O Comunicador

Quebra de acordo para indicar o vice é a queixa de Manoel de Cláudio

A quebra de acordo político para que viesse a indicar o candidato a vice-prefeito, numa chapa encabeçada pelo vice-prefeito João Batista de Melo Filho, é tida como motivação principal para o afastamento e desfiliação do vereador Manoel de Cláudio do PMDB. 

O vereador até já anda conversando com o deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB), ao qual apoio nas eleições gerais de 2014 em Cerro Corá, onde o parlamentar jucurutuense obteve 462 votos, com a finalidade de orientá-lo quanto a sua filiação a uma nova sigla partidária. 

Pra não ter que ficar a reboque de algum político cerrocoraense, o que se diz em Cerro Corá é que Manoel de Claúdio, que chegou a ter um filho no primeiro escalão do prefeito Raimundo Marcelino Borges, o “Novinho”, deve optar por um partido no qual possa presidir o diretório municipal. 
*Fonte: Cerrocoranews
Postado em 25 de fevereiro de 2016 - 0:15h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *