O Comunicador

Nitazoxanida contra Covid-19: estudo traz sinais positivos, com redução de carga viral

Foto: Getty Images/SAÚDE

Um estudo recém-divulgado, conduzido por pesquisadores brasileiros, avaliou o uso da nitazoxanida em casos moderados de Covid-19. Publicado na revista científica E-Clinical Medicine, o novo trabalho incluiu 50 indivíduos já internados com sintomas moderados da infecção pelo coronavírus. Eles foram divididos em dois grupos – metade tomando placebo, metade tomando o comprimido, que tem dosagem diferente daquela vendida na farmácia sob o nome comercial Annita.

Os voluntários que receberam a nitazoxanida tiveram alta mais cedo, em média em seis dias, ante 14 dias de hospitalização no braço do placebo (cápsulas sem princípio ativo). Houve ainda maior redução da carga viral e de substâncias inflamatórias nos participantes que tomaram o medicamento real.

Os autores destacam que esse estudo é uma prova de conceito – ou seja, uma espécie de teste inicial que diz se o remédio merece ou não investigações mais aprofundadas, em ensaios clínicos maiores. É preciso tanto confirmar os achados em mais gente quanto ter certeza sobre a segurança do medicamento.

Matéria completa AQUI na Saúde, do grupo Abril.

Postado em 8 de julho de 2021 - 18:51h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *