O Comunicador

Apesar da justiça mandar operar, idoso sofre há dois anos com prótese de quadril e parafusos soltos dentro do corpo

Foto Ilustrativa: Reprodução

Mais um triste caso da realidade caótica que virou marca registrada na saúde pública do RN: um idoso santa-cruzense, com 69 anos de idade, que há seis anos fez uma cirurgia de antroplastia total do quadril, espera, há dois anos, para realizar uma nova operação para substituir a troca de componentes – prótese e parafusos -, que, desgastados, se encontram soltos dentro do seu corpo. A justiça já determinou a realização do procedimento, mas até o momento a Secretaria de Saúde do Estado não cumpriu a determinação judicial. A denúncia foi feita pelo deputado estadual Tomba Farias (PSDB), nesta quarta-feira, 10, na Assembleia Legislativa.

“Até a presente data, a cirurgia não foi feita, mesmo depois da justiça ter bloqueado o dinheiro para a aquisição das próteses. Mesmo com o material para a cirurgia disponível, há mais de dois meses, o procedimento não foi agendado pelo Estado”, protesta o parlamentar.

O deputado municipalista relata ainda que o médico ortopedista que acompanha o caso, desde agosto de 2019, já havia atestado a necessidade de realizar uma nova cirurgia, já que as próteses estão soltas dentro do corpo do ancião, que agora só se locomove por meio de cadeira de rodas.

Diante do descumprimento da decisão judicial, a situação do idoso se agravou, já que a movimentação das próteses e parafusos causam a compressão de vasos e órgãos, provocando isquemia na extremidade do membro inferior, que “pode provocar necrose e amputação do membro do ancião”.

*BG

Postado em 10 de novembro de 2021 - 13:55h

0 comentário