O Comunicador

Samuel Rosa anuncia o fim do Skank

O vocalista do Skank, Samuel Rosa, anunciou o fim da banda. Em entrevista à jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o artista declarou que o grupo deve cair na estrada para uma turnê de despedida, no ano que vem. Depois disso, os músicos finalizam a agenda da formação, sem previsão de retorno.

Desde os anos 90, após o sucesso de álbuns como “Calango” (1994) e “Samba Poconé” (1996), o Skank se mantinha no patamar dos grandes nomes do pop brasileiro. Em 2020, a banda fará a turnê “30 anos”. O tempo de estrada, segundo Samuel Rosa, é um dos motivos alegados para a separação. “Cara, são 30 anos tocando com as mesmas pessoas! Já fiz de tudo lá. Está na hora de brincar um pouco, sabe?”, declarou o artista, para Mônica Bergamo.

A decisão partiu do próprio vocalista. Segundo ele, o Skank já não oferecia mais “riscos” enquanto projeto artístico. Um dos principais compositores do grupo, Samuel revelou que, dessa forma, a banda vinha se acomodando. 

*Diário do Nordeste

Postado em 3 de novembro de 2019 - 15:48h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *