O Comunicador

Covid-19: Projeção pessimista da Sesap apontava que teríamos hoje 2,6 milhões de infectados e mais de 14 mil mortes; RN registrou 2.786 casos e 122 óbitos

Chegamos ao dia 15 de maio, data na qual o Rio Grande do Norte teria 14.649 óbitos causados pelo novo coronavírus de acordo com o cenário mais pessimista do polêmico estudo que a Secretaria de Estado da Saúde Pública-Sesap tornou público em entrevista coletiva no dia 7 de abril.

Neste mesmo cenário, o número de infectados pela doença seria de 2.637.446, o equivalente a 75,2% da população do estado.

No cenário real, o RN registrou até agora 122 óbitos com outros 61 ainda sob investigação, bem distante das mais de 14 mil mortes da projeção pessimista.

Já o número total de casos registrados pela Sesap de acordo com o boletim de hoje é de 2.786, praticamente mil vezes menor que os dados do estudo.

Mesmo levando em consideração o quadro otimista da projeção, a diferença em relação à realidade ainda é gritante. Teríamos ainda mais de 2 milhões de infectados e 11.378 mortes por Covid-19.

Internados

O secretário adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, informou no início da tarde desta sexta-feira (15) que o número total de pacientes internados em leitos de UTI, semi-uti e enfermaria chegou a 350.

Se estivéssemos vivenciando o cenário da projeção pessimista, o RN precisaria de 9.113 leitos de UTI adulto e de mais 19.736 leitos de enfermaria para atender pacientes com covid-19.

No quadro otimista, o estado necessitaria 7.843 leitos de UTI adulto e outros 16.986 leitos de enfermaria para cuidar dos infectados pelo coronavírus.

*BG

Postado em 15 de maio de 2020 - 20:10h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *