O Comunicador

RN sedia I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária

Será o maior evento do setor no país; Centro de Convenções de Natal vai expor produção dos nove estados

O Rio Grande do Norte sedia no período de 15 a 19 de junho próximo a I Feira Nordestina da Agricultura Familiar e Economia Solidária – Fenafes, no Centro de Convenções de Natal, na Via Costeira. O evento é iniciativa da Câmara Temática da Agricultura Familiar do Consórcio Nordeste, coordenada pela governadora Fátima Bezerra, e realizado através das secretárias de Estado do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (Sedraf), Emater-RN e Fundação José Augusto (FJA). O Governo do RN investiu R$ 640 mil em toda a promoção da I Feira Nordeste da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Fenafes). Os recursos foram garantidos pelo empréstimo junto ao Banco Mundial, por meio do Projeto Governo Cidadão, com apoio da Secretaria de Agricultura e Pesca (SAPE).

O objetivo principal é fortalecer iniciativas de integração de políticas públicas em torno do Programa de Alimentos Saudáveis do Nordeste – PAS/NE, principal bandeira dos estados que fazem o Consórcio Nordeste. Além disso, a Feira visa proporcionar o intercâmbio de políticas públicas envolvendo governos e movimentos sociais; fortalecer o cooperativismo solidário e a comercialização; e oferecer formação, com palestras, oficinas e cursos sobre acesso à terra, sistemas agroalimentares, produção de alimentos saudáveis e agroecologia.

A previsão é da participação de 150 cooperativas e associações, 500 expositores e público visitante de mais de 10 mil pessoas durante os cinco dias de evento que tem entrada gratuita.

A feira também será espaço estratégico para reafirmação da identidade cultural da região, divulgação de saberes e sabores que marcam e caracterizam o povo nordestino, e contará com a cozinha “Sabores da Terra” e Festival Gastronômico, além de programação cultural com shows de artistas de destaque regional e nacional.

“A Fenafes vai mostrar a pujança da Agricultura Familiar na região Nordeste e o apoio dos governos estaduais à economia solidária que traz dignidade e cidadania aos homens e mulheres do campo”, afirmou a governadora Fátima Bezerra na manhã desta segunda-feira, 23, na Central de Comercialização da Agricultura Familiar – Cecafes, no ato de lançamento da feira.

A Governadora acrescentou que o evento é resultado da integração de políticas públicas e de ações de vários órgãos da administração estadual. Ela lembrou que no início da atual gestão foi criada a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar (Sedraf) e sancionado o projeto de lei de autoria da deputada estadual Isolda Dantas que criou o Programa de Compras Governamentais da Agricultura Familiar do RN (Pecafes), que determina a aquisição de pelo menos 30% das compras do Estado à agricultura familiar. “Desde o início nossa administração mostrou compromisso com a agricultura familiar. São as mulheres e homens do campo que alimentam a nossa população com produtos de qualidade e saudáveis”, declarou.

O titular da Sedraf, Alexandre Lima, disse que “o momento da realização da Fenafes é importante por que é no período da colheita e reúne em Natal toda a expressão que a agricultura familiar representa no Nordeste. “Está é a primeira vez que os estados do Nordeste se associam a um evento para melhor organizar o setor e promover o intercâmbio de políticas públicas para a economia solidária. Quem produz alimento de qualidade e agroecológico é a agricultura familiar e este será o maior evento do setor no Brasil”, informou.

Rosana Lima, coordenadora da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar no RN – Fetraf/RN, considerou que “a feira é a prova de que homens e mulheres do campo resistem ao retrocesso, produzem e demonstram que a agricultura contribui para o desenvolvimento dos estados e do país. Fomos ouvidos, encaramos o desafio e junto com os governos dos estados vamos fazer este grande evento”. A presidente da Unicafes – União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária, Fátima Torres, tem avaliação semelhante, e pontuou: “construímos junto com Governo do Estado esta feira que é grande oportunidade para fortalecer o setor”.

A perspectiva de ampliação da produção e dos negócios foi ressaltada pelo diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio. Ele disse que o evento vai viabilizar também contatos de compradores à agricultura familiar. “Estaremos presente com stand oferecendo mesas de negócios a cada Estado para viabilizar a comercialização entre o produtor e o comprador em escala”.

Integrante da coordenação nacional do MST, Érica Rodrigues, parabenizou o Governo do RN “pela grande estrutura que será disponibilizada na feira, um evento que dialogada com os movimentos de agricultores e agricultoras. Temos certeza que será sucesso”, declarou.

Representando a Assembleia Legislativa, a deputada estadual Isolda Dantas, afirmou que “a feira diz ao Nordeste e ao Brasil que a agricultura familiar produz, e produz sem veneno, alimentos de qualidade. Ela lembrou também que o Pecafes – programa de compras criado por lei de sua autoria e sancionado pelo Governo do RN – é um sucesso e se tornou modelo para o país. A deputada federal Natália Bonavides ressaltou que a Fenafes “é símbolo do compromisso dos governos do RN e dos estados do Nordeste de apoio a quem produz o alimento que a população brasileira consome.

“A realização da primeira Fenafes é uma ousadia”. A definição é de Bivar Dutra, secretário da agricultura familiar no estado da Paraíba. Ele também considerou que “a feira simboliza a capacidade de produção de alimentos pela agricultura familiar e mostra toda a sua capacidade”.

 No ato de lançamento a Governadora esteve acompanhada também dos secretários de Estado da Infraestrutura, Gustavo Coelho, Ana Maria Costa, Turismo, Comunicação, Daniel Cabral, Agricultura, Pesca e Pecuária, Guilherme Saldanha, adjunto da Sethas, Adriano Gomes, presidente da AGN, Edivane Vilar, presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, diretor da FJA, Fábio Henrique, diretor-geral da Emater, César Oliveira, Carlos  Cerveira, Controlador Geral do Estado, coordenadora de economia solidária da Sethas, Lidiane Freire.

Ainda compareceram Fábio Mendonça, superintendente da Conab, representante do senador Jean-Paul Prates, deputados Francisco Medeiros e Souza Neto, vereadoras em Natal, Divaneide Basílio e Brisa Bracchi, vice-presidente da Ocern, Joseilson Medeiros, Francisca Eliane, da rede Xique-xique de produtores, José Rodrigues, coordenador da Asa Potiguar.

*Fotos: Elisa Elsie – Assecom/RN

Postado em 23 de maio de 2022 - 18:17h

0 comentário