O Comunicador

Robinson convida empresário filiado ao PMDB e 1º suplente de Wilma na campanha de 2014 para ser secretário

Na política do RN quando você menos se espera o xadrez se movimenta de onde você nunca imaginaria.
O governador do Estado Robinson Faria, que se elegeu há exatos 9 meses numa campanha que entrou para história derrotando 80% de toda estrutura política do RN, dá sinais que envereda pelo mesmo caminho de outras lideranças que passaram pelo comando de cidades como Natal e no próprio estado: as “parcerias políticas”. 

Robinson convidou para ser secretário da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Sedec) o ex-presidente da FIERN e candidato a 1º suplente de senador da ex-governadora Wilma de Faria nas eleições de 2014, o empresário do setor de construção civil e parques de energia eólica, Flávio Azevedo.
Para quem não sabe, Flávio Azevedo é filiado ao PMDB, inclusive foi presidente da FIERN, entidade essa que apoiou fortemente a candidatura de Henrique Alves para governador nas mesmas eleições. 

Assunto tratado publicamente pelo próprio Robinson Faria. Flávio também é amigo pessoal, de dentro da casa de Henrique Alves, chegando a ser sócio no Portal no Ar do braço direito do atual ministro, o publicitário Ricardo Rosado, e é ligado politicamente a ex-governadora Wilma de Faria que foi sua grande cabo eleitoral na eleição para ele se tornar presidente da FIERN pela primeira vez.
Será que se inicia no RN um novo acordão político? Será que o governo, que a maioria do RN apostou como um novo tempo, vai trilhar o caminho da politicagem e dos conchavos políticos que todos já estamos cansados e que a população não aguenta mais?
Vale lembrar que o último acordão da história da política do RN foi derrotado pelas urnas, pelo voto livre e pelo desejo de mudança do povo potiguar.
 
 Blog do BG
Postado em 12 de julho de 2015 - 12:18h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *