O Comunicador

Governo pede à diretoria da Petrobras para adiar reajuste da gasolina e do diesel

Uma reunião entre emissários do alto escalão do governo e a diretoria da Petrobras foi realizada na noite de segunda-feira, 13, para tentar impedir o aumento de combustíveis que a estatal planeja para esta semana, de acordo com fontes ouvidas pelo Estadão/Broadcast.

A ideia é aumentar a gasolina em 9% e o diesel em 11%, para amenizar a defasagem de preços entre o mercado interno e o mercado internacional.

A reunião girou em torno do reajuste. O governo teme que o aumento anule os esforços para a aprovação do Projeto de Lei Complementar 18 (PLP 18), que limita o teto do ICMS em 17%, por isso prefere que a Petrobras aguarde mais tempo para elevar os preços para não atrapalhar a votação.

A diretoria da estatal teria recebido bem a proposta, sem no entanto dar certeza ao governo de que iria manter os preços congelados. O sentimento, porém, é de que os executivos consideraram a possibilidade, mas não chegaram a uma decisão final. É possível, inclusive, que o porcentual do aumento seja reduzido.

O barril do petróleo tipo Brent ultrapassou a marca de US$ 120 esta semana e analistas já preveem que atinja US$ 130 até o final do mês e US$ 150 até o final do ano.

Com isso, o preço dos derivados, como gasolina e diesel, acompanham o movimento de alta, se distanciando cada vez mais dos preços praticados nas refinarias da estatal.

Segundo dados da Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), a defasagem nesta terça-feira era de 16% para os dois combustíveis, mas a tendência é de que essa diferença seja ainda maior com o fortalecimento do dólar frente ao real.

A moeda norte americana ultrapassou os R$ 5 e fechou nesta terça-feira, 14, cotado a R$ 5,13, alta de 0,38% em relação ao fechamento de ontem.

Procurada, a Petrobras não confirma as informações. A empresa está em plena transição de comando, aguardando a documentação dos novos nomes indicados pelo governo para compor o novo conselho de administração, o qual, dizem as fontes, vai mudar parte da diretoria para tentar segurar os preços perto das eleições presidenciais.

O único nome até o momento que está sendo avaliado pelo Comitê de Pessoas (Cope) da empresa é do secretário de Desburocratização do Ministério da EconomiaCaio Paes de Andrade, cujo currículo não preenche os requisitos da Lei das Estatais e nem do Estatuto da Petrobras. Apesar disso, o nome pode ser aprovado, já que o Cope é apenas consultivo.

*Via msn

Postado em 14 de junho de 2022 - 19:33h

0 comentário

Suspeito de compartilhar imagens de abuso sexual infantil é preso no interior do RN

Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (14), em Mossoró, suspeito de armazenar e compartilhar imagens e vídeos com cenas de abuso e exploração sexual infantil. A Polícia Federal cumpriu o mandado de busca e apreensão, expedido pela 3ª Vara Criminal da cidade do Oeste potiguar.

Durante as buscas foram encontrados no celular do investigado inúmeros arquivos com cenas de violência sexual contra crianças, motivo pelo qual ele foi preso em flagrante. O crime está previsto no Art. 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente, e pode resultar em prisão de um a quatro anos, além de multa.
O homem foi conduzido para os procedimentos de autuação na sede da Delegacia da Polícia Federal no bairro de Nova Betânia e, após isso, seguiu para a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Sousa, em Mossoró. Lá ele aguardará o pronunciamento da Justiça.


O material apreendido agora passará por análise da perícia para saber se o envolvido além de armazenar, também compartilhava os arquivos através da internet. Também é investigado se ele teria sido o responsável pela produção das imagens e vídeos encontrados. Caso isso se confirme, ele também responderá pelos crimes previstos nos artigos 241-A do ECA e 217-A do Código Penal.


A pena do suspeito pode chegar a 12 anos de reclusão.

*Tribuna do Norte

Postado em 14 de junho de 2022 - 19:29h

0 comentário

Costa Rica marca no início, vence Nova Zelândia e fica com última vaga na Copa

A Costa Rica faturou nesta terça-feira (14) a última vaga na Copa do Mundo do Catar, que será disputada entre novembro e dezembro deste ano. Jogando no país-sede do Mundial, o time da América Central venceu a Nova Zelândia por 1 a 0, no estádio Ahmad Bin Ali, em Al Rayyan, na repescagem intercontinental das Eliminatórias.

Campbell marcou o único gol da partida aos dois minutos do primeiro tempo
O confronto, decidido em jogo único, foi definido com gol aos dois minutos do primeiro tempo. Foi o suficiente para levar a Costa Rica para a sua sexta Copa do Mundo, sendo a terceira consecutiva – esteve em 1990, 2002, 2006, 2014 e 2018. Já a seleção neozelandesa, que caiu novamente na repescagem das Eliminatórias, tentava a vaga no Mundial pela terceira vez.


No fim do ano, a seleção costa-riquenha vai estar no complicado Grupo E, considerado um dos mais difíceis da competição, ao lado de Alemanha, Espanha e Japão.
O primeiro duelo entre Costa Rica e Nova Zelândia em uma competição oficial começou movimentado. Logo aos dois minutos, Campbell marcou o único gol da partida. Após cruzamento rasteiro da esquerda, o craque do time surgiu entre dois marcadores na entrada da área e mandou para as redes.


Depois do gol, a seleção neozelandesa passou a controlar o jogo, impondo pressão diante da retranca da Costa Rica. O time da Nova Zelândia dominava o meio-campo, tinha maior posse de bola, mas pouco ameaçava o gol defendido por Keylor Navas. Antes do intervalo, a equipe neozelandesa chegou a balançar as redes, aos 38, mas o árbitro anulou o lance com ajuda do VAR por causa de falta no início da jogada.


No segundo tempo, a Costa Rica passou a atuar ainda mais recuada e a Nova Zelândia criou lances mais perigosos. O experiente goleiro Navas, então, começou a trabalhar. Fez duas belas defesas que evitaram o empate.
Para piorar a situação dos neozelandeses, Barbarouses acertou carrinho por trás no tornozelo de Francisco Calvo e foi expulso. O cartão vermelho veio após consulta do árbitro ao VAR. Com um a menos, a Nova Zelândia não teve forças e nem ataque para buscar o empate.


*Estadão Conteúdo

Postado em 14 de junho de 2022 - 19:13h

0 comentário

Styvenson responde a “ultimato” do Podemos sobre candidatura ao governo: “Nem de partido eu gosto” e disse “que não vai tomar decisão nenhuma”

Vídeo: Jovem Pan

“Pra começo de conversa nem de partido eu gosto”. A declaração é do senador Styvenson Valentim, do Podemos, ao comentar o “ultimato” da direção estadual do partido para que ele defina até o próximo dia 19 se vai ser candidato, ou não, a governador do estado.

Essa, dentre outros portados, foi dito pelo senador em entrevista ao programa Tribuna Livre, da rádio Jovem Pan News, de Natal. Styvenson criticou “a pressa” e “a agonia” da direção do partido em querer que ele tome uma decisão. E disparou: “Não vou tomar decisão nenhuma”.

Por mais de uma vez, o senador disse na entrevista que a pressão do partido por uma definição “é o poste mijando no cachorro”. Lembrou que é detentor de mandato e que, por ser senador, o partido deveria bajulá-lo e cuidar dele.

Valentim disse que não gosta de ouvir ordens e que fez isso durante 16 anos como policial militar. Afirmou ainda que o Podemos deveria pedir que ele tome uma decisão cautelosa e não de forma açodada. “O que está em jogo é o meu pescoço, a minha cabeça. Se eu não der resultado quem vai se fuder sou eu”, argumentou o senador, recorrendo à sua conhecida língua solta.

*Via BG

Postado em 14 de junho de 2022 - 18:57h

0 comentário

Reforma trabalhista: Presidente do PT diz que ‘revogar’ e ‘revisar’ são iguais e minimiza polêmica

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, minimizou a recomendação de aliados para abrandar o discurso em relação à reforma trabalhista e disse que “revogar”, termo usado pela legenda na prévia do programa de governo, é o mesmo que “revisar”, palavra considerada mais moderada. Segundo a dirigente, “o verbo usado é o que menos importa”.

Como mostrou o Estadão, partidos aliados e apoiadores da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva demonstraram descontentamento com uso do termo “revogação” para tratar da legislação. O termo causou divergências entre a base de apoio sindical. Enquanto as mais alinhadas com o petista não se manifestaram, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT); outras, como a Força Sindical, alegaram preferir evitar a palavra para não gerar atritos com o empresariado.

Integrantes do PSB e Solidariedade, por exemplo, também reclamaram que a proposta de revogação, nesses termos, foi apresentada sem consulta prévia à base de apoio da pré-candidatura.

No último domingo, 12, Gleisi foi às redes sociais minimizar o peso das palavras e criticar a “celeuma” que se instaurou sobre o assunto.

“Revogar ou revisar são verbos equivalentes. Para rever uma legislação ao final tem de revogar as disposições em contrário. Essa celeuma em relação à reforma trabalhista é fumaça. Não ajuda na solução do problema que temos hoje, desemprego e baixa renda”, disse, indicando que o partido não deve mudar o discurso.

Programa de governo

Nesta terça-feira, 14, representantes das siglas que compõe a coligação (PT, PCdoB, PV, PSB, PSOL, Rede e Solidariedade) anunciaram ter chegado a um acordo sobre as diretrizes de seu programa de governo. Foram analisadas 124 emendas apresentadas por todos os partidos ao texto-base original, que causou polêmica ao retomar a ideia de “revogação” da reforma trabalhista.

Segundo nota enviada à imprensa, o documento atualizado será submetido à análise dos presidentes das legendas, a Lula e a Alckmin, e a primeira versão consolidada do texto deve ser divulgada já na próxima semana.

*msn

Postado em 14 de junho de 2022 - 18:36h

0 comentário

Mercado projeta barril de petróleo a US$ 130; novo reajuste dos combustíveis pode sair esta semana

Enquanto o governo tenta encontrar saídas para a redução do preço dos combustíveis – como o projeto que limita a cobrança de ICMS em 17%, aprovado na segunda-feira, 13, no Senado -, o preço do petróleo segue em alta no mercado internacional, aumentando as pressões por um novo reajuste. Nesta terça-feira, 14, o preço do óleo tipo Brent sobe 1,07%, cotado a US$ 123,60 o barril, enquanto o petróleo WTI sobe 1,02%, cotado a US$ 122,20.

Bancos e corretoras acreditam que o preço do petróleo pode passar de US$ 130 o barril no médio prazo e chegar até o fim do ano em US$ 150, como previu o Morgan Stanley em relatório divulgado recentemente. O movimento leva em consideração a continuidade da guerra entre Rússia e Ucrânia, além da capacidade da China de vencer a covid-19.

Esse movimento de alta pressiona ainda mais os preços no mercado brasileiro. Atualmente, os preços do diesel e da gasolina acumulam uma defasagem de 16% em relação ao mercado externo. Além do preço do barril em alta, a cotação do dólar, que voltou a atingir a casa dos R$ 5,10, também acaba influenciando os preços no mercado interno.

Com esse cenário, a expectativa é que a Petrobras anuncie um reajuste, pelo menos para o diesel, ainda esta semana, segundo fontes ligadas às estatal ouvidas pelo Estadão/Broadcast. O governo federal, no entanto, vem fazendo todos os esforços para evitar isso. A gasolina está há 95 dias sem aumento, enquanto o diesel está congelado há 32 dias

O congelamento do preço dos combustíveis tem sido buscado pelo governo para tentar segurar a inflação. A economia é um dos fatores que têm prejudicado a campanha do presidente da República, Jair Bolsonaro, a reeleição. Bolsonaro tem sido um crítico feroz da política de preços da Petrobras, que acusa de ter lucros excessivos. Três presidentes da estatal já foram demitidos nos três anos e meio de sua gestão.

Mas, na Petrobras, segundo fontes, o clima é de que o aumento não pode passar desta semana, visto que a crise global ameaça o País de desabastecimento, principalmente de diesel a partir de agosto. Na semana passada, a companhia enviou uma nota à imprensa alertando para dificuldades no mercado global de diesel e reafirmou sua política de preços alinhados aos do mercado internacional, única forma de manter as importações ativas por outros agentes e assim evitar a falta do combustível no País.

*Via msn

Postado em 14 de junho de 2022 - 12:29h

0 comentário

Pesquisas mostram a derrocada de Bolsonaro

A nova pesquisa BTG/FSB divulgada hoje mostra que a reeleição de Jair Bolsonaro é uma fantasia, um delírio político, algo quase impossível e cada vez mais distante. Isso explica o desespero do candidato, que articula um golpe e não para de buscar artimanhas para reverter o quadro desfavorável. A rejeição enfrentada pelo presidente é gigantesca e está associada à percepção de que é um sujeito desumano, misógino e perseguidor de minorias. Seu comportamento durante a pandemia foi imperdoável. E a fatura será cobrada. O que se vê neste momento é ele sendo derrotado em qualquer cenário, inclusive correndo o risco de perder para Lula já no primeiro turno. No segundo turno, ele perde para outros adversários como Ciro Gomes e tem empate técnico com Simone Tebet.

Na semana passada, os bolsonaristas reclamaram e conseguiram a suspensão da divulgação dos dados da última pesquisa da XP/Ipespe, que também mostrava Lula numa folgada dianteira e Bolsonaro em maus lençóis. Agora, com a nova sondagem, as suspeitas se concretizaram. Bolsonaro perde de Lula por 44% a 32% no primeiro turno e, no segundo, a vitória seria por 54% a 36%. Contra Ciro, o presidente perderia de 48% a 32% e contra Simone Tebet haveria um empate técnico de 40%. Não é estranho que isso aconteça diante de um País derrotado pela inflação e com uma população sem perspectivas de aumentar o poder aquisitivo e vencer o endividamento crescente. O governo atual fomenta a desigualdade e a pobreza e entristece a Nação.

Desesperado, Bolsonaro parece cada vez mais um animal acuado que fará o que estiver ao seu alcance para impedir a inevitável derrocada e atacar Lula e outros adversários. É de se esperar que ele incite episódios violentos para criar um clima de insegurança e incerteza, faça acusações mentirosas contra oponentes e até tente dar um golpe. Toda sujeira é possível a partir de agora. O certo é que a candidatura de Bolsonaro não vai frutificar porque há uma percepção crescente de que o presidente é um inútil que só causa problemas e promove a cizânia. As próximas pesquisas devem confirmar que seu projeto político está prestes a naufragar.

*Via msn

Postado em 14 de junho de 2022 - 12:26h

0 comentário

I Encontro e Exposição de Carros antigos de Lagoa Nova movimenta Serra de Santana

A prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, junto com o Clube de Carros Antigos do Rio Grande do Norte, realizaram no final de semana o 1º Encontro e Exposição de Carros Antigos de Lagoa Nova. A promoção contou com escolha do carro mais antigo e o mais bonito, além de shows em praça pública.

Mais de 120 veículos, de diversas marcas e modelos estiveram na exposição. O Encontro, contou com a participação de mais de 15 clubes, do Estado e Estados vizinhos, a maior parte das pessoas, estando pela primeira vez na cidade. Além do prefeito Luciano Santos e o vice Iranildo Aciole, a secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Josi Gomes, vereadores e secretários participaram do evento.

O prefeito Luciano Santos agradeceu os muitos visitantes que conheceram a Serra de Santana. “Fico feliz com a presença de tantos visitantes na nossa Serra de Santana. O 1º Encontro e Exposição de Carros Antigos de Lagoa Nova, entra a partir de agora para o nosso calendário de eventos. Será o primeiro de muitos outros”, contou.

Uma ação de cunho turístico e cultural, que promoveu acentuada movimentação do comércio local ao longo de todo final de semana. A cidade de Lagoa Nova tem investido no turismo de eventos, ainda no mês de julho acontecerá o São João com bandas e apresentações culturais.

Postado em 13 de junho de 2022 - 20:02h

0 comentário

Austrália supera Peru nos pênaltis e conquista vaga na Copa do Mundo do Catar

O goleiro Redmayne saiu do banco de reservas no último minuto da prorrogação, dançou debaixo da trave durante a decisão por pênaltis e colocou a Austrália na Copa do Mundo. O jogador australiano defendeu a última cobrança da Repescagem Mundial das Eliminatórias, contra o Peru, nesta segunda-feira, e garantiu a classificação de sua seleção, depois de um empate sem gols que persistiu até a prorrogação no Ahmad Bin Ali, em Al Rayyan, no Catar.

A estratégia de Redmayne chamou a atenção. Ele saltitava de um lado para o outro, movimentando os braços para tentar distrair os adversários. Na maioria das vezes, não deu certo, mas funcionou no momento mais decisivo, quando defendeu a cobrança de Valera e colocou a Austrália no Grupo D da Copa, junto de França, Dinamarca e Tunísia. Do outro lado, resta uma enorme frustração para uma nação que parou. O governo até decretou feriado nacional para todos acompanharem ao jogo. Não à toa, o estádio estava tomado por peruanos.

Aliados às melodias ininterruptas executadas pela torcida peruana, o vermelho e o branco predominantes nas arquibancadas compuseram um clima de decisão à altura daquilo que estava em jogo no Ahmad bin Ali. Já o futebol apresentado pelas duas equipes ficou longe de atingir a mesma beleza da festa protagonizada pelos torcedores sul-americanos. O primeiro tempo começou com investidas ofensivas de ambos os lados, mas nenhuma grande chance foi criada.

O Peru chegou a ter alguns momentos de domínio da posse de bola, que não renderam jogadas mais incisivas por falta de inspiração do meio de campo, cenário repetido durante o segundo tempo. O ex-são-paulino Cueva, um dos principais nomes do setor, teve uma atuação bastante tímida e apareceu apenas em lances esporádicos. Em um deles, levou perigo ao finalizar de dentro da área após jogada individual. O nome mais consistente em campo para o lado peruano era experiente lateral Advíncula.

A Austrália, por sua vez, só começou a desenvolver uma produção ofensiva mais consistente a partir do momento em que o atacante Awer Mabil entrou em campo no lugar de Duke. Ele deu uma nova dinâmica ao time e criou a melhor chance da partida, nos minutos finais do tempo regulamentar, quando cruzou da linha de fundo e viu Hrustic forçar Gallese a fazer uma boa defesa para evitar o gol.

A decisão foi para a prorrogação, sem nenhuma mudança na configuração da partida. Alguma dose de emoção foi gerada no segundo tempo, graças a uma bola na trave após cabeceio de Édison Flores, mas nenhuma outra boa chance foi criada depois disso. Perto do apito final, já pensando na disputa de pênaltis, o técnico Graham Arnold colocou o goleiro reserva Ryan no lugar do titular, Redmayne.

Pelo lado do Peru, Gareca seguiu com Gallese na meta e viu o goleiro defender logo o primeiro pênalti australiano, cobrado por Boyle. Na primeira cobrança peruana, Redmayne colocou em prática a estratégia de ficar se movimentando, em uma espécie de dança, para distrair Lapadula, que bateu firme e converteu.

Na sequência, Mooy empatou para a Austrália e Callens recolocou o Peru em vantagem, antes de Goodwin empatar novamente e Advíncula bater na trave. Hrustic converteu a cobrança seguinte e transferiu a pressão aos peruanos, que viram Tapia acertar a rede para aliviar a situação. Maclaren e Édison Flores também acertaram, portanto a série inicial de cinco cobranças terminou empatada por 4 a 4. Nas alternadas, Mabil converteu para a Austrália e Redmayne, enfim, viu sua estratégia dar certo ao defender o chute de Valera.

*msn

Postado em 13 de junho de 2022 - 19:56h

0 comentário

Inflação corrói Auxílio Brasil e põe em xeque estratégia eleitoral

Pesadelo do governo principalmente na seara dos combustíveis, o processo inflacionário brasileiro tem promovido um golpe na vitrine social do presidente Jair Bolsonaro para as eleições deste ano: o Auxílio Brasil. Na sua implementação, o benefício dobrou a capacidade das famílias na aquisição da cesta básica, mas esse poder de compra vem caindo rapidamente e já se equipara aos níveis do Bolsa Família no final do primeiro governo Dilma Rousseff (PT), mostram cálculos obtidos pelo Broadcast Político, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

O fenômeno ameaça um dos pilares da estratégia adotada pelo chefe do Executivo para enfrentar nas urnas o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT).O Auxílio Brasil substituiu o Bolsa Família criado pelo PT e, em dezembro do ano passado, teve o piso elevado para R$ 400 e o público ampliado para 18 milhões de famílias. Antes, o valor médio era de R$ 191, para 13,6 milhões de famílias.

Ao ser criado, o programa foi visto como uma “boia de salvação” para os planos eleitorais do presidente e comemorado por aliados, sentimento que ainda resiste nos bastidores do Palácio do Planalto.

O novo valor mínimo do benefício será tema de peças de marketing do pré-candidato à reeleição ao longo da campanha. “Hoje são 18 milhões de pessoas no Brasil que recebem o Auxílio Brasil, que substituiu o Bolsa Família. 

Veja matéria completa no link Inflação corrói Auxílio Brasil e põe em xeque estratégia eleitoral (msn.com)

Postado em 13 de junho de 2022 - 19:17h

0 comentário

Sargento da PM é assaltado dentro da própria casa na praia de Búzios

Três assaltantes invadiram uma casa e assaltaram cerca de cinco pessoas na praia de Búzios, no município de Nísia Floresta, litoral Sul. Os bandidos renderam as vítimas, entre elas um Sargento da Polícia Militar e roubaram pertences pessoais, além da arma e do carro do PM. O fato ocorreu na madrugada deste domingo (12), por volta de 1h enquanto as pessoas se confraternizavam.

De acordo com a Polícia local os indivíduos usavam roupas camufladas e agiram rapidamente com ameaça, mas não feriram nenhuma das vítimas. Após o roubo o carro do policial foi abandonado na mesma região, mas a arma e os outros produtos não foram encontrados. Viaturas do 3º Batalhão realizam diligências para localizar e prender os criminosos.

*Portal BO

Postado em 13 de junho de 2022 - 8:46h

0 comentário

Cerro Corá: Falece viúva do ex-vereador Manoel Anselmo

Dona Iria comemorando 94 anos ao lado dos filhos em setembro de 2021

Aos 94 anos, faleceu na noite deste domingo (12) em Cerro Corá, dona Iria Hipólito Dantas, viúva do falecido ex-vereador Manoel Hipólito Dantas, que era mais conhecido como Manoel Anselmo. 

Matriarca de uma família numerosa, dona Iria residiu muitos anos no sítio Condessa, depois de residir em Cerro Corá, migrou ao lado do marido para a Serra de Santana, onde Manoel Anselmo havia adquirido uma propriedade rural. 

Entre os filhos, Lindalva, já falecida, Francisca das Chagas, residente em Natal, o professor Edilson Oliveira, José Hipólito, que é servidor aposentado da área de saúde, Fátima, Tânia, a professora Gracinha, Gorete, Chico, servidor aposentado do município e a professora Lourdes. 

*cerrocoranews

Postado em 13 de junho de 2022 - 8:43h

0 comentário

OMS ainda apura se coronavírus vazou de laboratório chinês

Foto: Getty Images

Mais de 2 anos depois do início da pandemia, a OMS (Organização Mundial da Saúde) ainda apura se o coronavírus vazou de um laboratório chinês.

Novo time de especialistas selecionados pela organização diz ser necessário avaliar tanto a hipótese da transmissão animal – o vírus teria se espalhado a partir de um mercado de Wuhan, na China – quanto a de acidente de laboratório. Um cientista brasileiro na equipe, entretanto, discorda do pedido de novas apurações.

As informações foram divulgadas na quinta-feira (9.jun.2022) em um relatório preliminar dos pesquisadores.

O grupo, que começou a trabalhar em outubro de 2021, afirma no relatório que “continua sendo importante considerar todos os dados científicos razoáveis disponíveis para avaliar a possibilidade de introdução de Sars-CoV-2 na população humana por meio de um incidente laboratorial”.

A proposta vai na contramão de uma posição anterior da OMS. Em março de 2021, outro grupo de cientistas foi à China e avaliou que a possibilidade de o coronavírus vir de laboratório era “extremamente improvável”.

Os pesquisadores agora pedem novas investigações nos laboratórios de Wuhan e outras cidades. “Uma possível violação das medidas de biossegurança pode ser causada por um evento acidental ou uma falha processual […] que resulte na infecção dos funcionários de um laboratório durante o manuseio de animais ou coleta de amostras em campo”, escrevem.

*Poder360

Postado em 13 de junho de 2022 - 8:39h

0 comentário

Em meio a ‘climão’ entre irmãs, marido de Simone posta: “seu caráter é revelado no bastidor”

Foto: Reprodução

Após os fãs de Simone & Simaria comentarem abertamente sobre o novo desentendimento entre as irmãs, que teria ficado explícito no show que fizeram em Caruaru na sexta-feira (10/6), foi a vez de Kaká Diniz, marido de Simone, se expressar sobre o caso. Em uma publicação do Instagram ele mandou uma indireta para a cunhada: “O palco mostra o talento, mas é nos bastidores que seu caráter é revelado.”

Tudo começou quando Simaria teria passado mal pela manhã, o que fez com que ela não embarcasse a tempo do show de sexta-feira a noite. Simone subiu ao palco sozinha e fez o show quase inteiro da mesma forma, até que a irmã chegou nos momentos finais da apresentação.

A coleguinha atrasada não queria terminar a performance: mesmo com a irmã se despedindo do público, a sertaneja ainda puxou mais três músicas.

*Metrópoles

Postado em 13 de junho de 2022 - 8:35h

0 comentário

Rafael Motta cumpre agenda em seis municípios do RN

O deputado federal Rafael Motta (PSB) cumpriu agenda, neste sábado (11), em seis municípios potiguares, sendo eles: Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente, Senador Elói de Souza, Barcelona e Macaíba.

Em todas as cidades, o parlamentar reforçou sua pré-candidatura ao Senado Federal. “Esse projeto deixou de ser uma iniciativa minha para se tornar dos potiguares. O povo quer o nosso nome e isso é muito claro a partir do que podemos sentir nas andanças pelo interior”. 

Acompanhado de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e lideranças, além de destacar o projeto para Senado, Rafael também entregou emenda de pavimentação em Florânia e um trator para beneficiar a agricultura de Tenente Laurentino Cruz.

Nas cidades de São Vicente, Senador Elói de Souza, Barcelona e Macaíba, o deputado e pré-candidato participou dos festejos de São João.

Florânia: No discursso defendendo o nome para Senado

Barcelona: Na Foto estão prefeito Fabiano, vereador Chaguinha, prefeito Luciano de Lajes Pintadas e a vice prefeita Claudjane também.

Tenente Laurentino: liderança Gildanyr Freitas; vereadores João do Sindicato, Thomazinho e Bico de Ouro e a ex-prefeita Sueleide Araújo.

*Via blogdojoaomarcolino.com

Postado em 13 de junho de 2022 - 8:06h

0 comentário

Porque a Copa do Mundo de 2022 será em novembro?

Esta será a primeira vez na história que a competição está sendo disputada no fim do ano (novembro e dezembro) por conta das condições climáticas do país sede. O forte calor em junho e julho, quando geralmente ocorre a Copa, levou a Fifa a tomar esta decisão.

Será a primeira edição de Copa do Mundo a ser realizada no outono, época do ano correspondente no hemisfério norte, em função das altíssimas temperaturas que atingem o Oriente Médio no meio do ano. A bola rola entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro.

Serão oito estádios espalhados pelas sete cidades escolhidas como sedes da competição. Conhecido como um dos países mais ricos do mundo, o Qatar promete realizar um dos Mundiais com as arenas mais luxuosas da história.

Postado em 12 de junho de 2022 - 21:44h

0 comentário

Técnico da Espanha aponta duas seleções favoritas para vencer a Copa do Mundo 2022

A seleção espanhola disputa a Nations League e se prepara para tentar o bicampeonato da Copa do Mundo de 2022. Em coletiva, o técnico da Espanha, Luis Enrique, revelou que, para ele, Brasil e Argentina são as favoritas a vencer a competição.

 Brasil e Argentina estão muito acima das outras seleções neste momento para o Mundial – declarou Luis Enrique, técnico da Espanha.

A Argentina foi campeã da Copa América nesta última temporada, justamente contra o Brasil, no Maracanã. A equipe chega com moral após bater a Itália por 3 a 0 na Finalíssima, duelo entre os vencedores dos torneios da América do Sul e da Europa.

Seleção Brasileira, maior campeã da Copa, sempre é cotada como uma das favoritas ao título. A equipe comandada por Tite busca sua sexta taça e conta com os talentos de Neymar, Vinícius Júnior e companhia para a disputa, que começa no dia 21 de novembro.

*msn

Postado em 12 de junho de 2022 - 21:35h

0 comentário

A “simpatia” de Agripino por Rafael Motta

Do Ex-Senador José Agripino Maia:

“Para Deputado Federal e Estadual o eleitor até segue o líder, mas para Governador e Senador o eleitor vota em quem tem vontade”.

Demostrando simpatia pela Candidatura de Rafael Motta para o Senado.

*Via Robson Pires

Postado em 12 de junho de 2022 - 20:36h

0 comentário

ABC conquista mais uma vitória na série C

O ABC conquistou uma grande vitória ao vencer o Mirassol por 1×0.

Foi um 1° tempo com predomínio do ABC.

Com uma equipe bastante ofensiva a equipe alvinegra saiu para o jogo.

E esteve muito perto de abrir o marcador em no mínimo quatro ocasiões, com Kelvin, Henan, Fábio Lima e Gustavo França, inclusive acertando a trave do Mirassol.

A equipe alvinegra reclamou de um pênalti não marcado pelo árbitro, após cobrança de escanteio.

Agora, a equipe do Mirassol não é boba e usou muito os contra ataques, inclusive em um deles acertou a trave de Pedro Paulo.

O empate acabou fazendo justiça às duas equipes.

Já no 2° tempo a partida começou como no 1° tempo, com o ABC melhor.

Aos 10 minutos Fernando Marchiori sacou Kelvin e Walfrido colocando em campo Varão e Wallyson.

A equipe alvinegra continuou melhor campo.

Até que numa cobrança de falta Wallyson abriu o placar.

A frasqueira foi aí delírio.

Fernando Marchiori então sacou Fábio Lima e Ikaro colocando em campo Patrick e Alisson.

E logo depois sacou Henan colocando em campo Porozo.

O Mirassol ainda marcou aos 49 minutos, contudo o gol foi anulado.

Grande vitória do ABC que chega aos 20 pontos.

*Blog Pedro Neto

Postado em 12 de junho de 2022 - 19:21h

0 comentário

PM é baleado e morre em Areia Branca

Um policial militar do Rio Grande do Norte foi morto a tiro na tarde deste domingo (12), em Areia Branca, na Costa Branca potiguar. Até o momento, não há a confirmação oficial sobre o nome da vítima. 

O crime ocorreu na praia de Upanema, quando a vítima trafegava em uma motocicleta e foi alvejado. A Polícia Militar ainda não tem informações sobre os possíveis envolvidos no crime, tampouco sobre a motivação.
O Itep e a Polícia Civil foram ao local e vão investigar o caso.

*Tribuna do Norte

Postado em 12 de junho de 2022 - 18:00h

0 comentário

Bolsonaro: privatização da Petrobras é demorada e pode vir outro presidente com ideia diferente

Apesar da oferta bilionária que marcou a privatização da Eletrobras, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que fazer o mesmo processo com a Petrobras é algo demorado e que, se bem conduzida, pode levar quatro anos. Admitiu ainda que pode ser escolhido outro presidente, com ideia diferente, nas urnas em outubro. “Qualquer privatização é demorada, não é colocar na prateleira e vender.

Com a Petrobras, um processo muito bem conduzido leva quatro anos”, disse Bolsonaro, na saída do hotel, em Los Angeles, rumo ao aeroporto para embarcar para Orlando.”Então, vai passar até o futuro, a reeleição ou eleição, vai até ultrapassar. Pode ser que venha outro presidente com ideia diferente”, admitiu.Bolsonaro afirmou, porém, que a Petrobras não pode ser como é hoje em dia, “uma estatal, onde a única preocupação é o lucro”, mas que tenha papel social como é previsto na Constituição.

“Todas as empresas têm que ter lucro, concordamos com isso, mas a única preocupação é o lucro”, criticou.Segundo ele, a Petrobras é a petrolífera que mais fatura no mundo e que no momento de uma crise como a guerra, poderia ser um pouco mais “benevolente”, uma vez que o seu papel está previsto na Constituição. “Imagina se o barril do petróleo for lá para frente e simplesmente aumenta lá e aumenta aqui, quebra o Brasil”, afirmou.

*msn

Postado em 12 de junho de 2022 - 17:55h

0 comentário

Tebet diz que Bolsonaro não tem força para golpe e que não concorreria se houvesse unidade no MDB

Pré-candidata do MDB e da terceira via à Presidência da República, a senadora Simone Tebet (MS) afirma que o presidente Jair Bolsonaro (PL) não tem a força necessária para dar um golpe caso perca as eleições e diz que as divergências dentro do próprio partido em torno de seu nome são normais.

Em entrevista à Folha de S.Paulo neste sábado (11), dois dias depois de ter obtido aval da cúpula do PSDB para aliança, ela reconheceu ainda que não seria o nome do MDB para a disputa presidencial se os principais caciques do partido estivessem unidos para fazer a escolha.

“Estamos vivendo um momento em que a democracia está sob ataque, diante de uma análise muito clara, mas o Brasil soube se armar contra esses ataques nos últimos três anos”, declara Tebet.

“O presidente não tem mais a força… Porque você não tem golpe, não tem ataque à democracia sem povo na rua. Você não vai ter povo na rua brigando por outro resultado que não o resultado do dia das eleições. Não há ataque à democracia sem povo, quando as instituições estão fortes. Então, eu não me preocupo.”

Bolsonaro promove diversos ataques ao sistema eleitoral brasileiro e insinuações golpistas sobre o pleito deste ano. O mandatário alega que aceitará o resultado se eleições forem limpas, ao mesmo tempo em que semeia dúvidas sobre a segurança das urnas eletrônicas.

Tebet foi escolhida a candidata da terceira via numa aliança que também envolve o PSDB e o Cidadania. Embora tenha sido indicada candidata pela cúpula do MDB, ela ainda enfrenta resistências em diferentes estados, onde os dirigentes se dividem entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“É uma construção [a minha candidatura]. Se fosse uma candidatura uníssona [no MDB], unânime, absoluta, não seria eu a candidata. Eu não tenho dúvida disso”, diz.

Pelos termos da aliança em construção, o vice na chapa de Simone deve ser indicado pelo PSDB.

A senadora evita entrar no mérito de suas preferências para o posto. Apenas adianta que seria uma “honra” ter como companheiro de chapa o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), que vem sendo apontado como favorito pela cúpula dos dois partidos.

Afirma ainda que tem poder de veto ao nome do seu vice, mas que se sente “muito confortável” em deixar a escolha para os presidentes dos partidos.

A senadora por Mato Grosso do Sul também rebate as críticas de que evita tomar posição em relação a temas polêmicos. Adversários de sua candidatura apontam que ela fica em cima do muro e procura não se comprometer em temas espinhosos.

A parlamentar responde que essa visão vem sendo divulgada justamente como uma forma de desacreditá-la, em um momento de confirmação de seu nome na corrida eleitoral.

“O Brasil é muito mais complexo do que um sim ou não. Se alguém espera um sim ou não da minha parte, vai cair do cavalo”, diz. “Eu sou contra o aborto, salvo nos casos previstos na Constituição. Agora, como democrata que sou, vou dizer que não aceito que o Congresso Nacional discuta essa questão? Como assim?”, questiona.

“Eu sou a favor de privatização, mas sou contra a privatização da Petrobras. Por isso sou em cima do muro?”, afirmou a senadora. “Então não tem sentido. Eu não tenho respostas prontas para um Brasil tão complexo. Ninguém tem. E quem acha que é oito ou 80 está levando o Brasil para a mesma radicalização que condena.”

A senadora afirma que não vai ser atraída para “um lado ou outro radical” e que sempre buscou “alternativas equilibradas de centro”.

Simone Tebet patina nas intenções de voto, somando apenas 2% na última pesquisa Datafolha. Sua pré-candidatura havia sido lançada pelo MDB no dia 8 de dezembro, embora ela só tenha sido confirmada o nome da terceira via recentemente.

A pré-candidata, no entanto, afirma que parte da dificuldade em subir nas sondagens ocorreu porque “ninguém acreditava” em sua candidatura.

“Hoje não, hoje eu sou a pré-candidata. Começamos nesta semana ou na semana passada. E a partir de agora é só crescer […] Temos pelo menos 40% de pessoas que dizem que não votam nem em um nem outro, que estão prontos a mudar o voto”, completa.

Sobre a Petrobras, a senadora disse que nada impede que a empresa tenha lucros, mas que não pode haver “só um lado da moeda”.

“O fato de ela estar mal gerida e mal administrada não pode servir de desculpa para a privatização. Isso é desculpa de quem quer privatizar”, afirmou. “Ela não deu certo no passado e não dá certo no presente porque sempre foi usada como instrumento ideológico ou de política erráticas para comprar o Congresso Nacional ou para ganhar eleição.”

A pré-candidata busca sempre ressaltar a importância de ser mulher na corrida presidencial, mas pesquisas ainda mostram que suas intenções de voto são predominantemente de homens. Simone Tebet afirma que isso se dá porque as mulheres ainda não decidiram o seu voto.

“As pesquisas têm mostrado que a mulher também é a mais indecisa e a que mais rejeita Lula e Bolsonaro. Ela ainda não se decidiu. E isso para mim é muito importante, é um grande ativo. Como ela é a que mais rejeita Lula e Bolsonaro e como ela ainda não se decidiu, vai ser decisiva para essa eleição”, afirma.

Ao mesmo tempo em que se mostra como uma candidata para as mulheres, Tebet virou motivo de memes na internet por conta de fotos que a mostram rodeada dos dirigentes políticos que articularam a sua candidatura, sendo que todos são homens.

“Sim, é óbvio que me incomoda até porque eu luto contra isso a vida inteira”, afirma sobre a situação, embora evite criticar aqueles que articulam a sua candidatura.

“E não foi nessa reunião. Não é culpa do MDB ou do PSDB, isso é a formação partidária no Brasil”, conclui.

*FOLHAPRESS

Postado em 12 de junho de 2022 - 17:52h

0 comentário

Justiça proíbe Maiara e Maraisa de usarem marca “As Patroas”

Maiara e Maraisa e a eterna Marilia Mendonça, fizeram o projeto “As Patroas”.

Maiara e Maraisa e a eterna Marilia Mendonça, fizeram juntas um lindo projeto intitulado “As Patroas”, e assim, carinhosamente passaram a ser chamadas pelo público. Porém, a dupla e o escritório WorkShow, responsável pela carreira da rainha da sofrência, estão proibidos pela Justiça de usarem esse nome, tanto no plural, quanto no singular.

O juiz Argemiro de Azevedo Dutra, da 2ª Vara Empresarial de Salvador, Bahia, concluiu que a cantora Daisy Soares é real proprietária do termo, já que se apresenta como “A Patroa” desde 2014, quando iniciou sua carreira. Além disso, três anos depois, ela teria conseguido a patente do termo.

De acordo com a coluna Splash, do Uol, caso a ordem não seja cumprida a multa é de R$ 100 mil por dia. Até o momento, nem as cantoras e nem o escritório se pronunciou sobre o assunto.

*msn

Postado em 12 de junho de 2022 - 17:46h

0 comentário

Homem constrói o próprio jazigo para “ser homenageado ainda em vida”, põe foto e deixa recado: “Em breve”

Jazigo de Cleyton Melo de Sousa, que construiu própria catacumba em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco — Foto: Reprodução/WhatsApp

O cemitério de Vila Mendes, em Limoeiro, no Agreste pernambucano, ganhou uma construção que está dando o que falar. Um comerciante ficou “famoso” no pequeno distrito de pouco mais de 7 mil habitantes ao erguer o próprio jazigo. No espaço reservado para a data do óbito está escrito “em breve”, ao lado de uma foto colorida dele.

“Não tenho medo de morrer. Estou esperando por ela [a morte]”, declara Cleyton Melo de Souza.

Aos 36 anos, casado e pai de três filhos de 6, 11 e 18 anos, Cleyton é dono de uma padaria localizada em Mendes, distante seis quilômetros do Centro de Limoeiro. Na localidade, a vida é bem tranquila e o celular nem sempre pega direito.

A padaria ele herdou de um cunhado. Bem de saúde e tranquilo quanto aos negócios, ele disse que pensou na obra da própria tumba para “ser homenageado ainda em vida”.

“Eu ia ao cemitério para acompanhar enterros e ficava pensando nas pessoas que estavam lá, num cantinho, e ninguém via. Eram homenagens discretas. Aí, fiz a minha tumba para ver as pessoas me homenageando de verdade”, afirmou o comerciante, se divertindo da inusitada construção.

O jazigo de Cleyton custou R$ 3.500, incluindo o “terreno”, material e mão de obra. “Fui lá e falei com administrador, disse que ia fazer e ele deixou”, contou.

Na obra, em formato de “capelinha”, há espaço para dois caixões. É possível observar duas fotos de Cleyton, e um local para acender velas e colocar plantas.

O serviço terminou em 2021, mas começou a ganhar mais notoriedade depois que uma pessoa foi ao pequeno cemitério, se deparou com a construção e gravou um vídeo.

O comerciante contou que tudo começou na época do primeiro pico da pandemia, ainda em 2020.

Ele admitiu ter ficado abalado com mortes de pessoas próximas e passou a refletir sobre como seria o seu próprio óbito e como “seria lembrado” pelos familiares e amigos. Assim, descobriu que gostaria de não ser apenas mais um morto naquele cemitério.

Passado certo tempo, começou a ser divertir com a repercussão provocada pela construção do jazigo para ele mesmo. E até se surpreendeu com as pessoas visitando a sua catacumba, no Dia de Finados, em 2021.

“Estava curioso para saber como seria. Fui lá e vi o pessoal colocando velas lá. E tinha muita vela, viu. Fiquei pouco tempo para as pessoas não ficarem brincando muito lá”, disse.

Sobre a obra, Clayton afirma que tem “orgulho” do produto final. “Tem espaço para dois caixões”. Sobre o fato de ter escrito “em breve” no espaço para a data de morte, ele respondeu rápido. “Pode ser daqui a cinco horas ou 50 anos”, declarou.

O bom humor de Cleyton só diminui quando fala sobre a reação da própria mulher. “Ela ficou meio brava. E eu ainda disse que ia colocar a foto dela também”, contou, em tom de brincadeira.

Em relação aos amigos, o comerciante definiu de maneira resumida a situação: “O apelido ainda não pegou muito, mas já me chamam de Clayeton da Tumba”. Ao se despedir, garantiu que iria se cuidar e cumprir a recomendação de “ficar bem vivo”.

*g1

Postado em 11 de junho de 2022 - 22:17h

0 comentário

Torcida do América-RN rasga e toca fogo em bandeiras dentro de estádio na Paraíba

Membros de uma torcida organizada do América protagonizaram cenas de vandalismo na tarde deste sábado (11), no estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba.

Uma sala com bandeiras e instrumentos de uma torcida do Botafogo (PB) foi encontrada e teve todos os seus materiais furtados e danificados. O jogo sofreu atrasos para retornar do intervalo por conta da fumaça ocasionada pelo fogo que foi ateado nas coisas da organizada da Paraíba.

Ainda não se sabe estimar se outros pertences que não sejam do time paraibano também foram danificados. Durante a transmissão da 96 FM, o repórter Mallyk Nagib até chegou a reclamar do pouco policiamento presente junto à torcida americana. O segundo vídeo foi gravado na cabine da CBN Natal.

No intervalo do jogo, torcedores do time natalense e do Botafogo-PB dono do estádio protagonizaram uma briga no entorno do Almeidão, em João Pessoa. A Polícia Militar foi acionada para conter a violência e efetuou disparos de bala de borracha.

O jogo

O América foi até João Pessoa-PB para encara o São Paulo Crystal, pela 9ª rodada da Série D. A partida terminou empatada em 1 a 1. O time potiguar ia vencendo até os 49 do segundo tempo, com gol de Araújo, quando o árbitro marcou penalidade para o Carcará. Isaías, aos 50, empatou o jogo. O resultado deixou o Alvirrubro momentaneamente na 4ª colocação do Grupo 3;

*Com informações de 96 FM Natal e Tribuna do Norte

Postado em 11 de junho de 2022 - 22:15h

0 comentário