O Comunicador

União gastou R$ 847 mil com assessores e motoristas de Lula durante prisão

Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Enquanto estava preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) manteve uma equipe de assessores e motoristas ao custo de pelo menos R$ 847.282,62 pagos pela Presidência da República. O levantamento é do portal UOL.

O valor é referente aos gastos entre junho de 2018 e outubro de 2019, segundo dados informados pela Secretaria-Geral da Presidência a pedido do UOL. O salário dos auxiliares de ex-presidentes pode chegar a R$ 13,6 mil cada um — se eles forem militares, como acontece com integrantes da equipe de Lula, recebem remuneração extra por causa da função comissionada.

*Via BG

Postado em 15 de fevereiro de 2020 - 14:18h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *