O Comunicador

Em visita ao RN, ministro da Justiça anuncia recurso para segurança pública e discute ações para melhorar qualidade de vida dos policiais

Anderson Torres, ministro da Justiça, visitou o RN onde participou da Jornada dos profissionais da Segurança Pública — Foto: Reprodução/Inter TV

Anderson Torres, ministro da Justiça, visitou o RN onde participou da Jornada dos profissionais da Segurança Pública — Foto: Reprodução/Inter TV

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, anunciou nesta quarta-feira (10), durante visita a Natal, que o Rio Grande do Norte deve receber R$ 25 milhões neste mês de novembro para investimentos na área de segurança no estado em 2022.

O investimento será do Fundo Nacional de Segurança. O valor é o mesmo recebido em 2019 e 2020. O ministro está no estado para participar da Jornada Nacional de Segurança Pública, que está sendo realizada em vários estados do país.

No Rio Grande do Norte, o evento discutiu ações que possam melhorar a saúde e qualidade de vida dos policiais, ponto que foi falado também pelo ministro.

“Nossa ideia é avançar na questão do plano de saúde, do seguro de vida, tudo que o homem de polícia possa precisar, possa vir a ter como facilidade, no exercício da sua atividade”, disse o ministro.

Quanto aos investimentos, ele disse que a previsão é de que o RN tenha acesso a esse recurso já na próxima semana.

“Nossa previsão é de que na próxima semana já esteja aqui esse recurso pra ser investido, somado ao que já veio, para o próximo ano”, disse.

Os valores serão aplicados em infraestrutura, segundo explicou o secretário de Segurança Pública do RN, Coronel Francisco Araújo.

“Para a construção de unidades policiais, para construção da central de delegacias e a sede da Polícia Civil. E estamos com edital lançado, de R$ 18 milhões, para construção do Itep, onde vai ser a sede da perícia técnica do RN. Todos os recursos pactuados com o governo federal e nesse convênio tem a contrapartida do governo do RN”, disse.

Novo concurso

No evento, o governo do RN também reforçou que deve lançar o edital de um novo concurso para a Polícia Militar que vai ser voltado apenas para profissionais de saúde.

O concurso será realizado após uma decisão judicial. O edital deve ser lançado ate o fim do ano e prevê a contratação de 70 profissionais entre enfermeiros, auxiliares, psiquiatras e psicólogos para o quadro da PM.

“São da PM porque são profissionais que vão fazer o concurso pra entrar no cargo público, mas irão atender a todos os servidores do sistema de segurança pública”, explicou o secretário de segurança do RN.

*G1 RN

Postado em 10 de novembro de 2021 - 21:53h

0 comentário