O Comunicador

Nem todas as águas envasadas no Seridó estão liberadas pela Vigilância Sanitária

Em época de crise hídrica o que mais nos deparamos é com a venda de água envasada. Talvez alguns não saibam, mas se não tomarmos alguns cuidados poderemos estar consumindo água imprópria para o consumo humano. 

Fiscalizar é dever de um órgão chamado Vigilância Sanitária.

Na região, são pouquíssimas as empresas que estão em situação regular para a comercialização de águas envasadas, as chamadas purificadas. 


A lista das empresas interditadas ainda não foi divulgada pelos órgãos. Pelo menos foi o que garantiu ao Panorama 95 (Rural FM) desta terça-feira (01), a Noelma Marcina, fiscal da Vigilância Sanitária no Seridó. 
*Via F. Silva
Postado em 1 de dezembro de 2015 - 20:58h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *