O Comunicador

Polícia Civil prende no interior do RN suspeito por golpes financeiros a idosos

Foto: Ilustrativa

Uma ação da Delegacia Municipal de Apodi, com apoio de policiais militares da cidade, resultou na prisão em flagrante de Ranulfo Holanda Cavalcante Filho, na tarde dessa terça-feira (19). Ele é investigado pela prática de usura, pois emprestava dinheiro aos idosos da região, com juros de até 40% ao mês e retinha os cartões de aposentadoria e benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) das vítimas.

O suspeito foi preso no momento em que os policiais cumpriam um mandado de busca e apreensão na residência dele. No local, foram apreendidos cartões bancários de idosos, anotações de dados bancários das vítimas e notas promissórias.

Ranulfo Holanda emprestava dinheiro aos idosos com juros e ficava com o cartão da vítima, afirmando que era a forma de garantir o pagamento. Com os dados das vítimas, ele passava a movimentar as contas dos idosos contraindo empréstimos e praticando outras fraudes. Além disso, ele sacava mensalmente a integralidade dos valores das aposentadorias das vítimas.

“Durante a investigação, uma das vítimas nos relatou que tomou um empréstimo de mil reais no ano passado e que teve os cartões retidos. Além de sacar mensalmente a aposentadoria, o suspeito já havia retirado o 13º. de 2019 e já havia feito antecipação da parcela de 2020. Em um determinado momento, a vítima pediu os cartões de volta e Ranulfo Holanda alegou que só devolveria, caso ela pagasse o valor de mil reais que havia sido emprestado. Ou seja, o modus operandi do suspeito foi organizado para obter muitos valores das vítimas, durante um prazo prolongado”, detalhou o delegado de Apodi, Paulo Nilo.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Postado em 20 de maio de 2020 - 15:11h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *