O Comunicador

Homem é detido e levado à delegacia após cegar cavalo com óleo quente na Grande Natal, diz PM

Cavalo teria ficado cego após suspeito jogar óleo quente e formol, diz PM — Foto: Reprodução

Cavalo teria ficado cego após suspeito jogar óleo quente e formol, diz PM — Foto: Reprodução

Um homem foi detido e levado à delegacia de plantão, na noite desta sexta-feira (16), por crime de maus-tratos a animais. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito teria cegado um cavalo usando formol e óleo queimado. O caso aconteceu na praia de Pitangui, em Extremoz, na região metropolitana de Natal.

O pelotão da Polícia Militar no município foi acionada por volta das 21h40 para ir à rua Conjunto Novo, em Pitangui. Ao chegar ao local, os militares encontraram o filho do dono do cavalo chorando. A testemunha disse à polícia que foi alimentar os animais e o encontrou o cavalo cego. Além disso, afirmou que viu o suspeito correndo com uma garrafa na mão.

Os militares foram até a casa do homem e encontraram garrafas de formol e de óleo de cozinha queimado. Eles determinaram que o homem saísse do imóvel e houve resistência. No entanto, o suspeito acabou detido e foi levado para a delegacia de plantão.

Ainda de acordo com os policiais, o homem teria afirmado que não queria que o cavalo fosse colocado no beco próximo de sua casa e por diversas vezes já havia ameaçado matar o animal. Segundo vizinhos, ele é conhecido por confusões na região.

G1 entrou em contato com a Polícia Civil para saber se o homem ficou preso ou vai responder em liberdade, mas não recebeu retorno até a publicação desta matéria.

Postado em 17 de outubro de 2020 - 20:07h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *