O Comunicador

Se confirmada a cassação de José Adécio, Vivaldo assumiria vaga na Assembleia

Condenado em primeira instância por suposto uso indevido da estrutura da Ceasa para conseguir votos, o deputado estadual José Adécio continua aguardando a decisão do Tribunal Regional Eleitoral. 

Depois de um pedido de vistas do juiz Verlano Medeiros, ontem (22), o TRE adiou o julgamento de recurso apresentado pelo Adécio. 

O placar parou em 1 a 0 favorável à cassação. Se condenado, ele ficaria inelegível por oito anos a partir da ação e poderia ficar sem mandato. Assumiria a vaga o suplente Vivaldo Costa.

Via Serrinha de Fato

Postado em 23 de abril de 2015 - 11:41h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *