O Comunicador

Suspeito de falsificar cartões de crédito de pessoas mortas é preso em Natal

Um homem foi preso em Natal nesta terça-feira (28) pelos crimes de roubo, falsidade ideológica, uso de documento falso e falsa identidade. De acordo com a Polícia Civil, ele é apontado como chefe de uma organização criminosa que falsificava cartões de crédito de pessoas mortas.

Uma das pessoas falecidas que teve o cartão de crédito envolvido na fraude é o empresário Marcos Matsunaga, herdeiro da indústrias de alimentos Yoki, que foi morto em 2012 em São Paulo.

A prisão aconteceu no bairro de Neópolis, na zona sul de Natal. Contra o homem havia um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Regional de Execução Penal, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN).

O homem foi alvo da Operação “Outras Faces”, da Polícia Civil do RN, onde foram indiciadas oito pessoas em 2012. Em 2017, também foi preso com a desarticulação de uma quadrilha de roubo de veículos na região da Grande Natal.

Ele foi levado à delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

*g1RN

Postado em 29 de junho de 2022 - 12:45h

0 comentário