O Comunicador

Além do Bolsa Família, PAC também será cortado, diz relator

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) também deve ser alvo de cortes no ano que vem. É o que afirmou ao jornal O Globo o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), relator-geral da proposta de Orçamento da União de 2016. 

De acordo com ele, a tesourada será da ordem dos 4,5 bilhões de reais. Na proposta de orçamento enviada pelo governo ao Parlamento, a estimativa era destinar 42 bilhões de reais para o programa.
Essa não é a primeira vez que o PAC sofre uma redução nas contas. Em setembro do ano passado, 3,8 bilhões de reais deixaram de ir para o programa.
No início deste mês, o deputado chegou a declarar sua intenção em fazer os cortes. Ao Broadcast Político da Agência Estado, ele afirmou que cortaria “sem dó” os projetos sociais. 

Ao jornal O Globo, ele confirmou o corte de 10 bilhões de reais no intocável programa do Bolsa Família. O deputado afirmou que não vê problema em diminuir os gastos por ter conhecimento de fraudes no programa.
Ao jornal O Globo, Barros disse que Ricardo Berzoini, ministro da Secretaria de Governo, deve conversar com a presidente Dilma Rousseff (PT) e com o ministério do Desenvolvimento Social sobre a proposta de cortes.
Se aprovado, o ajuste fiscal representaria uma redução de 35% nos R$ 28,8 bilhões previstos no orçamento do principal programa social do governo. 
*Exame
Postado em 21 de outubro de 2015 - 18:09h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *