O Comunicador

Mulher flagra marido em conversa íntima com padre e resolve extorquir o religioso


Uma mulher de 27 anos foi presa acusada de extorquir um padre de 50 anos, da Diocese de Catanduva (SP), após flagrar uma conversa íntima do marido dela com o pároco em junho deste ano e começar a exigir dinheiro do religioso para que ela ficasse em silêncio sobre o assunto.

Ele chegou a pagar R$ 3 mil pelo sigilo da mulher, mas ela continuou exigindo mais dinheiro e pediu mais de R$ 20 mil para que as conversas continuassem em segredo. Por não ter condições de pagar o que era exigido pela mulher, o padre denunciou o caso de extorsão à polícia.


O padre teria sido orientado pelos agentes a dizer que faria o pagamento. No dia 15 de setembro, a mulher enviou um mototaxista para buscar a quantia na casa do pároco e os policiais acompanharam o mototaxista até o local de trabalho da mulher. Assim que ela pegou o envelope acreditando ser o dinheiro, foi presa em flagrante.
No dia seguinte, a Justiça concedeu liberdade provisória à mulher, mas, por determinação, ela não pode manter contato com o padre e deve comparecer ao Fórum mensalmente, para informar suas atividades, enquanto responde ao crime. A mulher vai responder pelo crime de extorsão, que prevê pena de quatro a 10 anos de detenção.


Diocese
Em nota, o advogado da Diocese, Fabrício Pagotto Cordeiro, informou que a instituição se coloca à disposição para contribuir com a Justiça e que acompanhará o desfecho das investigações.
A nota informa ainda que a Diocese de Catanduva sempre orienta seus padres a atuarem com transparência em seus atos e comunicar as autoridades competentes qualquer ilícito que se envolverem. Sobre o caso, o padre não irá comentar.


*Último Segundo – iG

Postado em 4 de novembro de 2021 - 16:05h

0 comentário