O Comunicador

Estado de São Paulo ultrapassa 3 milhões de infectados pelo coronavírus um dia após passar de 100 mil mortes


Vista geral de uma movimentada rua comercial no centro de São Paulo em março de 2021 | Foto: SEBASTIAO MOREIRA / EFE

Um dia após ultrapassar a marca de 100 mil mortos pela covid-19, o estado de São Paulo passou hoje de 3 milhões de infectados pela doença. Os dados são da Secretaria estadual de Saúde.

Ao todo, são 3.003.067 de pessoas que já tiveram resultado positivo para a covid-19 desde o início da pandemia. Desses, 5.785 foram registrados somente nas últimas 24 horas.

No dia 1 de abril, o estado registrou seu recorde de infecções: mais de 26,5 mil em apenas um dia. Desde então, os números mostram queda, embora ainda seja em patamares muito altos.

Já os óbitos totalizaram hoje 100.799. Desses, 150 foram registradas nas últimas 24 horas. Aos fins de semana, o número tende a ser menor devido à redução nas equipes de trabalho da secretaria.

Ontem, a secretaria de Saúde chamou atenção para o alto número de faltosos para a aplicação da segunda dose da vacina. Segundo os dados consolidados até a última quinta-feira (6), 400.958 pessoas que já receberam a primeira dose dos imunizantes disponíveis ainda precisam completar a imunização com a segunda dose.

A gestão de João Doria (PSDB) manteve a fase de transição no estado por mais duas semanas, até 23 de maio. Mas, desde ontem, restaurantes, salões de beleza, igrejas, atividades culturais e comerciais, e academias podem funcionar até as 21h. Antes, era até as 20h. A capacidade permitida de atendimento também passou de 25% para 30%.

O governo diz que as quedas nos três principais indicadores —novos casos, internações e óbitos— permitiram que o estado fizesse essa flexibilização. Até a última sexta-feira (7), o estado apresentava, segundo a secretaria de Saúde:

  • diminuições de 10,8% nos novos casos diários;
  • de 0,4% em novas internações;
  • e de 13,5% em óbitos.

*UOL

Postado em 9 de maio de 2021 - 19:17h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *