O Comunicador

Série D: ABC e Retrô ficam no empate em 1 a 1 na Arena Pernambuco

Gabriel Leite/Universidade do Esporte

ABC e Retrô ficaram no empate em 1 a 1 na tarde deste domingo (12), na Arena Pernambuco, pela Série D do Campeonato Brasileiro, na fase “mata-mata”. No próximo jogo entre as duas equipes, domingo (19), no Frasqueirão, quem vencer avança na competição. Novo empate e a decisão vai para as penalidades.

O Alvinegro optou por um esquema mais tradicional, com dois volantes e dois meias mais lentos (Allan Dias e Marcos Antônio). Voltando de contusão, Negueba ficou no banco de reservas como opção para a segunda etapa do jogo.

Com a bola rolando, o time potiguar deixou claro que optou pela defesa, apostando no resultado de empate para decidir no segundo jogo em Natal. Marcando forte, o time de Moacir Júnior pouco atacou, deu campo para o adversário e apostou no contra-ataque.

Tanto o Retrô, que teve mais a bola, quanto o ABC, mais marcador, não criaram opções de gol claras para animarem as torcidas.

O Retrô voltou mais aceso para a segunda etapa. Depois de pressionar, o clube pernambucano criou uma grande chance aos 7 minutos. Felipe Alves recebeu na direita, fintou para o meio e chutou. Welligton salvou o ABC.

Aos 21 minutos, numa jogada despretensiosa, Juan chegou atrasado e derrubou o atacante Gustavo do ABC na área. Penalidade que Wallyson cobrou no canto esquerdo do gol e o goleiro Jean voou para defender e mandar para escanteio.

No contra-ataque, o Alvinegro perdeu mais uma oportunidade clara de marcar. Negueba recebeu pela esquerda, avançou, puxou para o meio e chutou forte, mas em cima do goleiro do Retrô.

E o goleiro Jean se destacava na partida. Aos 37 minutos Wallyson recebeu na frente, avançou, ajeitou o corpo e chutou na diagonal. O camisa 1 do time pernambucano saltou e defendeu mais uma.

Mas, o número 1 do Retrô não foi páreo para o talento de Negueba. No contra-ataque, o jogador que esteve machucado por vários dias, recebeu na área, driblou para o meio e chutou para abrir o marcador para o ABC.

Quando tudo parecia que terminaria bem para o time potiguar, eis que, numa confusão dentro da área o árbitro viu pênalti pra o Retrô aos 48 minutos. Neilson, aos 50 minutos, cobrou bem, deslocando Welligton para empatar o jogo no último lance da partida.

*Tribuna do Norte

Postado em 12 de setembro de 2021 - 18:19h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *