O Comunicador

Com quase meia tonelada, jovem paraibano é novamente internado no Hospital Regional de Patos

Operação Carlinhos! É assim que os bombeiros denominaram o deslocamento do jovem Carlos Antônio dos Santos Freitas, 28 anos, mais conhecido por Carlinhos, para o Hospital Regional de Patos. O fato aconteceu nesta sexta-feira, dia 19, e mobilizou 13 bombeiros, Polícia Militar, além de equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). 

Informações colhidas dão conta que Carlinhos foi encaminhado por médicos do SAMU e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) para o hospital após apresentar problemas respiratórios. 

O deslocamento do jovem, que tem distúrbio mental e sofre também com obesidade mórbida, ao Hospital Regional de Patos demorou cerca de 6 horas devido a uma série de complicações para colocar Carlinhos na carroceria do Veículo de Intervenção Rápida (VIR) do SAMU.

 


Carlinhos reside com sua família no Conjunto Vista da Serra I, localizado no Monte Castelo, em Patos, e a casa ainda não conta com infraestrutura adequada para o melhor acolhimento do jovem. 

A falta de adequação tem contribuído com o agravamento do tratamento dele, além de fatores complicadores da família e de inúmeras questões que agravam a perca de peso de Carlinhos. O Ministério Público Estadual (MPE) determinou que a Prefeitura Municipal de Patos faça as adaptações para melhor acolher o jovem em sua residência. 

 O deslocamento de Carlinhos está ficando cada vez mais delicado, pois o jovem está cada vez mais pesado o mesmo tem que ser levado em um guincho de pequeno porte hidráulico. A direção do Hospital Regional de Patos decidiu colocar o jovem na Área Amarela, mesmo tendo posições contrárias a este ato, pois alguns acham que Carlinhos deve ficar isolado devido à dificuldade da limpeza e por ser um paciente especial em vários sentidos. “

Carlos Antônio, o Carlinhos, não consegue se movimentar, não se deita, fica unicamente sentado e está com quase 500 quilos. 


O caso do jovem tem mobilizado vários setores da sociedade em solidariedade. As equipes médicas relataram que até às 19h00 desta sexta nenhum familiar havia estado no Hospital Regional de Patos.

Via Tenente Laurentino Agora
Postado em 20 de junho de 2015 - 19:21h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *