O Comunicador

Martins/RN: Assassino do jovem Hugo foi preso seis horas depois do crime

Washington José Ricardo Silva, 39 anos, morador do sítio frade, Martins-RN, assassinou Hugo Nunes da Silva quando tentava matar seu desafeto conhecido por Bruno Pimenta.

O fato aconteceu no início da noite de ontem próximo ao bar de Antonio Preto, na Rua da Maioridade (Rua das pedras), quando o jovem Hugo havia acabado de chegar da capital do estado e estando o mesmo na companhia de um irmão, conversava com amigos quando chegou o acusado Washington e com um revolver em punho, apontou para Bruno Pimenta, mas quando disparou a arma por três vezes, acertou a pessoa de Hugo. 


A vítima foi socorrida pelo próprio irmão e amigos mas faleceu ao chegar na cidade de Pau dos Ferros-RN. O acusado mesmo sendo deficiente físico, conseguiu subir em sua motocicleta e fugiu para lugar incerto e não sabido pelos policiais.

Após o crime e sem nenhuma informação por parte da população, os policiais Militares Ronaldo e Marcos Silva, sob o comando do Sargento Azevedo, fizeram várias diligências no intuito de prender o criminoso, mas não obtiveram exito. Por volta das 23:40 horas receberam uma denuncia da localização do acusado, e no momento em que as pessoas festejavam a virada do ano, o acusado foi preso quando dormia na casa de um primo conhecido por Lucivan no sítio frade. 


Washington foi autuado em flagrante delito na tarde de hoje e disse em seu depoimento que a mais ou menos um mês, estava em uma vaquejada na cidade de Viçosa, quando foi ameaçado por Bruno Pimenta, o qual disse que ia matá-lo, e no mesmo instante passou a mão em seu rosto. Segundo Washington, depois disso foi até a cidade de Umarizal em um dia de feira-livre e comprou pela importância de mil reais na feira do bode o Revólver usado no crime.

Washington informou ainda em depoimento que passou na rua das pedras e ao ver Bruno Pimenta, foi até sua residência, apoderou-se da arma e retornou para matar seu desafeto. 


“Eu parei a moto, desci e apontei o revolver para Pimenta, momento que só lembro de ter atirado por três vezes, depois subi na moto, fui até o sítio capoeira e antes de jogar o revolver no muro de uma casa tirei as capsulas deflagradas”. Concluiu Washington.

Washington encontra-se recolhido ao CDP (Centro de Detenção Provisória) da cidade de Patu-RN, o aguardará o pronunciamento da Justiça.

Fonte: Umarizal News
Postado em 2 de janeiro de 2015 - 14:23h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *