidade de Patos, pois, além de policial civil, ele foi jogador dos times Nacional e do Esporte. 

Ele também foi funcionário da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (CAGEPA). Guarnições do 3º Batalhão de Polícia Militar fizeram o isolamento da cena do crime. Vários grupos de redes sociais estão lamentando a tragédia que abalou Patos no dia do seu aniversário de 114 anos de emancipação política. 
Fonte: Patosonline
Postado em 25 de outubro de 2017 - 17:15h

0 comentário

Escola Agrícola de Jundiaí oferta cursos para jovens e adultos no RN; 1650 vagas

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) através da Escola Agrícola de Jundiaí(EAJ) está com inscrições abertas em cursos de formação inicial e continuada (FIC) Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), modalidade Educação de Jovens e Adultos(EJA) nos municípios de Canguaretama, Luís Gomes, Major Sales, Natal, Parelhas, Pau dos Ferros, Rafael Fernandes, Riacho de Santana, Santana do Seridó, Serra de São Bento, Serra Negra do Norte, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Umarizal e Vera Cruz. 

São ofertadas 1650 vagas.

De acordo com o Coordenador Geral do Pronatec- Escola Agrícola de Jundiaí, Prof. João Inácio da Silva Filho, a oferta de cursos para jovens e adultos ajudará a promover a cidadania e a inserção socioprofissional para o público atendido. “Com Pronatec EJA, novos cursos serão ofertados e mais norteriograndenses vão ter a oportunidade de retomar os estudos e receber formação profissional voltada para atender as demandas do mercado de trabalho e alavancar o desenvolvimento econômico, cultural, social e educacional dos municípios localizados áreas mais remotas do nosso estado”. 


Nos municípios atendidos são ofertados cursos como: Assistente de Produção Cultural, Agente Comunitário de Saúde, Agente Cultural, Apicultor, Artesão de Artigos Indígenas, Artesão de Biojoias. Artesão de Cerâmica, Artesão De Pintura Em Tecido, Assistente De Planejamento, Programação e Controle De Produção, Assistente de Produção Cultural, Assistente Financeiro, Comprador De Moda, Condutor de Turismo em Espaços Culturais Locais, Condutor de Turismo em Unidades de Conservação Ambiental Local, Confeccionador de Bijuterias, Confeccionador de Lingerie e Moda Praia, Cortador De Confecção Industrial, Costureiro De Máquina Reta e Overloque, Costureiro Industrial do Vestuário, Cuidador de Idoso, Desenhista de Joias e Bijuterias, Desenhista de Moda, Eletricista Instalador Predial De Baixa Tensão, Microempreendedor Individual (Mei), Pedreiro de Alvenaria, Piscicultor, Recreador Cultural, Revitalizador de Alvenarias, Revitalizador de Coberturas de Madeira e Viveiricultor. . Os interessados em se inscrever podem procurar as Secretarias de Assistência Social ou de Educação dos municípios contemplados pela oferta. 
*BG
Postado em 25 de outubro de 2017 - 12:06h

0 comentário

Homem foi assassinado a tiros em Tangará

A Polícia Militar de Tangará registrou um homicídio na noite deste domingo (22), no Bairro Nossa Senhora de Fátima (BUBU), em Tangará região agreste do Rio Grande do Norte.
Segundo informações colhidas até o momento, a vítima identificada por “Tonho Bruce” natural de São José do Campestre estava com a atual esposa na casa de sua sogra quando por volta das 19:50 horas. 

Dois homens encapuzados entraram na residência e efetuaram vários disparos de arma de fogo contra a vítima que não esboçou nenhuma reação e veio a óbito no local.
De acordo com informação da atual família, a vítima que atualmente morava em Natal e estava em Tangará procurando um terreno para construir uma residência e um imóvel para montar um comércio. 

A Polícia Militar esta no local a espera do ITEP para os procedimentos de praxe.
Não se sabe, porém o que realmente motivou esse homicídio com característica de execução, a Polícia Civil investigará esse homicídio.

*Fonte:  O paralelo
Postado em 25 de outubro de 2017 - 0:44h

0 comentário

Ônibus pega fogo próximo a cidade de Nísia Floresta na Grande Natal

Pane elétrica pode ter sido a causa do incêndio
Um ônibus da empresa Campos que faz a linha Lago Azul, pegou fogo na manhã desta terça-feira(24) próximo ao Forró do Pote, município de Nísia Floresta na região da Grande Natal. Segundo informações, o incêndio teria começado na parte do meio do veículo e se espalhado rapidamente. 

Felizmente ninguém ficou ferido.

O ônibus foi totalmente consumido pelas chamas do fogo que se propagou rapidamente. A suspeita é de pane elétrica.

*Via Eduardo Dantas
Postado em 25 de outubro de 2017 - 0:38h

0 comentário

Acidente deixa cinco pessoas de mesma família feridas entre Santo Antônio e Várzea, RN

Um acidente registrado no início da noite deste domingo (22) vitimou cinco pessoas de uma mesma família, próximo a um motel em um trecho da rodovia entre os municípios de Santo Antônio e Várzea, na região Agreste do Rio Grande do Norte.

De acordo com informações chegadas ao Blog Os Amigos da Onça, o motorista de um carro de modelo Gol identificado como João Batista, que reside nas Projetadas, em Santo Antônio, vinha sentido Santo Antônio quando perdeu o controle da direção na rodovia. 


A polícia de trânsito esteve no local e vai apurar a causa do acidente.

O condutor e outros quatro parentes, entre eles dois idosos e um menor de idade, ocupavam o veículo e todos ficaram feridos. As vítimas receberam os primeiros socorros por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foram encaminhadas para o hospital Walfredo Gurgel, em Natal. 

 *Blog Os amigos da onça
Postado em 25 de outubro de 2017 - 0:33h

0 comentário

Zeca Araújo recebe na ZAJA o ex-prefeito de Parelhas Francisco Medeiros

O Ex-chefe do Executivo Parelhense é vice-presidente estadual do PT, partido ao qual Zeca Araújo era filiado até abril de 2016 e pelo qual foi eleito em 2012 para seu único mandato, até então, na Câmara Municipal de Vereadores.

Atualmente, Zeca é filiado ao PSB, sigla que o elegeu vice-prefeito de Cerro Corá e Graça Santos para vereadora através de um projeto de sucessão idealizado pelo próprio Zeca. 

Já Francisco Medeiros pleiteia agora uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado e deverá lançar sua candidatura ao cargo de Deputado Estadual já nas próximas eleições. As conversas com as lideranças políticas municipais na busca por apoio é um grande e importante passo para fortalecer e tornar viável essa intenção. 

O seridoense, que estava acompanhado do Sr. José Eduardo, um dos assessores da Senadora Fátima Bezerra (PT), foi recebido por Zeca e pela vereadora Graça Santos na sede da ZAJA Confecções.
Postado em 24 de outubro de 2017 - 18:43h

0 comentário

Andarilho morre atropelado no Km 24 da BR 405

No final da tarde de segunda feira, 23 de outubro de 2017, a Policia Rodoviária Federal registrou um atropelamento no KM 24 da BR 405 sentido Mossoró/Apodi, onde um andarilho foi colhido por um veículo, ainda não identificado, tendo morte instantânea. 

 Uma viatura da PRF isolou o local e controlou o fluxo de veículo na referida BR, enquanto a equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Perícia, “ITEP/Mossoró, coordenado pelo perito criminal Eduardo Alexandre, que realizaram os procedimentos no local e removeram o cadáver sem identificação para regional em Mossoró para ser necropsiado. 

*Fotos: Jr Dantas – 4dzpatrulha
Postado em 24 de outubro de 2017 - 17:15h

0 comentário

Novo piso salarial para Professores em 2018

O MEC anunciou o novo piso nacional do magistério para 2018, no valor de R$ 2.412,00. O reajuste foi de 4,69% em relação ao atual que tem o valor de R$ 2.298,00 em 2017. Fonte: CNTE. 

O piso do magistério é o menor valor que um profissional do Magistério pode receber, correspondente a 200 horas aula e impactam diretamente na folha de pagamento principalmente das prefeituras municipais e seus regimes próprios de previdência. 

Trata-se de uma tentativa de estimular e valorizar os professores, no entanto o governo federal não tem repassado recursos suficientes aos municípios que acabam arcando com o incentivo e seus desdobramentos, a exemplo do impacto deste valor na previdência própria municipal.
O percentual de reajuste e o valor nominal poderão ser alterados caso o MEC mude o valor estimado do Custo Aluno para 2017. O governo tem até o mês de dezembro para fazer isso. A tendência, no entanto, é que não ocorram mudanças e o percentual de reajuste fique mesmo na casa dos 4,69%.
Postado em 24 de outubro de 2017 - 11:54h

0 comentário

Policia Militar de Currais Novos evita suicídio

Uma pessoa ligou para a PM por volta de 01h07 desta segunda (23) e informou que seu marido estava tentando tirar a própria vida, na Rua Tetê Salustino. Diante da denúncia, rapidamente um guarnição da policia Militar foi ao local e conseguiu evita pior, onde a vítima já havia colocado uma corda no telhado.

*Via O quente
Postado em 24 de outubro de 2017 - 11:41h

0 comentário

Jovem mata a namorada ao descobrir traição dela com o primo, vídeo

Jean e Adrielle estavam juntos há quatro anos. Uma noite, porém, Jean descobriu que era traído pela namorada e pelo primo, Cláudio. 

Muito irritado, Jean mata Cláudio e logo após uma discussão, também mata Adrielle. Ele foi preso em flagrante e confessou.
Postado em 24 de outubro de 2017 - 1:00h

0 comentário

Após reunião da FEMURN, deputados e senadores do RN se comprometem a solicitar ajuda financeira para os municípios

Os onze parlamentares federais do Rio Grande do Norte compareceram ao encontro com prefeitos promovido na manhã desta segunda-feira (23) pela Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN. Os deputados e senadores do RN se comprometem a solicitar ajuda financeira para os municípios ao Presidente da República, Michel Temer, durante o encontro ocorrido na sede da Fiern, em Natal. 135 prefeitos participaram do encontro. 

Na reunião, a FEMURN solicitou apoio dos parlamentares para a liberação do novo Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), através de Medida Provisória (MP) editada pelo Governo Federal, que deverá ajudar as prefeituras a fechar as contas em 2017. Federações de todos os estados brasileiros têm mobilizado suas bancadas desde a semana passada com o intuito de que a solicitação chegue ao Presidente Temer e as verbas sejam liberadas. 

A importância do novo pacto federativo e da reforma tributária, garantindo direitos e responsabilidades dos entes federados e fortalecendo as finanças dos municípios, também foi debatida no encontro.

O Presidente da Federação, Benes Leocádio, comemorou a presença dos prefeitos e dos parlamentares: “Ficamos muito felizes com a presença marcante de 135 prefeitos do RN, além da unanimidade da bancada. 


A partir daqui, entregaremos um documento que será levado pela bancada para o Presidente da República, solicitando o AFM, que é importante se dizer: não vai resolver de uma vez por todas a situação dos municípios, mas, pelo menos, diminui essa distância que a gente tá vivendo das receitas de 2016”, afirmou.

Ainda de acordo com o Presidente da FEMURN, o AFM solicitado pelo movimento municipalista brasileiro na ordem de R$ 4 bilhões irá contribuir para que as prefeituras cumpram suas obrigações neste final de ano: “Este apoio já ocorreu em três outras vezes, nos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma, e fará com que uma boa parcela dos municípios cumpra, pelo menos, com o salário dos seus servidores, já que boa parcela das gestões não estão conseguindo. Além do mais, dezembro é mês de obrigação dobrada, pois temos o pagamento do 13º salário”, lembrou Benes. 


LUTA PALIATIVA 

Para a FEMURN, o AFM solicitado a Presidência da República é uma luta paliativa. De acordo com o Presidente da Federação, as obrigações dos entes federados precisam ser redefinidas através de um novo pacto federativo: “É necessária a discussão do novo Pacto Federativo, discutindo obrigações, responsabilidade e competências de cada ente da federação, bem como as ações que são desenvolvidas hoje nos municípios, já que a grande carga recai sobre os prefeitos, como os programas federais, ajuda para segurança pública, alimentação, combustível para policiais, servidores cedidos para outros órgãos, etc… Isso onera as contas das prefeituras que já têm pouco dinheiro, e precisa ser revisto”, afirmou Benes. 

O Presidente da Associação dos Municípios do Oeste do Rio Grande do Norte – Amorn, e prefeito de Patu, Rivelino Câmara, representante das associações de municípios do Estado, também falou sobre a importância do apoio dos deputados para a AFM e para o Pacto Federativo: “Nós precisamos dessa ajuda para a liberação do novo Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), para que as prefeituras fechem as contas em novembro e dezembro. 

Mas também precisamos que a bancada federal pressione o congresso para que esse pacto federativo saia do papel e se torne realidade”, afirmou Rivelino.

Aos parlamentares, o prefeito Rivelino falou das dificuldades enfrentadas pelos municípios: “Todos nós, prefeitos, temos amizades com os deputados, mas tenho que dizer que nós não teremos condições de ir para rua próximo ano pedir voto, não teremos condições de sair de casa, porque não estamos conseguindo pagar nossa folha, nossos fornecedores, nosso povo”, disse. 


Ainda segundo o prefeito, a crise se torna mais evidente nas cidades, que são onde os cidadãos utilizam os sérvios básicos: “As pessoas não moram no Rio Grande do Norte ou no Brasil, moram em Patu, em Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Lucrécia… Ou seja, se mora no município, onde o povo encontra o prefeito. É essa a realidade”, declarou Rivelino.

A Prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, também pediu o apoio da bancada federal no RN na liberação de recursos e avanços no novo pacto federativo: “Eu faço um apelo aos deputados e senadores. A situação é muito difícil. Tem se tornado inviável administrarmos as cidades”, disse a Prefeita. 

 *Blog do BG
Postado em 24 de outubro de 2017 - 0:50h

0 comentário

Senado debate redução da maioridade penal

A redução da maioridade penal voltará a ser discutida no Senado. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) marcou para esta terça-feira (24) audiência pública para debater o tema, com a presença de especialistas representantes da magistratura, do Ministério Público, da Defensoria Pública e de outras organizações. 

A audiência está marcada para as 10h.

O debate foi motivado por requerimento dos senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Lindbergh Farias (PT-RJ). No texto, eles pediram que a audiência fosse marcada para antes de 1° de novembro, data para quando está prevista a votação de propostas que tratam do tema.

Uma delas é a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 33/2012, que tramita em conjunto com outras três propostas (74/2011, 21/2013 e 115/2015). Pelo texto proposto, jovens menores de 18 anos, mas maiores de 16 anos, poderão ser condenados pela prática de crimes graves. Hoje, a Constituição diz que só os maiores de 18 podem ser presos. 


A PEC cria o “incidente de desconsideração da inimputabilidade penal” para flexibilizar a maioridade penal nos casos em que menores infratores cometem os crimes hediondos listados na Lei 8.072/1990, como latrocínio, extorsão, estupro, favorecimento à prostituição e exploração sexual de crianças, adolescentes e vulneráveis e ainda homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte e reincidência em roubo qualificado. 

Já houve várias tentativas de votar o texto desde 2014. A última delas foi em setembro deste ano, mas os senadores conseguiram adiar a votação para o dia 1° de novembro. Além da audiência na CCJ, outro debate foi marcado na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), também na terça-feira. 

*Agência Senado
Postado em 24 de outubro de 2017 - 0:45h

0 comentário

Revisão elétrica nas residências: saiba como garantir mais segurança na sua casa e economizar na conta de energia

A aproximação do final do ano sempre resgata uma tradição muito forte entre os potiguares: pintar, revitalizar ou reformar a casa. 

Todos, afinal, querem comemorar esse momento importante do calendário com a família e os amigos num espaço cheio de boas energias. Mas para isso, é necessário um bom planejamento, com pelo menos dois meses de antecedência. 

Além da reforma e da pintura dos imóveis, a Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, lembra que uma boa revisão das instalações elétricas das residências, feita por um profissional capacitado, também deve fazer parte do check-list de todo consumidor consciente. 

Afinal, além de garantir a segurança da família, esse gesto pode representar uma economia média final de até 10% na conta de energia.

De acordo com José Júlio Machado, gestor da Unidade de Administração da Cosern, à medida que a tecnologia evolui e novos equipamentos são adquiridos e instalados nas nossas residências, muda também a forma de consumirmos energia elétrica. “As instalações elétricas de uma casa projetada há vinte anos não levavam em consideração o uso de tantos aparelhos eletrônicos simultaneamente”, alerta Júlio.

Postado em 23 de outubro de 2017 - 23:01h

0 comentário

Relatório final da CPI da previdência diz que não existe déficit

A CPI da Previdência apresenta, nesta segunda-feira (23), seu relatório final após seis meses de trabalho. Segundo o texto do senador Hélio José (PROS-DF), não há déficit na Previdência Social, pelo menos não o que é propagado pelo governo. 

 O senador sustenta que há manipulação de dados para forçar o déficit. O relatório ainda precisa ser aprovado pela maioria da comissão.

Controlada por opositores, a CPI foi criada para analisar as receitas e os gastos da Previdência. O objetivo seria subsidiar os debates sobre a reforma do sistema. Para o senador Hélio José, o problema da Previdência seria a má gestão. 


 E, antes de se falar em déficit, seria preciso corrigir distorções como dívidas previdenciárias não cobradas e o aumento da fiscalização da sonegação. Já o governo defende que se a reforma não for aprovada, a Previdência terá um rombo de mais de R$ 200 milhões no próximo ano.
Postado em 23 de outubro de 2017 - 22:51h

0 comentário

Aluno destrói escola em incêndio após professor chamar atenção por atraso no interior do Acre

Escola ficou totalmente destruída (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Prédio de escola antes de ser incendiada (Foto: Divulgação)
Um estudante de 14 anos incendiou a Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa, no município de Feijó, interior do Acre, após o professor ter chamado atenção do aluno por ele ter chegado atrasado em sala de aula. O prédio, que fica no Ramal Antônio Simplício, teve perda total e o caso ocorreu na madrugada do sábado (21). 

A polícia informou que o menor teve a ajuda de Carlos da Luz Ribeiro, de 19 anos. O incêndio deixou quase 100 alunos sem aula e as chamas destruíram todo o material didático, merenda, computadores e outros objetos. Ribeiro foi encaminhado ao presídio e o adolescente ao Conselho Tutelar do município.A coordenadora geral do Núcleo de Ensino da Secretaria de Educação do Acre (SEE-AC), Cardoci Paiva de Lima, disse que o órgão já está fazendo um projeto para a construção de uma nova escola no local. 

Além disso, está sendo conversado com a comunidade uma alternativa para que um espaço seja separado e os alunos não sejam prejudicados.

“Recebemos a informação de que foi um aluno nosso da rede estadual de ensino que estuda o 8º ano no Programa Ases da Florestania que tocou fogo na escola. Ficamos perplexos com a notícia, mas já estamos tomando todas as medidas necessárias para que os alunos não percam o ano letivo”, finalizou.

*Via Miquéas Capuxú
Postado em 23 de outubro de 2017 - 22:46h

0 comentário

Graça Oliveira participa de reunião com bancada federal na Fiern

Prefeitos de Bodó, Marcelo Porto; Cerro Corá, Graça Oliveira e Florânia, Márcia Nobre participam de reunião com a bancada federal do Río Grande do Norte, no auditório Albano Franco, na Fiern, em Natal, em que prefeitos pedem apoio pra pressionar o governo federal a dar ajuda financeira aos municípios.
*Via Cerrocoranews
Postado em 23 de outubro de 2017 - 22:33h

0 comentário

“É pra se torar”; Governo estuda mudar regra de bandeiras e conta de luz pode ficar mais cara

A permanência de um quadro de chuvas fracas e reservatórios baixos está preocupando o governo e já provoca reavaliação da metodologia de acionamento das bandeiras tarifárias, que aumenta o preço cobrado pela energia no momento em que as usinas termoelétricas são ativadas. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deve discutir o assunto em reunião marcada para esta terça-feira, 24. Uma das opções na mesa é a revisão no processo, acarretando em aumento no preço da conta para o consumidor final.

O diretor geral da Aneel, Romeu Rufino, admite que deve abrir uma audiência pública para reavaliar o instrumento da bandeira tarifária. 


Atualmente, a metodologia considera o valor do Custo Marginal de Operação (CMO) para o próximo mês, mas o executivo considera que esse valor é muito volátil e defende que também seja considerado o nível de armazenamento. “É o que mais importa, olhando para o futuro, qual é de fato a condição de atendimento da carga.”

Segundo Rufino, isso poderia evitar uma bandeira verde como a observada em meados do ano, quando já se esperava uma hidrologia desfavorável durante o período seco e um forte consumo dos reservatórios. A nova metodologia, disse ele, deve entrar em vigor no ano que vem. 


Abaixo
A Aneel afirma que a receita proveniente das cobranças adicionais de bandeiras tarifárias não serão suficientes para cobrir os custos extraordinários com o risco hidrológico e a geração termelétrica que se observa neste ano, o que tende a influenciar os reajustes tarifários do próximo ano. 

Somente entre janeiro e agosto de 2017, o risco hidrológico já custou R$ 7,6 bilhões, segundo levantamento feito pela TR Soluções, com base em números divulgados pela Aneel, e a tendência é de um crescimento expressivo nos meses sucessivos, tendo em vista a piora do cenário hídrico e a consequente elevação dos preços da energia no curto prazo.

Por outro lado, a arrecadação com as bandeiras tarifárias não deve alcançar, em todo ano de 2017, sequer o custo com esse risco hidrológico. Nos oito primeiros meses, segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), a arrecadação com as bandeiras somou R$ 1,78 bilhão.

“Nem mesmo o acionamento da bandeira vermelha patamar 2 até o fim do ano seria suficiente para cobrir todo o custo”, afirma o gerente Comercial e de Novos Negócios da TR, Helder Sousa. 


Pelos cálculos da TR Soluções, o montante obtido com as cobranças extras na tarifa somaria cerca de R$ 7,5 bilhões se fosse acionada a bandeira vermelha patamar 2 entre agosto e dezembro. Mas em agosto, a bandeira foi vermelha no patamar 1, e em setembro a bandeira foi amarela.

No segundo nível de acionamento da bandeira vermelha, os consumidores pagam R$ 3,50 a cada 100 quilowatt-hora (kWh) consumidos. No nível 1, a cobrança extra é de R$ 3,00 a cada 100 KWh e a bandeira amarela, que vigorou em setembro, por exemplo, adiciona R$ 2,00 a cada 100 KWh. 


Repasse 
Quando a receita com as bandeiras tarifárias não é suficiente para cobrir os custos, as distribuidoras arcam com compromisso e, no momento do reajuste, o saldo dessa conta entra no cálculo da tarifa, resultando em aumento de conta de luz para o usuário.

Para o ano que vem, a matemática aponta para um forte movimento de alta nos preços da tarifa. Somente a Light, distribuidora carioca, um exercício feito pela TR Soluções mostrou tem balanço desfavorável de R$ 455,9 milhões. Com isso, se ocorresse um reajuste tarifário em setembro, o passivo, descontados os valores já adiantados na tarifa (de R$ 389,59 milhões até agora), se refletiria em um impacto tarifário de 1,84%. 


 A consultoria fez o mesmo exercício para outras importantes distribuidoras do País e identificou um impacto tarifário hipotético de até 3,06%, no caso da Copel, ou de 2,75% para Eletropaulo e de 1,88% para a Cemig, considerando que as distribuidoras teriam reajuste em setembro. Vale salientar, no entanto, que como os aumentos nas tarifas são determinados em períodos distintos, esses números não servem de referência para um aumento futuro. 

Bandeira vermelha 
A permanência de um quadro de fracas chuvas até esta semana, como as observadas até agora em outubro, deve levar o País a enfrentar mais uma vez a bandeira vermelha patamar dois, que adiciona R$ 3,50 à conta de luz a cada 100 quilowatt-hora (KWh) consumidos. 

“A continuar com o mesmo desenho que temos até agora, aponta para a manutenção da bandeira vermelha patamar dois”, disse Romeu Rufino, na semana passada, para jornalistas.

Ele comentou que o cenário hidrológico do País permanece desfavorável e em outubro se observou o atraso do início do período úmido nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, com o registro de chuvas abaixo da média histórica, o que não permitiu qualquer melhora nas condições de armazenamento dos reservatórios. 


“A expectativa é que novembro possa finalmente o período úmido entrar na normalidade”, disse.

Ainda assim, ele salientou que como os preços que determinam o acionamento das bandeiras é volátil, se houver um volume de chuva importante nos próximos dias, o modelo considera essa precipitação e reproduz para frente, ainda que o cenário não seja verdadeiro, o que pode influenciar na definição da bandeira de novembro. 

*Estadão Conteúdo
Postado em 23 de outubro de 2017 - 22:28h

0 comentário

Amiga da jovem que cometeu suicídio em Campo Grande-RN tentou se matar ingerindo grande quantidade de comprimidos

Amigas lamentam o ocorrido nas redes sociais
Mais um caso triste aconteceu nesta manhã, 23/10 na cidade de Campo Grande, uma jovem por nome de Vitoria, filha de Neto de Iranir, tentou se matar ao ingerir uma grande quantidade de comprimidos. 

 As informações dão conta que ela é amiga da jovem Jéssica AQUI que cometeu suicídio na manhã de hoje na cidade, e com a situação a jovem Vitoria teria se desesperado.
A polícia informou que a jovem Vitoria foi socorrida para o hospital da cidade onde se encontra no procedimento de lavagem estomacal e seu estado de saúde é estável. 

SOBRE O SUICÍDIO 

Um dos dez mandamentos dados por Deus é “Não matarás”. Isso significa que não devemos pôr fim a nenhuma vida: seja dos outros ou a nossa própria.
Deus é o Autor da vida e por isso só Ele tem a autoridade para decidir quando uma vida de terminar. Quando alguém mata ou comete suicídio, a pessoa está querendo passar por cima da autoridade de Deus.

Devemos ser gratos pela vida que Deus nos dá e aproveitar cada segundo dado com o objetivo de viver para a Sua glória! 

*Focoelho

Postado em 23 de outubro de 2017 - 22:20h

0 comentário

Galeno solicita inclusão de Cerro-Corá no grupo de municípios atendidos pela Armando Ribeiro Gonçalves

A possibilidade de colapso no abastecimento de água no município de Cerro-Corá, na região Seridó, pautou requerimento do deputado Galeno Torquato (PSD) à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte. Com a iminente seca do Açude do Pinga, que abastece a cidade, o parlamentar pleiteia a elaboração de estudos de viabilidade de inclusão de Cerro-Corá no grupo de municípios abastecidos pela adutora Armando Ribeiro Gonçalves.

“O município enfrentará, num breve espaço de tempo, os severos efeitos da estiagem prolongada, sendo, portanto, de suma importância a celeridade desses estudos de viabilidade técnica para que a população local não seja prejudicada”, justifica Galeno. 


 Em outros pleitos encaminhados ao Executivo Estadual, o deputado solicita a promoção de edições do projeto Mini Vila Cidadã nos municípios de Antônio Martins e Encanto, no Alto Oeste potiguar. Segundo Galeno, as requisições buscam atender a população mais carente com os serviços essenciais do Governo do Estado, proporcionando também um dia de lazer para as crianças. 

 O projeto Mini Vila Cidadão é uma versão do Vila Cidadã, que oferece aos munícipes serviços como emissão de Carteira de Trabalho, CPF, cadastro em programas sociais e de emprego.
*Senadinho Macaíba
Postado em 23 de outubro de 2017 - 14:18h

0 comentário

Depoimento emocionante da noiva que ficou viúva minutos antes do casório

A fatalidade que tirou a vida de Carlos Adriel Mendes da Silva em Baraúna no último sábado, 21, interrompeu também os sonhos da jovem Paloma Ismaelly, sua noiva, que disse não está acreditando no que está acontecendo. 

Nas redes sociais, a jovem fez um relato super-emocionante.

“Acordar e perceber que não é só um pesadelo tá sendo uma das piores sensações que já senti. 


Eu sempre achei que essas coisas só pudessem acontecer em filmes daqueles que todos odeiam o final.

Deus sabe o quanto sonhamos com o nosso casamento, foram incontáveis dias de ansiedade, nervosismo e preparação pra esse dia que seria o mais feliz das nossas vidas, mas infelizmente o sonho foi interrompido, interrompido e não acabado porque eu sei que um dia eu te verei novamente, te abraçarei forte como fazíamos todos os dias e vou dar aquela brigadinha de leve por ter me deixado te esperando quando deveria ter sido o contrário, a noiva é a única que pode atrasar, lembra?!

Obrigada meu amor, obrigada por ter me permitido te conhecer, por ter feito da minha família a sua também, por fazer de mim a sua melhor amiga e por ter me mostrado que você me amou durante cada segundo da sua vida. 


 Eu não tive a oportunidade de ser conhecida como sua esposa diante dos homens, mais nós dois sabíamos que nossa relação ia bem além de qualquer status, nós já éramos casados pelo nosso amor, pela nossa cumplicidade que sempre foi imensa. 

 Eu me conformo em saber que nós vivemos intensamente cada momento, nosso amor foi vivido todos os dias por nós dois da forma mais linda possível e eu vou continuar sentindo ele aqui todos os dias !

Eu te amo meu primeiro amor, dono do meu primeiro beijo ,o protagonista da minha história de amor preferida! Estarei te esperando pra realizarmos nosso sonho, até breve meu noivo lindo. ❤ Te amo daqui até o céu“.

Postado em 23 de outubro de 2017 - 11:55h

0 comentário

Mãe e filho são mortos a tiros na Grande Natal

Mãe e filho foram assassinados na noite deste domingo (22) em Ceará-Mirim, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o marido da mulher também já havia sido morto por envolvimento com o tráfico de drogas. 

Ninguém foi preso.

De acordo com a PM, Givanildo Barbosa da Silva, de 38 anos, e Edilza Laurinda da Silva, de 55, estavam em frente a uma pastelaria na Rua Ionaldo Mussoline China, no conjunto Carrasco, quando homens encapuzados se aproximaram em um carro e atiraram contra as vítimas. 


Mãe e filho morreram no local.

A polícia fez buscas pela região, mas ninguém foi preso.

*Jair Sampaio
Postado em 23 de outubro de 2017 - 11:50h

0 comentário