O Comunicador

Rafael mira nos indecisos com comparativo entre os candidatos ao Senado

Rafael Motta, candidato a senador pelo PSB, está mirando no eleitorado indeciso, convidando o eleitor a fazer um comparativo entre os candidatos ao Senado.

Em peças veiculadas no rádio, na TV e nas redes sociais, Rafael questiona quem esteve ao lado do trabalhador durante o contexto das reformas e quem as promoveu ou as apoiou, referindo-se a Rogério Marinho (PL) e Carlos Eduardo Alves (PDT), respectivamente.

Rafael votou contra as reformas trabalhista e da Previdência, que foram promovidas por Rogério e apoiadas por Carlos Eduardo, conforme trechos de entrevistas divulgadas nas peças nas quais o candidato do PDT classifica as mudanças na CLT e na aposentadoria como “justas” e “necessárias”.

O candidato do PSB também faz um comparativo com relação ao histórico de processos por improbidade administrativa. Enquanto ele não possui nenhum processo, os seus adversários explicam na Justiça questões ligadas ao exercício de funções públicas.

No comparativo, Rafael também tem mencionado os mais de 100 projetos que apresentou enquanto deputado federal e os R$ 180 milhões em obras e ações realizadas no interior do Estado.

“O maior argumento de um é não eleger o outro. Nós temos serviço prestado e um histórico de trabalho pelos municípios e pelas pessoas, com probidade e correção. E é isso que estamos mostrando aos eleitores”, explica Rafael sobre ação junto aos indecisos, que somam de 40% a 50% nas pesquisas de intenção de voto.

*Crédito da imagem: Brunno Martins

Postado em 21 de setembro de 2022 - 13:24h

0 comentário