O Comunicador

Dehom prende suspeito de matar universitário Máximo Augusto

A Polícia prendeu na tarde desta quarta-feira(6), dois suspeitos pelo crime que chocou todo o Rio Grande do Norte neste fim de semana. A morte com sinais de violência do estudante Máximo Augusto, de 23 anos. O jovem foi encontrado morto no domingo(3), em São Gonçalo do Amarante. 


Na manhã desta terça-feira(5), o Fiat Palio da vítima, até então procurado por toda a Polícia, foi encontrado abandonado no bairro de Candelária, Zona Sul de Natal. Desde então peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia iniciaram as primeiras análises no veículo. 


A Polícia, por outro lado, vinha ouvindo conhecidos do universitário, e ainda informou que analisaria o sistema de câmeras de imóveis no local em que o carro Fiat foi encontrado para identificação de possível(s) suspeito(s).
Informações dão conta que um deles, inclusive, assumiu a responsabilidade pela morte do estudante. Segundo a Polícia, os suspeitos disseram que a vítima foi assassinada ainda dentro do motel. 



Atualizada às 18:00: O lutador de jiu-jitsu e vale tudo identificado como Jean de Araújo Rocha, de 19 anos, assumiu que matou Máximo por asfixia mecânica após se desentender com ele no Motel e no local mesmo enforcou o estudante.
O desentendimento teria acontecido de acordo com assassino por causa de quem seria o “passivo e o ativo”, ambos estavam alcoolizados, o que segundo o autor, teria contribuído para o trágico desfecho. 
A polícia também prendeu outro elemento, que teria ficado com o carro e teria vendido peças e os pertences de Máximo.

Blog do BG


Click nos encartes para ampliar
Postado em 6 de maio de 2015 - 21:16h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *