O Comunicador

Bodó está entre as 542 cidades brasileiras com mais cargos políticos

Em Vila Propício (GO), cidade com 5,4 mil habitantes, a administração pública tem 261 funcionários. Destes, 200 (77%) são servidores comissionados. O município goiano é o que tem a maior proporção destes funcionários em todo o país.
Os comissionados são pessoas que atuam em cargos de confiança e trabalham na administração pública por indicação. Em muitos casos, não há necessidade de fazer concurso. Esses cargos são frequentemente usados para abrigar aliados políticos de quem está no comando da gestão pública.
Levantamento feito por EXAME.com nos microdados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostra que, em 542 cidades brasileiras, os comissionados são no mínimo 20% do total de funcionários da administração direta. A média nacional é de 8%. Os dados são do Perfil dos Municípios Brasileiros 2013. 

Em entrevista a EXAME.com publicada na semana passada, o consultor de gestão Vicente Falconi atribui a falta de eficiência do poder público em parte ao número excessivo de cargos comissionados.
“Uma maneira de prestigiar a nossa máquina pública é prestigiar o nosso funcionário, fazê-los progredir na carreira. E não ficar enfiando gente de fora, de partido. Isso não tem sentido”, afirmou.
Veja na tabela a seguir as 542 cidades com maior proporção de funcionários comissionados do país clicando  
aqui.

A maioria são municípios pequenos, mas há também cidades de grande porte, como São Gonçalo (RJ). No município de 1 milhão de habitantes, 34% dos funcionários da administração direta são comissionados. Para comparação, no município de São Paulo, são 4%.
É importante ressaltar que onze cidades não forneceram as informações ao IBGE. Dentre elas estão Maceió (AL) e Duque de Caxias (RJ).
Exame
Postado em 14 de janeiro de 2015 - 0:30h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *