O Comunicador

Marília Mendonça: torres violavam zona de aproximação a aeroporto

Foto: REPRODUÇÃO/GOOGLE EARTH

O avião que transportava a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas caiu em um local de difícil acesso, na zona rural de Piedade de Caratinga, a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte, e a apenas 2 quilômetros do aeroporto de Ubaporanga, onde deveria pousar.

Segundo relatório obtido pelo R7, o sistema de informações aeronáuticas do aeroporto de destino apontava a existência de torres de alta-tensão em montagem, oferecendo risco à aproximação. O relatório, chamado Infotemp, afirmava que as torres que estavam sendo instaladas violavam o plano básico de zona de proteção do aeroporto de Ubaporanga. O relatório que aponta essa irregularidade foi divulgado pelo sistema nos dias 3 de julho e 13 de setembro.

*R7

Postado em 6 de novembro de 2021 - 22:44h

0 comentário