O Comunicador

“Por centímetros não fiquei cega”, diz torcedora do América-RN atingida por bala de borracha durante clássico

Uma torcedora relatou que foi atingida por uma bala de borracha e quase ficou cega durante o jogo entre ABC-RN e América-RN, no último domingo 23. Segundo a mulher, ela e o esposo estavam se aproximando do portão de entrada e houve o disparo, deixando-a inconsciente. A declaração foi dada em entrevista divulgada nesta terça-feira 25, no Bom Dia RN/InterTV Cabugi.

“Estava a caminho do estádio, quando chegando próximo a bilheteria estava havendo disparos. Vale ressaltar que, na hora do disparo, não estava havendo briga, não estava havendo confusão, não estava havendo atrito ou aglomeração da parte dos torcedores. Fomos recebidos com vários disparos, um deles acabou que pegou no meu rosto, como podem ver. Pegou no meu supercílio, em seguida eu desmaiei. Não me recordo muito bem, após o que aconteceu”, disse a estudante de psicologia, Victória Souza, de 21 anos.

Ela e o marido estavam próximos ao portão de acesso do Frasqueirão, quando o caso foi registrado. Vídeos mostram que, logo após a ocorrência, o marido levou a mulher para perto dos policiais. Os militares fizeram um sinal para outros membros não se aproximarem.

“Por poucos centímetros, não fiquei cega, meu olho não estourou. Por uma negligência de vocês (Polícia Militar), perdi meu supercílio, estou com muitas dores, passei por uma sutura que levou oito pontos. E estou à base de remédios para amenizar a dor que estou sentindo. Estou com o olho embaçado, quase não vendo nada”, relatou a estudante, que passará por novos exames oftalmológicos.

O Samu foi acionado por um funcionário do ABC. Durante o momento em que esperavam atendimento, o casal utilizou uma camisa do América para estancar o sangue. “Me deixaram jogada lá, sem nenhum tipo de atendimento. Com uma falta de respeito tremenda”, comentou a jovem.

“Ela ficou comigo e alguns colegas, não teve prestação de socorro

nenhuma por parte do BPChoque, que foi o causador desse conflito todo e o causador desse machucado que atingiu o olho da minha esposa. Por causa de centímetros não chegou a pegar no olho e poderia até cegar o olho dela”, disse o marido.

O casal disse que vai registrar um Boletim de Ocorrencia (B.O.) nos próximos dias.

Posicionamento da Polícia Militar

Em nota encaminhada ao Agora RN, a Polícia Militar disse que ainda não recebeu nenhum registro oficial da situação. “A Polícia Militar informa que até o momento não recebeu nenhum registro oficial da referida ocorrência. Por enquanto, a corporação aguarda a conclusão do relatório da “Operação Clássico Rei” para tomar as medidas necessárias”, disse o comunicado.

Postado em 25 de janeiro de 2022 - 13:52h

0 comentário