O Comunicador

Mandante de explosão a carro-forte em Bom Jesus é um dos mortos em confronto na Grande Natal, diz Polícia Civil


Suspeitos baleados em Parnamirim foram socorridos ao Hospital Regional Deoclécio Marques, mas não resistiram — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A Polícia Civil identificou um dos dois homens mortos na manhã desta quarta-feira (11) em Parnamirim, cidade da Grande Natal, durante uma troca de tiros com policiais da Delegacia de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor). Trata-se de Francisco Emerson Gomes da Rocha, de 31 anos, o ‘Ceará’, apontado como mandante do assalto ocorrido na semana passada que terminou com a explosão de um carro-forte na BR-226, em Bom Jesus.

Após o confronto em Parnamirim, outros dois homens e uma mulher foram presos em Nísia Floresta, ainda na região metropolitana da capital potiguar. Dois revólveres, uma espingarda calibre 12 e um carregador de fuzil foram apreendidos com o grupo, além de várias cédulas de R$ 100. Muitas das notas estão com marcas de queimaduras.

Cédulas de R$ 100 foram apreendidas, muitas delas com marcas de queimaduras — Foto: Polícia Civil do RN

Cédulas de R$ 100 foram apreendidas, muitas delas com marcas de queimaduras — Foto: Polícia Civil do RN

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o confronto aconteceu no bairro de Cajupiranga. Ceará e o outro baleado ainda foram socorridos ao Hospital Regional Deoclécio Marques, mas não resistiram aos ferimentos. O outro morto ainda não foi identificado.

A Polícia Civil também informou que havia um mandado de prisão em aberto contra Ceará, que era investigado por organização criminosa e roubo a banco.

Carro-forte foi explodido por bandidos na BR-226, em Bom Jesus, na semana passada — Foto: Redes Sociais

Carro-forte foi explodido por bandidos na BR-226, em Bom Jesus, na semana passada — Foto: Redes Sociais – *G1 RN

Postado em 11 de setembro de 2019 - 15:27h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *