O Comunicador

“Prefeitos” se rebelam contra Fátima sobre funcionamento do comércio no RN

Após Decreto publicado pela governadora Fátima Bezerra (PT) nesta quinta-feira (09) ampliando as restrições ao comércio, vários prefeitos do RN se opuseram à determinação estadual e publicaram decretos próprios indo de encontro à ordem do governo estadual.

A prefeitura do Prefeitura do Natal foi a primeira a protestar contra o decreto estadual. Em edição extra do Diário Oficial do Município (DOM), publicou um decreto que autoriza a abertura do comércio e serviços essenciais no feriado desta sexta-feira (10), bem como aos sábados e domingos, em horário diferenciado.

O decreto estadual proíbe supermercados e padarias de abrirem aos domingos e feriados em todo o Rio Grande do Norte. A medida visa conter a disseminação do novo coronavírus.

Parnamirim
Em Parnamirim, o prefeito Rossano Taveira fez o mesmo e publicou um decreto em edição extra do Diário Oficial facultando a abertura do comércio e a prestação de serviços – considerados essenciais, nesta sexta-feira Santa (10) e no sábado (11), respeitando rigorosamente o horário de funcionamento que será das 7h às 20h.

MOSSORÓ
A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, também garantiu que os supermercados poderão funcionar aos domingos das 7h às 13h. Segundo a chefe do Executivo, isso já estava determinado no decreto 5.631, publicado no dia 6 de abril. Durante a semana os estabelecimentos que desejarem podem abrir até às 22h.

SANTA CRUZ
O prefeito de Santa Cruz, Ivanildinho, também definiu pela manutenção do funcionamento dos estabelecimentos comerciais da cidade, conforme já havia determinado anteriormente pelos Decretos Municipais publicados.
O novo Decreto Municipal N° 1.857, publicado na tarde desta quinta-feira (09) também define pela extensão do horário de funcionamento dos mercados e supermercados das 7h até às 22h, de domingo a domingo, inclusive nos feriados.

SÃO GONÇALO DO AMARANTE
A cidade de São Gonçalo do Amarante também foi de encontro à determinação da governadora Fátima Bezerra. A prefeitura explicou que o município, como ente público autônomo, desde o dia 25 de março expediu o Decreto Municipal que disciplina o funcionamento de atividades essenciais tais como supermercados, padarias, farmácias, entre outros. Por enquanto o município não alterará esse decreto que disciplina essas atividades.

*Fonte: Portal Grande Ponto

Postado em 9 de abril de 2020 - 22:57h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *