O Comunicador

Suspeitos de arrastão e estupros são reconhecidos por outros crimes

Os policiais civis da 1ª Delegacia de Parnamirim, em continuidade ao trabalho investigativo, identificaram os presos Euclides Tomás, de 18 anos, e Jeová Soares, de 23 anos, como suspeitos em outros três assaltos a residências em Parnamirim, além de crimes similares ocorridos nas praias de Nísia Floresta e Barreta. 

A dupla, que foi presa na tarde de ontem (25) em uma granja localizada no bairro Nova Esperança, é acusada pelo assalto a uma residência, localizada no bairro Bela Parnamirim, ocorrido na última terça-feira (24) e pelo estupro de mãe e filha, uma adolescente de 14 anos. 

De acordo com a equipe policial, Euclides Tomás e Jeová Soares, que se encontram custodiados no Centro de Detenção Provisória de Nova Parnamirim, já foram reconhecidos pelas vítimas de outros três arrastões ocorridos também na cidade de Parnamirim.
*Fonte: Assessoria / Degepol
Postado em 27 de novembro de 2015 - 21:10h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *