O Comunicador

Cerro Corá: Prefeita Graça Oliveira credita insucesso eleitoral à divisão do seu grupo político

Em entrevista ao radialista Maninho Oliveira no Facebook, a prefeita Graça Oliveira (PSD) atribuiu o insucesso eleitoral nas urnas, no dia 15 de novembro, às defecções ocorridas no grupo político da situação, que resultou na candidatura a prefeito do vereador Maciel Freire e do vereador Erinho Albuquerque (Republicanos). “O nosso grupo dividiu-se e com isso acredito que foi a gota d’água para que não tivéssemos êxito eleitoral, mas jamais me sinto derrotada”, disse a chefe do Executivo, que deixa o cargo no dia 1º de janeiro de 2021.

Ao contrário do que avaliam algumas pessoas em Cerro Corá, a prefeita Graça Oliveira afirmou ao radialista Maninho Oliveira, na noite deste terça-feira (29), que o desgaste na área de saúde não afetou sua campanha eleitoral. “Em todas as áreas tem desgaste, mas a nossa gestão foi a que mais trabalhou em prol da saúde”, citando como prova a compra de máquinas para exames clínicos, aquisição de gerador de energia elétrica, além de veículos, inclusive ambulância e ônibus. “Houve falhas, mas foi muito menos do que na gestão anterior, mas sempre haverá falhas em todas as áreas quando se trabalha com gente”, continuou.

Às vésperas de entregar o cargo ao prefeito diplomado Raimundo Marcelino Borges, a prefeita Graça Oliveira inaugurou uma série de obras nas áreas de saúde, infraestrutura e apoio ao esporte, tendo admitido uma certa frustração por não ter entregue o centro de atletismo, que já tem recursos garantidos e feita sua licitação, “mas não deu tempo construir”.

*cerrocoranews

Postado em 30 de dezembro de 2020 - 7:43h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *