O Comunicador

Ex-marido de mulher assassinada a facadas se entrega à Polícia Civil e é preso na Grande Natal

Um homem de 30 anos apontado como principal suspeito do assassinato de Anailzy Suany Marques da Costa, de 32 anos, se entregou à Polícia Civil e recebeu voz de prisão nesta sexta-feira (2). Segundo a corporação, ele confessou o crime.

Segundo a polícia, ele teria esfaqueado a ex-companheira na área comum do condomínio onde ela morava, no bairro Liberdade, em Parnamirim, região metropolitana de Natal, e fugiu em seguida.

O suspeito se apresentou nesta sexta-feira (2), acompanhado de advogados, aos agentes da Força-Tarefa da Polícia Civil em Parnamirim. Ele recebeu voz de prisão, porque já tinha um mandado de prisão em aberto.

O homem foi interrogado e entregue ao sistema prisional.

O crime

Anailzy Suany foi morta a facadas, na noite de segunda-feira (28), na área comum do condomínio onde morava havia aproximadamente três meses. Ela dividia um apartamento com a irmã e o filho de 12 anos, desde que se separou.

Vizinhos contaram que por volta das 19h30 ouviram voz de uma mulher gritando por socorro. Quando eles chegaram ao local, encontraram a vítima caída entre dois blocos de apartamentos, próximo à quadra do condomínio. Ela morreu no local, antes da chegada do socorro médico.

O ex-marido de Anailzy, com quem ela teve um relacionamento de 12 anos, tinha se mudado para o prédio havia 3 semanas. Sem que a ex-mulher soubesse, ele alugou um apartamento ao lado do bloco dela.

Medida protetiva

Vizinhos contaram à Polícia Civil que a vítima relatou que tinha uma medida protetiva para garantir distância do ex-marido, com quem viveu um relacionamento abusivo. Mas, Anailzy nunca apresentou o documento ao condomínio para impedir a entrada do ex-marido no local.

Anailzy Suany Marques da Costa, de 32 anos, foi morta a facadas na noite desta segunda-feira, 28 — Foto: Reprodução

Anailzy Suany Marques da Costa, de 32 anos, foi morta a facadas na noite desta segunda-feira, 28 — Foto: Reprodução

*Fonte: G1 RN

Postado em 2 de julho de 2021 - 21:24h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *