O Comunicador

Em crise, garotas de programa fazem promoção de sexo oral em Natal

Neste fim de semana, algumas garotas de programas relataram por meio de mensagens que a crise financeira, enfrentada em Natal, chegou no mercado de prostituição.

Segundo elas, “antes da crise dava para faturar bem, chegando a ganhar R$ 300 por dois programas. Mas agora, se ganharmos R$ 100 em um dia é lucro”, disse uma delas.

Contudo, a crise veio – e com ela a falta de dinheiro que acarretou na baixíssima procura por serviços sexuais, hoje tem sexo oral até de 5,00 e 10 real com Halls.

*Marcos Trigueiro/Notícias No Face

Postado em 23 de setembro de 2021 - 8:19h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *