O Comunicador

Presidente do Crea se reúne com parlamentar para discutir alternativas contra suicídios na Ponte Newton Navarro

A presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do RN (CREA-RN), Ana Adalgisa Dias Pinheiro, recebeu a visita do deputado federal Girão Monteiro (PSL), conhecido como General Girão. Em pauta, ações que podem ser adotadas para barrar o número de suicídios na ponte Newton Navarro.

Ana Adalgisa afirmou que o assunto é motivo de preocupação, não só do Crea como também do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RN (CAU). “Vamos realizar um concurso de ideias para apresentar propostas que possam trazer soluções a longo prazo”, disse a presidente.

O general Girão falou que tem interesse em encontrar uma alternativa para minimizar esses problemas que vêm acontecendo em Natal. “Já perdi um amigo nesta ponte e eu me comprometo em buscar os recursos necessários para realizar essa obra”, disse.

O vice-presidente Vilmar Segundo sugeriu o nome do conselheiro Alessandro Ricard para coordenar os trabalhos. “O nosso objetivo é termos um esboço do orçamento da obra no dia 17 de maio”, disse o conselheiro.

De acordo com a presidente, os projetos que surgirem no concurso de ideias serão apresentados em audiências públicas para discutir a alternativa mais viável para a Ponte Newton Navarro.

A presidente Ana Adalgisa aproveitou a visita do deputado Girão Monteiro para convida-lo a participar da solenidade de instalação da Frente Parlamentar Mista da Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, marcado para o dia 9 de abril (terça-feira), às 17h, no Plenário 14 da Câmara dos Deputados, em Brasília-DF. O deputado aceitou o convite e confirmou presença.

O encontro também contou com a participação do conselheiro Gilbrando Medeiros; do presidente da Aprogeo, Pablo Ruyz; do secretário geral do PSL, General Araújo Lima, Domingos Guará e psiquiatra Daniel Sampaio.

*BG

Postado em 7 de abril de 2019 - 18:48h

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *