O Comunicador

Presidente de consultoria diz que Brasil está “à beira do abismo”

Em texto publicado no site da revista “Time”, o analista Ian Bremmer, presidente da Eurasia, uma das maiores consultorias políticas do mundo, diz que o Brasil vive uma “tempestade negativa perfeita” e elenca cinco motivos pelos quais “o futuro do país é sombrio”. 

Sob o título “5 razões pelas quais o Brasil se aproxima do abismo”, Bremmer, que também é professor da New York University, atribui as dificuldades do país principalmente às denúncias de corrupção, à queda de popularidade da presidente Dilma e à seca prolongada. 

“No Brasil, a corrupção endêmica é um lugar comum: pagar propinas é uma prática arraigada entre quem precisa de licenças ou quer angariar favores com os órgãos regulatórios”, diz o texto. 

Bremmer também cita o aumento das tarifas de luz e transportes como fatores de risco político (aludindo às manifestações de 2013) e elenca previsões de um ano conturbado do ponto de vista econômico, com inflação em alta e crescimento em baixa.
Fonte: Folha de São Paulo
Postado em 23 de fevereiro de 2015 - 10:32h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *