O Comunicador

Jovem suspeita de matar o marido a tiros em Caicó se defende acusando a vítima

Um crime visto até então como ‘passional’ registrado na noite deste sábado na zona norte de Caicó chocou toda a cidade e ceifou a vida de um designer.

O crime, segundo depoimento MARIA EDUARDA, acusada de apertar o gatilho e matar AIRTON ARTHUR, teria sido motivado por discussão entre ambos.

Ela acusou Arthur de agredi-la, e na iminência de ser morta por ele, tratou de sacar uma arma de fogo e atirar contra o companheiro, que morreu na hora.

A polícia agora segue investigando para entender como MARIA EDUARDA conseguiu a arma de fogo, se há registro e porte dessa arma e se a motivação foi passional.

A suspeita foi presa em flagrante após receber a polícia que ela mesma chamou após o crime de homicídio.

*Jair Sampaio

Postado em 5 de janeiro de 2020 - 14:22h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *