O Comunicador

Diretor do Instituto Butantan projeta Coronavac registrada para uso até o início de fevereiro; estudo sobre eficiência serão apresentados em dezembro

Foto: Diego Vara/ Reuters

O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas contou à CNN que o órgão planeja entrar com um pedido de registro da Coronavac, desenvolvida em parceria com farmecêutica chinesa Sinovac, na Agência Nacional de Vigilância Santiária (Anvisa) ainda em 2020. E que o imunizante deve estar pronto para uso até fevereiro.

“Nesta segunda-feira (23) anunciamos que os estudos clinicos da coronavac já permitem a realização dos estudos de eficácia. Até o final deste ano iremos entrar com pedido de registro da vacina na Anvisa. A partir da segunda quinzena de janeiro ou início de fevereiro teremos a vacina registrada e pronta para uso.”

*Veja mais em  CNN BRASIL

Postado em 23 de novembro de 2020 - 20:54h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *