O Comunicador

Ministro Alexandre de Moraes mantém ‘viúva da Mega-Sena’ na prisão

Foto: AFP

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou habeas corpus apresentado pela defesa de Adriana Ferreira Almeida Nascimento, a Viúva da Mega-Sena. Os advogados alegavam que o novo entendimento da Corte sobre prisão em segunda instância deveria garantir a soltura de Adriana, condenada pelo homicídio de seu marido, o ex-lavrador Renné Senna, que ganhou R$ 52 milhões no concurso de 2005.

Adriana Nascimento foi condenada em 2016 a 20 anos de prisão pelo crime. À época, a Justiça negou a possibilidade dela recorrer em liberdade. A viúva, no entanto, só foi presa em junho do ano passado, no Rio de Janeiro, após ficar dois anos foragida. Ela foi capturada em Tanguá, na região metropolitana do Rio, em uma casa que, segundo a polícia, era usada como esconderijo.

Nos autos, a defesa da viúva alega que ela sofre constrangimento ilegal após continuar detida mesmo depois do entendimento do STF sobre execução provisória de pena.

*Correio Braziliense

Postado em 15 de dezembro de 2019 - 14:43h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *