O Comunicador

‘Antes ele do que eu’, diz suspeito de matar comerciante em Natal

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte prendeu um jovem de 18 anos suspeito de ter matado um comerciante na última terça-feira (30) no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal. Preso pela equipe da Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom), Péricles Silva Gomes confessou o crime e disse que matou Olívio Carvalho da Silva, de 58 anos, por causa de uma rixa. A Polícia Civil contesta a versão contada pelo jovem.

“Fui eu. Se eu não matasse ele ia me matar. Antes ele do que eu. 


Mandei ele sair para o lado de fora com a mão na cabeça e atirei nele”, disse o suspeito em entrevista à Inter TV Cabugi nesta sexta-feira (2). O delegado Frank Albuquerque, coordenador da Dehom, afirma que Péricles foi ao comércio da vítima para cometer um assalto. Além disso, o delegado afirma que o jovem pode estar envolvido na morte de outro comerciante em dezembro.
Segundo a Polícia Militar, Olívio Carvalho era dono de uma loja de conveniências na Rua Professor Antônio Trigueiro. O criminoso fugiu a pé, deixando uma bicicleta no local. 

“O assaltante chegou de bicicleta, desceu, entrou na loja e anunciou o assalto. O comerciante reagiu e houve luta corporal. Eles se atracaram e foram parar no meio da rua. Daí o ladrão atirou na cabeça dele. O disparo foi fatal”, relatou na época do crime o tenente Amâncio dos Santos, do 9º Batalhão da PM. 

Fonte: G1-RN

Postado em 2 de janeiro de 2015 - 21:56h

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *