O Comunicador

Ferro de passar roupa atinge alta temperatura e é eficaz em destruir o coronavírus

Imagem Ilustrativa

O ferro de passar roupa inativa o Sars-CoV-2 de roupas e superfícies de tecido?

Leonardo Weissmann, médico do Hospital Emílio Ribas e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia, afirma que o ferro de passar roupa atinge temperaturas acima de 100°C, sendo eficaz na inativação do Sars-CoV-2.

No entanto é necessário, mesmo usando o ferro, lavar a roupa antes, uma vez que o vírus pode se alojar em costuras e dobras, às quais o acesso é difícil, completa o infectologista.

No entanto, alguns tecidos sintéticos, como o poliéster, não suportam temperaturas elevadas e nesse caso as indicações da etiqueta de lavagem devem ser seguidas.

Estudo publicado no periódico científico The Lancet Microbe avaliou a estabilidade do vírus em diferentes superfícies e condições e verificou que, quando submetido a temperaturas acima de 70˚C, o vírus é inativado em cinco minutos.

Em temperatura ambiente (22°C) e com umidade do ar de 65%, os pesquisadores observaram que o vírus permanece estável em tecidos por até um dia. Dessa forma, o ferro de passar é uma boa ferramenta para eliminar o vírus dessas superfícies.

*FOLHAPRESS

Postado em 13 de maio de 2020 - 6:53h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *