O Comunicador

“Vi a morte de perto”, diz mulher esfaqueada pelo ex-marido

Ex-marido da vítima, Josenildo de Lima, é o principal suspeito da tentativa de feminicídio ocorrido em agosto e permanece preso

Início da tarde do dia 17 de agosto, um sábado, Ana Cristina saiu da casa onde morava no bairro Igapó, Zona Norte de Natal, para ir ao trabalho, como de costume. Ela não imaginava as cenas de violência que passaria minutos depois e que a vida dela mudaria completamente.

“Eu estava indo trabalhar, inocente e de repente ele apareceu do nada e me esfaqueou. Eu vi a morte de perto. Foi muito difícil. Foi um momento de desespero. Pedi socorro para salvarem minha vida”, disse a vítima de tentativa de feminicídio em entrevista à TV Ponta Negra.

A vendedora ainda se recupera dos ferimentos que sofreu. Segundo a polícia, o ex-companheiro Josenildo de Lima é o principal suspeito do crime e permanece preso. De acordo com testemunhas, ele não aceitava o fim do relacionamento e naquele dia esperou Ana sair da residência e a atacou com vários golpes de faca.

Uma das facadas atingiu a coluna de Ana e ela ainda está sem conseguir andar. Aos poucos, a vítima que mora com os três filhos segue em busca da recuperação e já começa a fazer movimentos com a perna esquerda.

“Eu tinha uma vida normal, trabalhava e ficar em cima da cama é muito difícil para mim. Tem momentos que fico triste e choro, mas tenho fé que vou me recuperar porque não desisto fácil. Tenho fé em Deus”, ressaltou Ana Cristina.

*OP9

Postado em 26 de setembro de 2019 - 13:43h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *