O Comunicador

Saiba quais são os 10 países com melhor salário mínimo

Foto: Victor J. Blue/15-4-2015 / Bloomberg News
Relatório da OCDE inclui 27 países 
A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgou um relatório que lista o salário mínimo pago em 27 países. Os EUA ficaram com a 11ª posição, com remuneração líquida de US$ 6,26 por hora. No país, há um movimento para elevar o mínimo a US$ 15 por hora. Veja o valor líquido em dez países.

Austrália: US$ 9,54
A remuneração bruta é de US$ 10,38 por hora. Os impostos e
outras deduções obrigatórias retiram 8,1% do que é ganho pelo trabalhador.

Luxemburgo: US$ 9,24
O salário bruto é de US$ 10,85 por hora, acima do mínimo
australiano. Mas as deduções têm um percentual maior, de 14,8%.

Bélgica: US$ 8,57
A remuneração bruta, de US$ 10,55, também supera a do líder
do ranking. A tributação, porém, é mais do que o dobro da cobrada australiana,
totalizando 18,7%.

Irlanda: US$ 8,46
O salário bruto não é dos mais altos: US$ 8,89. Mas a os
impostos e taxas são de apenas 4,9%.

França: U$ 8,24
O pagamento por hora é de US$ 10,6. A tributação, no
entanto, é muito elevada e fica com 22,2% do que é recebido pelo trabalhador.

Holanda: US$ 8,2
A remuneração é de US$ 10,17 por hora de trabalho, já os
descontos são de 19,4%

Nova Zelândia: US$ 7,55
O pagamento bruto por hora é de US$ 8,78, valor sobre o qual
incide tributação e outros deduções obrigatórias de 14%.

Alemanha: US$ 7,19
O valor é referente a 2013, já que a obrigatoriedade do
mínimo só foi aprovada este ano. O pagamento bruto por hora é de US$ 9,69. Os
descontos ficam com 25,8% do que é recebido.

Canadá: US$ 7,18
O pagamento sem deduções — que correspondem a 8,9% do que é
recebido — é de US$ 7,87 por hora.

Reino Unido: US$ 7,06
O salário mínimo britânico equivale a US$ 7,85 por hora, e
as deduções são de 10,1%.
*O Globo

Postado em 18 de maio de 2015 - 21:34h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *