O Comunicador

Transexual se casa em cerimônia na Penitenciária de Tacaimbó

A semana foi de muito amor e festa na Penitenciária de Tacaimbó, no Agreste de Pernambuco. Após dois anos de relacionamento, a reeducanda Xana, de 39 anos, disse sim para o detento Robson Genésio de Lima Silva, 30. O casal se conheceu quando ela, que é transexual, trabalhava no setor de saúde da unidade carcerária. Ao longo desse tempo, a relação amadureceu e, na última quarta-feira (20), o enlace foi oficializado com direito a vestido de noiva, buquê, bolo e, claro, a troca de alianças.

Me sinto amparada neste presídio em poder realizar esse sonho, muitas (trans) estão engavetadas (sic) e precisam de uma força como essa.

Xana
Reeducanda transexual

A recepção aos familiares dos noivos aconteceu na própria penitenciária. Na semana passada, no dia 20, aconteceu o casamento civil no Fórum da Comarca de Caruaru. “A ação é uma forma de respeitar as escolhas dos reeducandos e contribuir para o processo de ressocialização que passa também pelo âmbito emocional e social”, pontuou o gerente da PTAC, Felippe Diniz.

Casamento Trans – O Presídio de Salgueiro, no Sertão do estado, realizou a primeira união de uma transexual no dia 29 de julho deste ano.

*OP9

Postado em 26 de setembro de 2019 - 22:13h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *