O Comunicador

Hospitais e clínicas suspendem testes de Covid por falta de insumos


A falta de insumos já faz hospitais e clínicas pelo Brasil começarem a suspender a realização de testes para detectar a covid-19. Depois do alerta da Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica) nesta 4ª feira (12.jan.2022).

Para o presidente do Sindilab (Sindicato dos Laboratórios de Pesquisa e Análises Clínicas), Alexandre Bitencourt, a rede privada possui capacidade de atender à demanda crescente por testes e o problema é a falta de insumos no mercado. “A gente não tem mais o fornecimento do AG [para o teste rápido] e os reagentes para o PCR não estamos conseguindo mais importar, só temos o que já está no Brasil, que não vai durar muito”, diz.

Ele explica ainda que não existe uma indústria nacional que forneça os materiais para a realização dos testes. “Existem distribuidores, eles fazem a importação em 99% dos casos e a gente compra direto deles. Não temos uma produção nacional, o que poderia ajudar em momentos como esse.”

Não é só na rede privada que os brasileiros têm encontrado dificuldade para realizar os exames. Cerca de 2.100 municípios apresentaram na semana passada um ofício ao Ministério da Saúde, solicitando apoio para que as cidades tivessem melhores estruturas para testagem.

Em resposta, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, atribuiu aos municípios a redução de testes de covid. “Como a pandemia caminhava para um controle, houve uma diminuição de solicitação dos municípios”, afirmou Queiroga em entrevista à CNN Brasil nesta 3ª feira (11.jan).

Os casos de covid-19 estavam em queda até 28 de dezembro, mas a média móvel de diagnósticos voltou a subir em 30 de dezembro.

*Poder 360

Postado em 13 de janeiro de 2022 - 6:37h

0 comentário