O Comunicador

Ceni não aceita acordo, e Flamengo terá de pagar multa de cerca de R$ 3 milhões por demissão

Foto: Gil Gomes/AGIF

O técnico Rogério Ceni não aceitou o acordo proposto pelo Flamengo, e o clube terá de pagar a multa integral prevista pela demissão. O treinador, que foi desligado do Rubro-Negro na madrugada do último sábado, tinha contrato até o fim do ano.

De acordo com o vínculo, Ceni ainda teria cerca de R$ 3 milhões a receber. Vale lembrar que parte desta quantia era em carteira, e outra parte como direito de imagem — a rescisão será em cima do valor registrado em carteira. A informação foi publicada, primeiramente, pelo jornal “Extra” e confirmada pelo UOL Esporte.

Com a demissão de Ceni e a chegada de Renato Gaúcho, o Flamengo não poderá mais realizar um novo acerto para o cargo ao longo do Campeonato Brasileiro. Agora, pela nova regra, um clube não pode demitir mais do que um técnico durante o campeonato. Se um segundo treinador for dispensado, o clube precisa efetivar alguém que já esteja registrado pelo clube junto à CBF — seja um auxiliar ou membro das categorias de base.

*UOL

Postado em 13 de julho de 2021 - 21:34h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *