O Comunicador

CPI da Covid no RN ouve novos depoimentos sobre compra de EPIs e plenário aprova transmissão das sessões

Sessão da CPI da Covid nesta quinta (12) — Foto: João Gilberto/ALRN

Sessão da CPI da Covid nesta quinta (12) — Foto: João Gilberto/ALRN

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid ouviu nesta quinta-feira (12) novos depoimentos de membros da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) sobre a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) durante a pandemia. Na quarta, os deputados já haviam ouvido os primeiros depoimentos.

Além disso, esta quinta-feira marcou o início das transmissões dos depoimentos e das sessões da CPI da Covid, que até então estavam sendo sigilosas. As reinvindicação para transmissão foi aprovada no plenário da Assembleia Legislativa do RN e as vão acontecer pela TV Assembleia.

“A bancada do governo cedeu, nós fechamos um acordo e foi aprovado no plenário”, comemorou o deputado Kelps Lima, presidente da CPI. “As transmissões não estavam sendo feitas, porque o regimento da casa não permitia. E o regimento foi aprovado por todos nós”, explicou o deputado Francisco do PT, relator da CPI.

Na primeira sessão pública, o tema seguiu sobre a licitação para compra de EPIs, como sapatilhas, tocas e aventais para os profissionais da saúde. Foram ouvidos nesta quinta o coordenador administrativo da Sesap, Hailton Júnior, a enfermeira da pasta Eliane Medeiros da Costa e do auditor de controle interno Allan Jallyson Albano da Silva.

Primeiro a depor, o coordenador administrativo Hailton Júnior foi questionado sobre um parecer elaborado por ele na época do recebimento dos EPIs.

“Eu participava do rito processual como um todo. Não tenho que fazer relatório, mas em alguns momentos a gente precisa fazer um despacho e essa é a função do administrador, de deixar tranquilo e respaldado todos os servidores que tomam as decisões no processo pra compra”, falou.

“Então, em algum momento o relatório que você pode citar que é o despacho, faz menção aos cuidados que os servidores precisam ter e que ele mostrem a temporalidade disso dentro do processo. Apenas isso”.

Além do presidente e relator da CPI, participaram da sessão o deputado suplente Nelter Queiroz e o deputado George Soares.

O presidente da CPI, Kelps Lima, falou que já solicitou a quebra do sigilo bancário da Sesap, como havia anunciado na sessão anterior.

“Isso pode não ser verdade, mas a gente precisa apurar e ter acesso a esses dados. Por isso a gente pediu a quebra do sigilo”, disse.

*G1 RN

Postado em 12 de agosto de 2021 - 21:51h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *