O Comunicador

Bactéria presente na saliva dos pets pode matar humanos até com lambida

Mulher com cachorro (fcscafeine/Thinkstock)
Uma bactéria presente na saliva da maioria dos cães e gatos pode levar o ser humano à morte. A bactéria é a capnositopefaga e a infecção pelo contato com ela é raríssima.

 

Mas uma mulher morreu nos Estados Unidos neste mês, após ter sido infectada pela bactéria. Os médicos suspeitam que a infecção tenha sido causada por uma lambida de seu cachorro.

 

Em entrevista à CNN, o marido da vítima disse que a família suspeitou que ela tivesse apenas uma gripe. Mas os antibióticos comuns não tiveram efeito e, depois de dois dias internada, ela faleceu.

 

Segundo os médicos que atenderam a paciente, o contato com a bactéria capnositopefaga é raramente problemático e quase nunca fatal. Mas, para algumas pessoas, as consequências podem ser devastadoras.

 

Em outro caso recente, um homem teve uma perna amputada devido a uma infecção causada pela mesma bactéria. A causa mais provável do problema, de novo, é a lambida de um cachorro. Assim como no caso anterior, os médicos ressaltam que a infecção é extremamente rara, em especial quando não há mordida do bicho.

 

Segundo o jornal The Independent, apenas 500 casos de infecção causada por capnositopefaga foram registrados nos Estados Unidos e no Canadá, sem que houvesse uma mordida de animal. 
*Exame
Postado em 27 de agosto de 2018 - 18:54h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *